Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

No Piauí, Bolsonaro diz querer varrer 'turma vermelha de corruptos e comunistas'

EBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/08/2019 | 13:54


Em visita à cidade de Parnaíba, no Piauí, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, em discurso, que pretende "varrer do Brasil" para a Venezuela a "turma vermelha de corruptos e comunistas" do País. Pela terceira vez em uma semana, o presidente utilizou o "cocô" como metáfora, dessa vez para se referir "à raça de corruptos e comunistas" que, segundo ele, deveriam estar na Venezuela ou em Cuba.

Ao utilizar a metáfora, foi ovacionado pela população presente aos gritos de "mito".

"Nós vamos acabar com o cocô no Brasil. O cocô é essa raça de corruptos e comunistas", afirmou o presidente da República ao microfone.

Bolsonaro estava na cidade para a inauguração de uma escola batizada com seu nome. Mais cedo, compartilhou em suas redes sociais um vídeo exaltando a "recepção calorosa" que recebeu na cidade.

No vídeo, Bolsonaro é recebido pelo prefeito de Parnaíba, o ex-senador e ex-governador cassado, Francisco de Assis Souza, conhecido como Mão Santa. Os cidadãos presentes entoavam "a nossa bandeira jamais será vermelha".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

No Piauí, Bolsonaro diz querer varrer 'turma vermelha de corruptos e comunistas'


14/08/2019 | 13:54


Em visita à cidade de Parnaíba, no Piauí, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, em discurso, que pretende "varrer do Brasil" para a Venezuela a "turma vermelha de corruptos e comunistas" do País. Pela terceira vez em uma semana, o presidente utilizou o "cocô" como metáfora, dessa vez para se referir "à raça de corruptos e comunistas" que, segundo ele, deveriam estar na Venezuela ou em Cuba.

Ao utilizar a metáfora, foi ovacionado pela população presente aos gritos de "mito".

"Nós vamos acabar com o cocô no Brasil. O cocô é essa raça de corruptos e comunistas", afirmou o presidente da República ao microfone.

Bolsonaro estava na cidade para a inauguração de uma escola batizada com seu nome. Mais cedo, compartilhou em suas redes sociais um vídeo exaltando a "recepção calorosa" que recebeu na cidade.

No vídeo, Bolsonaro é recebido pelo prefeito de Parnaíba, o ex-senador e ex-governador cassado, Francisco de Assis Souza, conhecido como Mão Santa. Os cidadãos presentes entoavam "a nossa bandeira jamais será vermelha".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;