Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Eduardo pede apoio do PT para 2020


Raphael Rocha

15/08/2019 | 07:00


Vereador em segundo mandato em Santo André, Eduardo Leite (PT) é considerado a bola da vez para ser candidato do partido na eleição a prefeito do ano que vem. Tem apoio declarado do presidente estadual do petismo, o ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho, e, internamente, viu vereadores revelarem que declinariam de qualquer projeto ao Paço para apoiá-lo na empreitada. Até agora, porém, Eduardo não se manifestou publicamente. Nem que é, nem que não é prefeiturável em 2020. A aliados, tem comentado que espera suporte real da legenda para enfrentar o desafio. Isso porque uma candidatura a prefeito é trocar uma quase certa reeleição na Câmara para encarar as urnas em meio à crise vivida pelo PT e contra a máquina. Uma boa votação em 2020, mesmo com revés nas urnas, o coloca como principal figura do PT para ser trabalhada no futuro. Um desempenho aquém, por sua vez, faz Eduardo andar para trás dentro do partido.

BASTIDORES

Concorrência
Outra figura do PT de Santo André que almeja ser prefeiturável do partido no ano que vem é o militante Erick Elói. Apesar de ter se unido a outros setores da sigla para que o ex-vereador Antonio Padre seja presidente do PT andreense – em eleição marcada para o dia 8 –, Elói segue com seu projeto em curso. Tanto que hoje convocou aliados de sua empreitada para reunião no diretório de Santo André com objetivo de intensificar conversas internas em busca de indicação para ser prefeiturável. Ele conta com suporte do ex-prefeito João Avamileno e dos vereadores Luiz Alberto e Alemão Duarte.

Aposentadoria
Ex-prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT) se aposentou da função de metalúrgico. O petista atuou na antiga Brosol, em Ribeirão Pires, mas cumpriu boa parte da jornada de trabalho como sindicalista. Esteve no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e presidiu a CNM (Confederação Nacional dos Metalúrgicos). Também foi deputado estadual, entre 2011 e 2012. Da política, porém, está em período sabático. Mas não se sabe se estará nas urnas em um futuro próximo.

Nomeação
Em meio à divulgação de lista de indicações políticas no quadro de servidores da FUABC (Fundação do ABC), há uma nomeação que chama atenção. É a de Valderez Gonçalez Rubinho, coordenador de administração. Ele é sogro do vereador César Oliva (PL), de oposição ao governo de São Caetano. Rubinho recebeu, conforme dados presentes no Portal da Transparência, R$ 84.508,56 em 2017, média de R$ 7.042.38 mensais. Ele está admitido desde fevereiro de 2017, no início do mandato do genro.

Recado
Presidente do São Bernardo FC, o ex-deputado federal Edinho Montemor (PSDB) compareceu à sessão na Câmara de São Bernardo ontem pela manhã. E não poupou críticas aos vereadores da sustentação pela aprovação de CPI para investigar o contrato firmado entre a Prefeitura e o clube de futebol para exploração do Estádio 1º de Maio.

CPI da Saúde
A juíza Ida Inês Del Cid, 2ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo, negou pedido de liminar impetrado pelo vereador Julinho Fuzari (Cidadania) contra a resolução da Câmara em limitar o número de CPIs em trâmite concomitante no Legislativo. Na semana passada, a casa aprovou inclusão no regimento interno de restrição da quantidade de comissões abertas – para duas, no máximo. Segundo a magistrada, tal dispositivo “não parece afrontar dispositivos constitucionais” e “tornar ilimitado o número de Comissões Parlamentares de Inquérito parece colidir com os interesses da casa, pois ocuparia todo ou quase todo o corpo de vereadores”. Julinho tenta emplacar a CPI da Saúde, mas duas comissões apresentadas por governistas foram aprovadas no plenário antes da dele. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Eduardo pede apoio do PT para 2020

Raphael Rocha

15/08/2019 | 07:00


Vereador em segundo mandato em Santo André, Eduardo Leite (PT) é considerado a bola da vez para ser candidato do partido na eleição a prefeito do ano que vem. Tem apoio declarado do presidente estadual do petismo, o ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho, e, internamente, viu vereadores revelarem que declinariam de qualquer projeto ao Paço para apoiá-lo na empreitada. Até agora, porém, Eduardo não se manifestou publicamente. Nem que é, nem que não é prefeiturável em 2020. A aliados, tem comentado que espera suporte real da legenda para enfrentar o desafio. Isso porque uma candidatura a prefeito é trocar uma quase certa reeleição na Câmara para encarar as urnas em meio à crise vivida pelo PT e contra a máquina. Uma boa votação em 2020, mesmo com revés nas urnas, o coloca como principal figura do PT para ser trabalhada no futuro. Um desempenho aquém, por sua vez, faz Eduardo andar para trás dentro do partido.

BASTIDORES

Concorrência
Outra figura do PT de Santo André que almeja ser prefeiturável do partido no ano que vem é o militante Erick Elói. Apesar de ter se unido a outros setores da sigla para que o ex-vereador Antonio Padre seja presidente do PT andreense – em eleição marcada para o dia 8 –, Elói segue com seu projeto em curso. Tanto que hoje convocou aliados de sua empreitada para reunião no diretório de Santo André com objetivo de intensificar conversas internas em busca de indicação para ser prefeiturável. Ele conta com suporte do ex-prefeito João Avamileno e dos vereadores Luiz Alberto e Alemão Duarte.

Aposentadoria
Ex-prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT) se aposentou da função de metalúrgico. O petista atuou na antiga Brosol, em Ribeirão Pires, mas cumpriu boa parte da jornada de trabalho como sindicalista. Esteve no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e presidiu a CNM (Confederação Nacional dos Metalúrgicos). Também foi deputado estadual, entre 2011 e 2012. Da política, porém, está em período sabático. Mas não se sabe se estará nas urnas em um futuro próximo.

Nomeação
Em meio à divulgação de lista de indicações políticas no quadro de servidores da FUABC (Fundação do ABC), há uma nomeação que chama atenção. É a de Valderez Gonçalez Rubinho, coordenador de administração. Ele é sogro do vereador César Oliva (PL), de oposição ao governo de São Caetano. Rubinho recebeu, conforme dados presentes no Portal da Transparência, R$ 84.508,56 em 2017, média de R$ 7.042.38 mensais. Ele está admitido desde fevereiro de 2017, no início do mandato do genro.

Recado
Presidente do São Bernardo FC, o ex-deputado federal Edinho Montemor (PSDB) compareceu à sessão na Câmara de São Bernardo ontem pela manhã. E não poupou críticas aos vereadores da sustentação pela aprovação de CPI para investigar o contrato firmado entre a Prefeitura e o clube de futebol para exploração do Estádio 1º de Maio.

CPI da Saúde
A juíza Ida Inês Del Cid, 2ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo, negou pedido de liminar impetrado pelo vereador Julinho Fuzari (Cidadania) contra a resolução da Câmara em limitar o número de CPIs em trâmite concomitante no Legislativo. Na semana passada, a casa aprovou inclusão no regimento interno de restrição da quantidade de comissões abertas – para duas, no máximo. Segundo a magistrada, tal dispositivo “não parece afrontar dispositivos constitucionais” e “tornar ilimitado o número de Comissões Parlamentares de Inquérito parece colidir com os interesses da casa, pois ocuparia todo ou quase todo o corpo de vereadores”. Julinho tenta emplacar a CPI da Saúde, mas duas comissões apresentadas por governistas foram aprovadas no plenário antes da dele. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;