Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com ouro de Scheffer nos 200m livre, Brasil leva mais 6 medalhas na natação



08/08/2019 | 00:37


O Brasil voltou a brilhar no segundo dia de disputas da natação nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Nesta quarta-feira, os representantes do País faturaram seis medalhas, sendo uma de ouro, com Fernando Scheffer nos 200 metros livre.

O Brasil conseguiu uma dobradinha na versão masculina dos 200m livre. Fernando Scheffer venceu a disputa em 1min46s68, sendo seguido por Breno Correia, que cravou 1min47s47. No pódio, eles tiveram a companhia do norte-americano Drew Kibler. "Sabia que essa prova seria muito disputada. Eu me sinto muito bem. A ideia era estar no pódio", disse Scheffer, ao SporTV.

Na estreia do 4x100 metros livre misto no Pan, o Brasil, com equipe composta por Breno Correia, Marcelo Chierighini, Larissa de Oliveira e Etiene Medeiros, ficou na segunda colocação, com a marca de 3min25s97, sendo superado na parte final pelo quarteto dos Estados Unidos, que cravou 3min24s84 para levar o ouro.

Na final feminina do 200m livre, Larissa de Oliveira faturou a medalha de bronze, com 1min59s78, chegando atrás das norte-americanas Claire Rasmuns e Meaghan Raab, primeira e segunda colocada, respectivamente. Manuella Lyrio ficou na sexta posição.

Outro bronze para o Brasil foi conquistado por Vinicius Lanza, na disputa masculina dos 100m borboleta, com a marca de 51s88. Ele ficou atrás do norte-americano Thomas Shields, ouro, e do guatemalteco Luis Carlos Martinez Mendez, que foi prata. Nos 200m costas, Leonardo de Deus também ficou com o bronze ao registrar o tempo de 1min58s73, superado pelos norte-americanos Daniel Carr e Nicholas Alexander.

Na versão feminina dos 100m borboleta, vencidos por Kendyl Stewart, dos Estados Unidos, Giovanna Diamante foi a quarta colocada, enquanto Daynara de Paula ficou na sexta posição.

O quarto lugar também foi a posição da brasileira Fernanda De Goeij, de 18 anos, na versão feminina dos 200m costas, com 2min11s95, quebrando um recorde sul-americano de Joanna Maranhão, sendo que a norte-americana Alexandra Walsh levou o ouro.

A disputa da natação prossegue nesta quinta-feira em Lima. Na terça-feira, o País havia faturado seis medalhas, sendo três de ouro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com ouro de Scheffer nos 200m livre, Brasil leva mais 6 medalhas na natação


08/08/2019 | 00:37


O Brasil voltou a brilhar no segundo dia de disputas da natação nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Nesta quarta-feira, os representantes do País faturaram seis medalhas, sendo uma de ouro, com Fernando Scheffer nos 200 metros livre.

O Brasil conseguiu uma dobradinha na versão masculina dos 200m livre. Fernando Scheffer venceu a disputa em 1min46s68, sendo seguido por Breno Correia, que cravou 1min47s47. No pódio, eles tiveram a companhia do norte-americano Drew Kibler. "Sabia que essa prova seria muito disputada. Eu me sinto muito bem. A ideia era estar no pódio", disse Scheffer, ao SporTV.

Na estreia do 4x100 metros livre misto no Pan, o Brasil, com equipe composta por Breno Correia, Marcelo Chierighini, Larissa de Oliveira e Etiene Medeiros, ficou na segunda colocação, com a marca de 3min25s97, sendo superado na parte final pelo quarteto dos Estados Unidos, que cravou 3min24s84 para levar o ouro.

Na final feminina do 200m livre, Larissa de Oliveira faturou a medalha de bronze, com 1min59s78, chegando atrás das norte-americanas Claire Rasmuns e Meaghan Raab, primeira e segunda colocada, respectivamente. Manuella Lyrio ficou na sexta posição.

Outro bronze para o Brasil foi conquistado por Vinicius Lanza, na disputa masculina dos 100m borboleta, com a marca de 51s88. Ele ficou atrás do norte-americano Thomas Shields, ouro, e do guatemalteco Luis Carlos Martinez Mendez, que foi prata. Nos 200m costas, Leonardo de Deus também ficou com o bronze ao registrar o tempo de 1min58s73, superado pelos norte-americanos Daniel Carr e Nicholas Alexander.

Na versão feminina dos 100m borboleta, vencidos por Kendyl Stewart, dos Estados Unidos, Giovanna Diamante foi a quarta colocada, enquanto Daynara de Paula ficou na sexta posição.

O quarto lugar também foi a posição da brasileira Fernanda De Goeij, de 18 anos, na versão feminina dos 200m costas, com 2min11s95, quebrando um recorde sul-americano de Joanna Maranhão, sendo que a norte-americana Alexandra Walsh levou o ouro.

A disputa da natação prossegue nesta quinta-feira em Lima. Na terça-feira, o País havia faturado seis medalhas, sendo três de ouro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;