Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Bruno Daniel passa por obras para receber a elite do Paulista

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Paulo Serra esteve ontem na sede da FPF e vai investir R$ 1 milhão nas adequações que foram solicitadas


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

14/08/2019 | 23:27


O Bruno Daniel vai passar por novas adequações para receber os jogos do Santo André na Primeira Divisão do Campeonato Paulista. Ontem, o prefeito Paulo Serra (PSDB) esteve na sede da FPF (Federação Paulista de Futebol), em São Paulo, para reunião com o presidente Reinaldo Carneiro Bastos, o vice, o ex-jogador Mauro Silva, entre outros dirigentes e ouviu lista de pedidos para que o estádio, que é municipal, esteja totalmente equipado.

Entre as intervenções, a mais complexa é a instalação de mais dois elevadores, que já foram comprados e vão se juntar aos dois que já existem para melhorar o acesso de convidados à tribuna e de jornalistas às cabines de imprensa. Será preciso também finalizar a construção do vestiário de visitantes, que começou em fevereiro. Até o dia 30 de novembro todas as obras precisam estar prontas e com laudos técnicos emitidos para que a praça esportiva seja liberada.

“Saímos muito otimistas e animados com a reunião. Na palavra do presidente estamos adiantados e o Bruno Daniel recebendo essas obras será liberado para o Paulistão. Estamos tranquilos do ponto de vista do cronograma, inclusive eu reforcei o pedido para que os jogos do Santo André sejam marcados para o período noturno, para que possamos usar o sistema de iluminação que é um dos melhores do Estado”, comentou Paulo Serra.

Será preciso construir também banheiros nas tribunas, ampliar os bancos de reservas, criar sala de entrevista coletiva para o time visitante e será totalmente inutilizada a parte embaixo do campo, onde ficavam os vestiários e que constantemente sofre com enchentes. No total, será investido R$ 1 milhão nas obras.

Outra parte do estádio que passará por reforma será o gramado, mas essa demanda será de responsabilidade do Santo André como contrapartida pela utilização do estádio. “O gramado, pelo diálogo que temos com a diretoria, fica sob responsabilidade do clube”, confirmou o prefeito.

Simultaneamente a essas intervenções acontece também a finalização do segundo piso do prédio que fica embaixo da arquibancada principal. Ali será alocada a Secretaria de Práticas Desportivas e também o espaço poderá ser usado para algumas modalidades. “Queremos transformar aquela região em um complexo poliesportivo, englobando o Pedro Dell’Antonia, que terá a piscina reformada. No andar superior do Bruno Daniel podemos usar salas para colocar modalidades como lutas e tênis de mesa. Em um outro momento pensamos em criar uma passarela para unir o estádio ao Dell’Antonia, mas isso não é para agora”, finalizou Paulo Serra. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bruno Daniel passa por obras para receber a elite do Paulista

Paulo Serra esteve ontem na sede da FPF e vai investir R$ 1 milhão nas adequações que foram solicitadas

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

14/08/2019 | 23:27


O Bruno Daniel vai passar por novas adequações para receber os jogos do Santo André na Primeira Divisão do Campeonato Paulista. Ontem, o prefeito Paulo Serra (PSDB) esteve na sede da FPF (Federação Paulista de Futebol), em São Paulo, para reunião com o presidente Reinaldo Carneiro Bastos, o vice, o ex-jogador Mauro Silva, entre outros dirigentes e ouviu lista de pedidos para que o estádio, que é municipal, esteja totalmente equipado.

Entre as intervenções, a mais complexa é a instalação de mais dois elevadores, que já foram comprados e vão se juntar aos dois que já existem para melhorar o acesso de convidados à tribuna e de jornalistas às cabines de imprensa. Será preciso também finalizar a construção do vestiário de visitantes, que começou em fevereiro. Até o dia 30 de novembro todas as obras precisam estar prontas e com laudos técnicos emitidos para que a praça esportiva seja liberada.

“Saímos muito otimistas e animados com a reunião. Na palavra do presidente estamos adiantados e o Bruno Daniel recebendo essas obras será liberado para o Paulistão. Estamos tranquilos do ponto de vista do cronograma, inclusive eu reforcei o pedido para que os jogos do Santo André sejam marcados para o período noturno, para que possamos usar o sistema de iluminação que é um dos melhores do Estado”, comentou Paulo Serra.

Será preciso construir também banheiros nas tribunas, ampliar os bancos de reservas, criar sala de entrevista coletiva para o time visitante e será totalmente inutilizada a parte embaixo do campo, onde ficavam os vestiários e que constantemente sofre com enchentes. No total, será investido R$ 1 milhão nas obras.

Outra parte do estádio que passará por reforma será o gramado, mas essa demanda será de responsabilidade do Santo André como contrapartida pela utilização do estádio. “O gramado, pelo diálogo que temos com a diretoria, fica sob responsabilidade do clube”, confirmou o prefeito.

Simultaneamente a essas intervenções acontece também a finalização do segundo piso do prédio que fica embaixo da arquibancada principal. Ali será alocada a Secretaria de Práticas Desportivas e também o espaço poderá ser usado para algumas modalidades. “Queremos transformar aquela região em um complexo poliesportivo, englobando o Pedro Dell’Antonia, que terá a piscina reformada. No andar superior do Bruno Daniel podemos usar salas para colocar modalidades como lutas e tênis de mesa. Em um outro momento pensamos em criar uma passarela para unir o estádio ao Dell’Antonia, mas isso não é para agora”, finalizou Paulo Serra. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;