Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Conheça as atrações por onde irá passar a expedição de Amyr Klink

Expedição sairá da cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, com destino a Lima, no Peru

Redação

05/08/2019 | 08:18


O navegador brasileiro Amyr Klink acaba de lançar sua mais nova aventura para o outro lado da América. A expedição sairá da cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, com destino a Lima, no Peru. Sua primeira parada será no Botanique Hotel Spa, que fica encravado nas montanhas da Mantiqueira, na confluência dos municípios de São Bento do Sapucaí, Santo Antônio do Pinhal e Campos do Jordão.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Irão acompanhar Klink nesta jornada, o jornalista Joel Leite, a travel influencer Flávia Vittorino e o fotógrafo Érico Hiller, responsável pelas fotos oficiais da jornada.

LEIA MAIS: CASAL BRASILEIRO FAZ VIAGEM DE CARRO PELA AMÉRICA DO SUL
CONHEÇA A HISTÓRIA DO FUSCA BRASILEIRO QUE FOI À RÚSSIA

Atrações da expedição de Amyr Klink

Veja por onde irá passar o próximo roteiro do navegador:

Paraty

Praia do Sono – Rodeada pela vegetação da Mata Atlântica, a Praia do Sono é uma das mais lindas praias de Paraty. A simplicidade dos seus poucos restaurantes, campings e quartos para se hospedar é o principal motivo que leva os viajantes até o local.

Trindade – O aconchego e a calmaria de Trindade conquistam cariocas, paulistas e todos aqueles que visitam a região. A pequena vila fica praticamente na divisa dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, entre as cidades de Ubatuba e Paraty.

Casa da Cultura e Museu de Arte Sacra – Ambos os lugares ficam no centro histórico de Paraty e são boas opções para quem gosta de atrações culturais.

Serra da Mantiqueira

Atêlies de Cerâmica (Cunha) – A maioria dos ateliês usa a técnica noborigama, que consiste em queimar as peças por duas vezes em fornos de alta temperatura. Os principais são: Alberto Cidraes, Mieko Konishi e Suenaga e Jardineiro;

Restaurante Mina (Botanique) – Com uma bela vista, o salão envidraçado é sustentado por toras de madeira tiradas de uma antiga fazenda. O chef Gabriel Broide utiliza ingredientes regionais para aguçar os sentidos dos turistas. Uma boa opção é provar o pintado grelhado com arroz vermelho e vinagrete de baru.

Vila Capivari (Campos do Jordão) – Repleto de construções em estilo alpino, que abrigam pousadas, restaurantes, cafés, lojas e galerias, o circuito da Vila Capivari é a atração mais badalada da cidade de Campos do Jordão, em São Paulo .

Aquidauana

Museu Marechal José Machado Lopes – Localizado nas instalações do 9º Batalhão de Engenharia e Combate Carlos Camisão, o museu foi criado para receber o acervo composto pelo que é considerado o maior troféu de guerra conquistado pelo Brasil, uma bandeira alemã apreendida na região de Scodogna, capturada pela Força Expedicionária Brasileira (FEB) na 2ª Guerra Mundial durante a Campanha da Itália.

Igreja Nossa Senhora Imaculada Conceição – A Igreja Matriz, como é chamada pela população, é um prédio da década de 1930, em estilo neogótico.

Mercado Municipal – Inaugurado em 1962 com o objetivo de se tornar uma feira livre, o Mercado Municipal hoje é um centro para a venda de vários produtos alimentícios. São 22 permissionários que trabalham com frutas, grãos, verduras, açougues que comercializam a carne oreada e vários itens típicos da região.

Divulgação

Vista do rio no Pantanal

Corumba

Estação Natureza Pantanal – No local, é possível aprender de forma interativa sobre a fauna e flora pantaneira. Localizada em um prédio histórico, de 1908, ao lado do rio Paraguai, a Estação reúne mais de 20 elementos interativos, além de fotos, áudios e uma maquete que mostra como funciona o ciclo das águas. Vale subir até o terceiro andar, onde é possível ter uma visão privilegiada do Rio Paraguai e toda sua beleza.

Focagem Noturna – Um passeio imperdível. De barco ou de carro, o objetivo é a visualização de animais como jacarés, cervos, lobos, e as famosas onças. Muitos desses animais têm hábito noturno, o que facilita achá-los. Quando isso acontece, a emoção é muito grande. Essa modalidade demora em torno de 2h30 e é mais focada nos adeptos de aventura. Várias pousadas fazem esses passeios nas trilhas das propriedades ou em rios próximos.

Passeio de barco – Ir ao Pantanal pede um passeio de barco. Há desde os barcos luxuosos, com refeições incluídas até os a remo, que acomodam poucas pessoas. As embarcações menores são mais genuínas e o passeio fica mais interessante com aquele barqueiro pantaneiro que tem os olhos treinados para mostrar jacarés e belas aves do Pantanal.

