Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A sombra de França para eleição de 2020

Está cada vez mais cristalina a candidatura à prefeitura de São Paulo do ex-governador Márcio França em 2020


Raphael Rocha

21/08/2019 | 07:29


Está cada vez mais cristalina a candidatura à prefeitura de São Paulo do ex-governador Márcio França (PSB) em 2020. O socialista, que foi duas vezes prefeito de São Vicente, no Litoral, deputado, vice-governador e chefe do Estado entre abril de 2018 e dezembro do mesmo ano, não conseguiu a reeleição no ano passado, mas venceu o atual governador João Doria (PSDB) na Capital (58,1% a 41,9%). Até por isso, pesquisas extraoficiais apresentam França bem colocado na corrida eleitoral paulistana. Esse fator tem permeado as discussões políticas no Grande ABC também. O PSB projeta candidaturas próprias na maioria das cidades da região – Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá estão na lista – e a ideia é pegar carona em eventual popularidade eleitoral de França. Em 2016, o efeito Doria impulsionou figuras do tucanato.

Condenação
Secretário adjunto de Planejamento do governo Aidan Ravin (Podemos), em Santo André, Ronilson Bezerra Rodrigues foi condenado a sete anos e um mês, além de pagamento de multa, acusado de crime de corrupção quando era subsecretário de Finanças da prefeitura de São Paulo, na gestão de Gilberto Kassab (PSD). Ronilson foi denunciado porque teria beneficiado, mediante recebimento de propina, a Unimed Paulistana em um projeto de lei que mexeu no cálculo do ISS (Imposto Sobre Serviços). Ele pode recorrer em liberdade.

Exoneração
O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), exonerou a ex-presidente da OAB local Marilza Nagasawa. Ela estava como coordenadora de políticas para mulheres no gabinete do chefe do Executivo, em cargo comissionado. Dentro dos corredores da administração, o que se comenta é que houve rompimento político entre as partes. Para seu lugar, Lauro resgatou sua ex-vice-prefeita, a engenheira Silvana Guarnieri.

Carta
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso desde o ano passado em Curitiba, no Paraná, escreveu carta para o ex-prefeito de São Bernardo e atual presidente do PT estadual, Luiz Marinho. Lula elogiou o encontro de prefeitos e ex-prefeitos da sigla, se disse emocionado com as falas e agradeceu o apoio dado pelo afilhado político. “Abraços do seu companheiro de sempre. Só a luta traz vitórias”, escreveu. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A sombra de França para eleição de 2020

Está cada vez mais cristalina a candidatura à prefeitura de São Paulo do ex-governador Márcio França em 2020

Raphael Rocha

21/08/2019 | 07:29


Está cada vez mais cristalina a candidatura à prefeitura de São Paulo do ex-governador Márcio França (PSB) em 2020. O socialista, que foi duas vezes prefeito de São Vicente, no Litoral, deputado, vice-governador e chefe do Estado entre abril de 2018 e dezembro do mesmo ano, não conseguiu a reeleição no ano passado, mas venceu o atual governador João Doria (PSDB) na Capital (58,1% a 41,9%). Até por isso, pesquisas extraoficiais apresentam França bem colocado na corrida eleitoral paulistana. Esse fator tem permeado as discussões políticas no Grande ABC também. O PSB projeta candidaturas próprias na maioria das cidades da região – Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá estão na lista – e a ideia é pegar carona em eventual popularidade eleitoral de França. Em 2016, o efeito Doria impulsionou figuras do tucanato.

Condenação
Secretário adjunto de Planejamento do governo Aidan Ravin (Podemos), em Santo André, Ronilson Bezerra Rodrigues foi condenado a sete anos e um mês, além de pagamento de multa, acusado de crime de corrupção quando era subsecretário de Finanças da prefeitura de São Paulo, na gestão de Gilberto Kassab (PSD). Ronilson foi denunciado porque teria beneficiado, mediante recebimento de propina, a Unimed Paulistana em um projeto de lei que mexeu no cálculo do ISS (Imposto Sobre Serviços). Ele pode recorrer em liberdade.

Exoneração
O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), exonerou a ex-presidente da OAB local Marilza Nagasawa. Ela estava como coordenadora de políticas para mulheres no gabinete do chefe do Executivo, em cargo comissionado. Dentro dos corredores da administração, o que se comenta é que houve rompimento político entre as partes. Para seu lugar, Lauro resgatou sua ex-vice-prefeita, a engenheira Silvana Guarnieri.

Carta
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso desde o ano passado em Curitiba, no Paraná, escreveu carta para o ex-prefeito de São Bernardo e atual presidente do PT estadual, Luiz Marinho. Lula elogiou o encontro de prefeitos e ex-prefeitos da sigla, se disse emocionado com as falas e agradeceu o apoio dado pelo afilhado político. “Abraços do seu companheiro de sempre. Só a luta traz vitórias”, escreveu. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;