Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Empresário belga é preso em Natal pela PF após deixar filhos na escola



14/08/2019 | 20:10


Policiais federais prenderam nesta quarta-feira, 14, na zona sul de Natal, um empresário belga, de 48 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Estadual da Paraíba.

Segundo consta no processo, o estrangeiro é suspeito de envolvimento em um duplo homicídio ocorrido em fevereiro de 2010, no Loteamento Village de Jacumã, em Conde, litoral Sul paraibano, e, desde então, nunca foi localizado.

Com a informação de que o procurado poderia estar no Rio Grande do Norte, a PF começou a investigar e, na manhã desta quarta, o prendeu na Avenida Ayrton Senna logo após ele deixar os filhos na escola.

Ao ser abordado, o acusado se disse "surpreso" e alegou desconhecer os fatos que motivaram a sua detenção.

Após ser submetido a exame de corpo de delito, o homem foi levado para a Superintendência da PF, onde permanece custodiado à disposição da Justiça.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresário belga é preso em Natal pela PF após deixar filhos na escola


14/08/2019 | 20:10


Policiais federais prenderam nesta quarta-feira, 14, na zona sul de Natal, um empresário belga, de 48 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Estadual da Paraíba.

Segundo consta no processo, o estrangeiro é suspeito de envolvimento em um duplo homicídio ocorrido em fevereiro de 2010, no Loteamento Village de Jacumã, em Conde, litoral Sul paraibano, e, desde então, nunca foi localizado.

Com a informação de que o procurado poderia estar no Rio Grande do Norte, a PF começou a investigar e, na manhã desta quarta, o prendeu na Avenida Ayrton Senna logo após ele deixar os filhos na escola.

Ao ser abordado, o acusado se disse "surpreso" e alegou desconhecer os fatos que motivaram a sua detenção.

Após ser submetido a exame de corpo de delito, o homem foi levado para a Superintendência da PF, onde permanece custodiado à disposição da Justiça.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;