Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte renuncia ao cargo

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ele entregará sua renúncia ao presidente do país, Sergio Matarella, e declarou o fim dos trabalhos da coalizão governista



20/08/2019 | 11:25


O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, anunciou nesta terça-feira, 20, que entregará sua renúncia ao presidente do país, Sergio Matarella, e declarou o fim dos trabalhos da coalizão governista. Conte deixa o cargo após uma série de divergências na base do governo e de um racha público entre os dois vice-premiês, Matteo Salvini, da Liga, e Luigi Di Maio, do Movimento 5 Estrelas (M5S), que culminou na apresentação pela Liga de uma moção de desconfiança no próprio governo. Em junho, Conte já havia anunciado um ultimato diante das brigas de Salvini e Di Maio por meio de mídias sociais e da imprensa.

Na ocasião, instara as duas forças políticas a "saírem da campanha eleitoral permanente", já que as picuinhas estavam interferindo na "delicada interlocução" que ele o Ministério de Economia e Finanças, comandado por Giovanni Tria, mantinham à época com a Comissão Europeia com o objetivo de evitar a abertura de um procedimento contra a Itália por descumprimento das metas acordadas com o bloco para redução da dívida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte renuncia ao cargo

Ele entregará sua renúncia ao presidente do país, Sergio Matarella, e declarou o fim dos trabalhos da coalizão governista


20/08/2019 | 11:25


O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, anunciou nesta terça-feira, 20, que entregará sua renúncia ao presidente do país, Sergio Matarella, e declarou o fim dos trabalhos da coalizão governista. Conte deixa o cargo após uma série de divergências na base do governo e de um racha público entre os dois vice-premiês, Matteo Salvini, da Liga, e Luigi Di Maio, do Movimento 5 Estrelas (M5S), que culminou na apresentação pela Liga de uma moção de desconfiança no próprio governo. Em junho, Conte já havia anunciado um ultimato diante das brigas de Salvini e Di Maio por meio de mídias sociais e da imprensa.

Na ocasião, instara as duas forças políticas a "saírem da campanha eleitoral permanente", já que as picuinhas estavam interferindo na "delicada interlocução" que ele o Ministério de Economia e Finanças, comandado por Giovanni Tria, mantinham à época com a Comissão Europeia com o objetivo de evitar a abertura de um procedimento contra a Itália por descumprimento das metas acordadas com o bloco para redução da dívida.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;