Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

MEC quer que as particulares possam revalidar diplomas



20/08/2019 | 14:40


O MEC quer alterar a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) para que o reconhecimento de diplomas estrangeiros possa ser feito também por universidades particulares. Hoje só as públicas federais, com curso de mesmo nível e área equivalente, têm competência legal. Segundo Arnaldo Lima, secretário de Educação Superior, essa análise é "devagar e complexa" e se aproveitou a "janela de oportunidades" criada pela proposta do Future-se.

"É a complementaridade entre o setor público e privado para que a gente possa trazer professores visitantes internacionais e, para isso, a gente precisa que os diplomas sejam revalidados. É um absurdo que se autorize uma faculdade a conceder diplomas e formar alunos, mas não possa revalidar um diploma. É discussão do século 18", disse Lima ontem, durante o 3º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MEC quer que as particulares possam revalidar diplomas


20/08/2019 | 14:40


O MEC quer alterar a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) para que o reconhecimento de diplomas estrangeiros possa ser feito também por universidades particulares. Hoje só as públicas federais, com curso de mesmo nível e área equivalente, têm competência legal. Segundo Arnaldo Lima, secretário de Educação Superior, essa análise é "devagar e complexa" e se aproveitou a "janela de oportunidades" criada pela proposta do Future-se.

"É a complementaridade entre o setor público e privado para que a gente possa trazer professores visitantes internacionais e, para isso, a gente precisa que os diplomas sejam revalidados. É um absurdo que se autorize uma faculdade a conceder diplomas e formar alunos, mas não possa revalidar um diploma. É discussão do século 18", disse Lima ontem, durante o 3º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;