Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Frio em São Paulo: temperatura não deve passar dos 14ºC

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/08/2019 | 09:55


A temperatura despencou na cidade de São Paulo e não deve passar dos 14ºC nesta quarta-feira, 14. A frente fria, vinda do oceano, que chegou nesta terça-feira, 13, provocou pancadas de chuva em vários locais do litoral, da capital e do interior do Estado de São Paulo.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo (CGE), em algumas regiões da capital, além do frio e garoa ocasional, há redução de visibilidade horizontal provocada por névoa úmida. Os termômetros devem registrar 11°C no fim da noite e os percentuais de umidade do ar oscilam entre 60% e 95%.

Na tarde de segunda-feira, 12, a estação meteorológica do Mirante de Santana registrou 30ºC, a maior temperatura do inverno (anterior era de 29,8°C registrada no último sábado, 10) e sendo superada somente em 6 de abril, quando fez 30,2°C.

Na quinta-feira, 15, a madrugada será fria com temperatura em torno dos 9°C e amanhecer com sol entre poucas nuvens. Não há previsão de chuvas e a temperatura máxima chega aos 21°C, com os menores índices de umidade do ar próximo dos 32%. Mesmo com sol a sensação de frio será sentida ao longo do dia, por causa dos ventos úmidos que sopram do mar.

Acolhimento de pessoas em situação de rua

A Prefeitura de São Paulo intensificou as ações de acolhimento de pessoas em situação de rua através da Operação Baixas Temperaturas, a partir da noite desta terça-feira por causa das baixas temperaturas.

De acordo com a Prefeitura , a operação segue até 20 de setembro e será reforçada sempre que a temperatura atingir um patamar igual ou inferior a 13°C ou sensação térmica equivalente. Desde o início, a ação já registrou mais de 910 mil acolhimentos nos Centros de Acolhida e Centros Temporários de Acolhimento (CTAs). Destes, mais de 20 mil foram durante os plantões (noite/madrugada) da Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Frio em São Paulo: temperatura não deve passar dos 14ºC


14/08/2019 | 09:55


A temperatura despencou na cidade de São Paulo e não deve passar dos 14ºC nesta quarta-feira, 14. A frente fria, vinda do oceano, que chegou nesta terça-feira, 13, provocou pancadas de chuva em vários locais do litoral, da capital e do interior do Estado de São Paulo.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo (CGE), em algumas regiões da capital, além do frio e garoa ocasional, há redução de visibilidade horizontal provocada por névoa úmida. Os termômetros devem registrar 11°C no fim da noite e os percentuais de umidade do ar oscilam entre 60% e 95%.

Na tarde de segunda-feira, 12, a estação meteorológica do Mirante de Santana registrou 30ºC, a maior temperatura do inverno (anterior era de 29,8°C registrada no último sábado, 10) e sendo superada somente em 6 de abril, quando fez 30,2°C.

Na quinta-feira, 15, a madrugada será fria com temperatura em torno dos 9°C e amanhecer com sol entre poucas nuvens. Não há previsão de chuvas e a temperatura máxima chega aos 21°C, com os menores índices de umidade do ar próximo dos 32%. Mesmo com sol a sensação de frio será sentida ao longo do dia, por causa dos ventos úmidos que sopram do mar.

Acolhimento de pessoas em situação de rua

A Prefeitura de São Paulo intensificou as ações de acolhimento de pessoas em situação de rua através da Operação Baixas Temperaturas, a partir da noite desta terça-feira por causa das baixas temperaturas.

De acordo com a Prefeitura , a operação segue até 20 de setembro e será reforçada sempre que a temperatura atingir um patamar igual ou inferior a 13°C ou sensação térmica equivalente. Desde o início, a ação já registrou mais de 910 mil acolhimentos nos Centros de Acolhida e Centros Temporários de Acolhimento (CTAs). Destes, mais de 20 mil foram durante os plantões (noite/madrugada) da Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;