Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Parte do teto da fábrica de Móveis Bartira desaba

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Empresa afirma que documentação está atualizada; apesar do estrago, não houve feridos


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

04/08/2019 | 07:00


Parte do teto da fábrica Móveis Bartira, que fica na Avenida do Estado, 2.060, no bairro Fundação, em São Caetano, caiu na manhã de ontem. Não houve feridos. De acordo com funcionário que atua como auxiliar de produção e que não quis se identificar, o desabamento ocorreu por volta das 11h.

O colaborador confirmou que todos os trabalhadores foram dispensados logo depois e que não haveria mais atividade na fábrica após o ocorrido. Outro funcionário, que também não quis revelar o nome, afirmou que, aos sábados, acontecem dois turnos, manhã e tarde, e que no momento do desabamento trabalhavam no local por volta de 600 pessoas.

A equipe do Diário esteve na fábrica e viu a chegada de dois engenheiros que fariam vistoria. Foi possível identificar homens com equipamentos subindo no teto do prédio para avaliar o tamanho do dano. A área estava completamente isolada. A parte que caiu – cerca de 20 metros – ficava em local de expedição da fábrica, onde são guardados móveis já montados. Seria também o lugar onde estão armazenadas as chapas para fazer carregamento. Uma das hipóteses é que teria ocorrido problema em uma das vigas de sustentação.

A fábrica de Móveis Bartira divulgou nota em que fala sobre o desabamento. “A companhia confirma a queda de parte do teto que cobre as docas de recebimento da fábrica. Não houve feridos e por medida de segurança todos os colaboradores foram dispensados e a produção interrompida. A empresa está apurando as causas do ocorrido e reforça que toda documentação de segurança e licenças de funcionamento estão atualizadas”, informou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Parte do teto da fábrica de Móveis Bartira desaba

Empresa afirma que documentação está atualizada; apesar do estrago, não houve feridos

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

04/08/2019 | 07:00


Parte do teto da fábrica Móveis Bartira, que fica na Avenida do Estado, 2.060, no bairro Fundação, em São Caetano, caiu na manhã de ontem. Não houve feridos. De acordo com funcionário que atua como auxiliar de produção e que não quis se identificar, o desabamento ocorreu por volta das 11h.

O colaborador confirmou que todos os trabalhadores foram dispensados logo depois e que não haveria mais atividade na fábrica após o ocorrido. Outro funcionário, que também não quis revelar o nome, afirmou que, aos sábados, acontecem dois turnos, manhã e tarde, e que no momento do desabamento trabalhavam no local por volta de 600 pessoas.

A equipe do Diário esteve na fábrica e viu a chegada de dois engenheiros que fariam vistoria. Foi possível identificar homens com equipamentos subindo no teto do prédio para avaliar o tamanho do dano. A área estava completamente isolada. A parte que caiu – cerca de 20 metros – ficava em local de expedição da fábrica, onde são guardados móveis já montados. Seria também o lugar onde estão armazenadas as chapas para fazer carregamento. Uma das hipóteses é que teria ocorrido problema em uma das vigas de sustentação.

A fábrica de Móveis Bartira divulgou nota em que fala sobre o desabamento. “A companhia confirma a queda de parte do teto que cobre as docas de recebimento da fábrica. Não houve feridos e por medida de segurança todos os colaboradores foram dispensados e a produção interrompida. A empresa está apurando as causas do ocorrido e reforça que toda documentação de segurança e licenças de funcionamento estão atualizadas”, informou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;