Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Moro diz estar 'atento a óbice à atividade policial' na Lei do Abuso



19/08/2019 | 17:24


O ministro Sergio Moro, da Justiça e Segurança Pública, disse nesta segunda-feira, 19, que o governo federal está "atento" a pontos da lei de abuso de autoridade, aprovado na Câmara, que possam cercear a atividade policial.

"Estamos atentos a óbices que eventualmente sejam colocados no trabalho da atividade policial", disse Moro durante evento em Bauru, no interior de São Paulo.

O ministro sugeriu nesta segunda, 19, ao presidente Jair Bolsonaro veto a nove pontos da Lei do Abuso. Os dois se reuniram no Palácio do Planalto logo cedo.

Antes mesmo da votação na Câmara na quarta, 14, o Ministério da Justiça e Segurança Pública emitiu parecer contrário à aprovação do PL 7.596/2017, analisando 11 artigos do texto.

O ex-juiz federal ainda ressaltou que a sua pasta trabalha para potencializar a segurança pública, e fez novo aceno para os agentes de segurança. "Saibam, principalmente os agentes de segurança e a população em geral, que tem no Ministério da Justiça um parceiro, um amigo que quer facilitar as coisas."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moro diz estar 'atento a óbice à atividade policial' na Lei do Abuso


19/08/2019 | 17:24


O ministro Sergio Moro, da Justiça e Segurança Pública, disse nesta segunda-feira, 19, que o governo federal está "atento" a pontos da lei de abuso de autoridade, aprovado na Câmara, que possam cercear a atividade policial.

"Estamos atentos a óbices que eventualmente sejam colocados no trabalho da atividade policial", disse Moro durante evento em Bauru, no interior de São Paulo.

O ministro sugeriu nesta segunda, 19, ao presidente Jair Bolsonaro veto a nove pontos da Lei do Abuso. Os dois se reuniram no Palácio do Planalto logo cedo.

Antes mesmo da votação na Câmara na quarta, 14, o Ministério da Justiça e Segurança Pública emitiu parecer contrário à aprovação do PL 7.596/2017, analisando 11 artigos do texto.

O ex-juiz federal ainda ressaltou que a sua pasta trabalha para potencializar a segurança pública, e fez novo aceno para os agentes de segurança. "Saibam, principalmente os agentes de segurança e a população em geral, que tem no Ministério da Justiça um parceiro, um amigo que quer facilitar as coisas."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;