Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cavani marca, mas PSG leva virada do algoz Rennes e perde a 1ª no Francês



18/08/2019 | 19:30


O Paris Saint-Germain saiu na frente, mas cedeu a virada e perdeu por 2 a 1 para o Rennes, neste domingo, fora de casa, pela segunda rodada do Campeonato Francês. Edinson Cavani abriu o placar para os parisienses, mas viu M'Baye Niang e Romain Del Castillo garantirem o triunfo dos anfitriões, algozes do time da capital na final da Copa da França na última temporada. Em meio às especulações de saída do PSG, Neymar não foi relacionado para a partida.

Com futuro indefinido, o brasileiro treinou com os demais companheiros, mas ficou de fora do compromisso pelo torneio nacional. No sábado, o técnico do PSG, o alemão Thomas Tuchel, disse que ainda é "cedo demais" para Neymar voltar aos gramados. Oficialmente, o clube informa que o brasileiro tem treinado separado do grupo porque segue um cronograma individual para se recuperar plenamente da lesão no quinto metatarso do pé direito que o tirou da Copa América.

No entanto, há o desejo do craque brasileiro de deixar o PSG. Barcelona e Real Madrid têm interesse em contratar o jogador, que custou 222 milhões de euros (cerca de R$ 822 milhões à época) ao clube parisiense em agosto de 2017, na maior transação da história do futebol.

No jogo deste domingo, o time da capital teve entre seus titulares, além de Cavani, o astro francês Kylian Mbappé. Entretanto, o estelar elenco não foi capaz de sair vitorioso do estádio Roazhon Park.

Cavani até abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo, aproveitando grande falha da zaga do Rennes. O goleiro Salin demorou para dominar um recuo mal feito e entregou a bola de presente para o atacante uruguaio, que não perdoou. A vantagem dos visitantes, porém, não durou muito. Aos 44, o ponta senegalês Niang recebeu dentro da área, fez o giro dentro e chutou com firmeza para empatar, igualando o marcador antes do intervalo.

E a conversa de Tuchel com os jogadores do PSG pareceu não surtir efeito. Logo aos três minutos da etapa final, o atacante francês Castillo cabeceou para sacramentar a virada. A defesa parisiense foi lenta na jogada e Thiago Silva não saltou para dividir com o adversário. Outro zagueiro brasileiro, Marquinhos também foi titular dos visitantes, jogando como volante. O time de Paris não conseguiu reagir e o Rennes confirmou o triunfo em casa.

Com o resultado, o PSG estacionou nos três pontos e caiu para o oitavo posto da tabela. Já o Rennes soma seis e aparece em segundo, atrás do líder Lyon apenas pelo saldo de gols. Na próxima rodada, o vice-líder visita o Strasbourg, no domingo, às 12 horas (de Brasília). No mesmo dia, às 16h, o time da capital recebe o Toulouse no Parque dos Príncipes.

Nos outros jogos deste domingo pela segunda rodada do Francês, dois empates. O Saint-Étienne recebeu o Brest e a partida terminou em 1 a 1. Julien Faussurier marcou para os visitantes, antes de Denis Bouanga igualar. Rival do Rennes na próxima semana, o Strasbourg visitou o Reims e as equipes não saíram do zero.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cavani marca, mas PSG leva virada do algoz Rennes e perde a 1ª no Francês


18/08/2019 | 19:30


O Paris Saint-Germain saiu na frente, mas cedeu a virada e perdeu por 2 a 1 para o Rennes, neste domingo, fora de casa, pela segunda rodada do Campeonato Francês. Edinson Cavani abriu o placar para os parisienses, mas viu M'Baye Niang e Romain Del Castillo garantirem o triunfo dos anfitriões, algozes do time da capital na final da Copa da França na última temporada. Em meio às especulações de saída do PSG, Neymar não foi relacionado para a partida.

Com futuro indefinido, o brasileiro treinou com os demais companheiros, mas ficou de fora do compromisso pelo torneio nacional. No sábado, o técnico do PSG, o alemão Thomas Tuchel, disse que ainda é "cedo demais" para Neymar voltar aos gramados. Oficialmente, o clube informa que o brasileiro tem treinado separado do grupo porque segue um cronograma individual para se recuperar plenamente da lesão no quinto metatarso do pé direito que o tirou da Copa América.

No entanto, há o desejo do craque brasileiro de deixar o PSG. Barcelona e Real Madrid têm interesse em contratar o jogador, que custou 222 milhões de euros (cerca de R$ 822 milhões à época) ao clube parisiense em agosto de 2017, na maior transação da história do futebol.

No jogo deste domingo, o time da capital teve entre seus titulares, além de Cavani, o astro francês Kylian Mbappé. Entretanto, o estelar elenco não foi capaz de sair vitorioso do estádio Roazhon Park.

Cavani até abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo, aproveitando grande falha da zaga do Rennes. O goleiro Salin demorou para dominar um recuo mal feito e entregou a bola de presente para o atacante uruguaio, que não perdoou. A vantagem dos visitantes, porém, não durou muito. Aos 44, o ponta senegalês Niang recebeu dentro da área, fez o giro dentro e chutou com firmeza para empatar, igualando o marcador antes do intervalo.

E a conversa de Tuchel com os jogadores do PSG pareceu não surtir efeito. Logo aos três minutos da etapa final, o atacante francês Castillo cabeceou para sacramentar a virada. A defesa parisiense foi lenta na jogada e Thiago Silva não saltou para dividir com o adversário. Outro zagueiro brasileiro, Marquinhos também foi titular dos visitantes, jogando como volante. O time de Paris não conseguiu reagir e o Rennes confirmou o triunfo em casa.

Com o resultado, o PSG estacionou nos três pontos e caiu para o oitavo posto da tabela. Já o Rennes soma seis e aparece em segundo, atrás do líder Lyon apenas pelo saldo de gols. Na próxima rodada, o vice-líder visita o Strasbourg, no domingo, às 12 horas (de Brasília). No mesmo dia, às 16h, o time da capital recebe o Toulouse no Parque dos Príncipes.

Nos outros jogos deste domingo pela segunda rodada do Francês, dois empates. O Saint-Étienne recebeu o Brest e a partida terminou em 1 a 1. Julien Faussurier marcou para os visitantes, antes de Denis Bouanga igualar. Rival do Rennes na próxima semana, o Strasbourg visitou o Reims e as equipes não saíram do zero.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;