Santa Cruz De La Sierra

Plaza 24 de Septiembre e Catedral de San Lorenzo – A Praça 24 de Setembro é o principal símbolo da cidade, junto com a Catedral Basílica de San Lorenzo. É um marco de mais de quatro séculos de história religiosa boliviana e a construção atual data do início do século 20.

Ventura Mall – O principal shopping da cidade é considerado uma atração turística de Santa Cruz De La Sierra. Possui um boulevard com boas opções de bares e restaurantes, entre eles o Hard Rock Café.

Biocentro Guembé – O parque ecológico conta com várias atrações, como aviário com mais de 2.500m², borboletário, orquidário, ilha de macacos, lagoas, piscinas e parque infantil. O local é um bom programa para adultos e crianças, além de também ser um hotel.

Divulgação

Catedral é interessante ponto turístico

Aiquile

Catedral de San Pedro de La Candelaria – A catedral é uma obra-prima no coração da Bolívia. O local substituiu o templo anterior, que desabou por conta de um terremoto que atingiu a cidade. A nova construção é moderna e espaçosa. Vale a pena visitar os sinos do pátio que pertencia à igreja anterior.

Museu Arqueológico e Museu del Charango – O museu possui 18 salas, nas quais existem dezenas de instrumentos de corda, sopro e percussão. Além disso, o local conta com oficinas de instrumentos e de música, que podem ser usadas gratuitamente, além de um teatro.

Nido de Aguilita – O local recebeu este nome devido a forma das pedras que são vistas na região. As autoridades locais querem um estudo aprofundado para identificar a origem dessas rochas.

Uyuni

Salar De Uyuni – A imensa salina, que é uma das mais lindas paisagens da Bolívia, está entre os lugares mais bonitos do planeta. Além de toda beleza durante o amanhecer, à tarde e ao pôr do sol, a noite neste lugar é uma experiência única em virtude do céu estrelado.

Deserto Siloli – Também localizado na região pertencente a Uyuni, este deserto revela belezas impressionantes, sendo um dos locais preferidos dos viajantes que buscam aventura, momentos de introspecção e fotografias perfeitas.

Isla Incahuasi – Trata-se de uma belíssima ilha, da qual é possível ter uma vista bem ampla da cidade de Uyuni. Os os viajantes que passam por este local garantem que as paisagens e a vista são de tirar o fôlego.

Divulgação

Vista do deserto

Atacama

Vale da Lua – Passeio mais tradicional a se fazer no Atacama, no Chile. As empresas turísticas que realizam esse tour fazem um roteiro que começa no Vale da Lua, passa pelo Vale da Morte e, por fim, vai à Pedra do Coyote, um local lindo para tirar fotos e admirar o pôr do sol.

Pukará de Quitor – O local é um sítio arqueológico a cerca de 3 km de San Pedro de Atacama. Trata-se de uma edificação de pedras construída no século 7, que tinha como objetivo ser como uma fortaleza, além de servir como moradia e para armazenamento de alimentos.

Avenida Caracoles Paseo Peatonal – Principal via de San Pedro de Atacama, nela só podem passar pedestres. Essa rua concentra grande parte do comércio da vila, bem como restaurantes, lojinhas de presentes, agências turísticas, mini mercados e alguns hotéis.

Lima

Museu Rafael Larco – O Museu Larco é um museu privado do distrito de Pueblo Libreem Lima, no Peru. O museu está em uma construção do século 18, construído em cima de uma pirâmide pré-colombiana. Mostra galerias cronológicas que providenciam um panorama dos 4 mil anos de história do Peru pré-colombiano

Distrito de Mira Flores – O Distrito peruano de Miraflores é um dos quarenta e três distritos que formam a Província de Lima, situada na zona costeira do Peru. Limita ao Norte com o distrito de San Isidro, ao Leste com os distritos de Santiago de Surco e Surquillo, ao Sul com o distrito de Barranco e ao Oeste com o Oceano Pacífico.

Huaca Pucllana – Huaca Pucllana ou Huaca Juliana é uma grande pirâmide de barro e adobe, localizada no distrito de Miraflores, no centro de Lima. Ela foi construída a partir de sete plataformas escalonadas.

50 lugares para conhecer na América do Sul 

Atacama, Rio de Janeiro, Cusco e Machu Picchu são alguns pontos bem famosos para conhecer na América do Sul. A região, rica em belezas naturais e história, abriga inúmeros locais para serem explorados de perto. Para te ajudar a escolher o próximo destino, o Rota de Férias separou uma lista de lugares para conhecer no continente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;