Fechar
Publicidade

Sábado, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Grêmio derrota Libertad e vai enfrentar o Palmeiras nas quartas da Libertadores



01/08/2019 | 23:36


Forte, decisivo, eficaz. O Grêmio demonstrou toda sua força, ao derrotar o Libertad, por 3 a 0, em Assunção, no Paraguai, nesta quinta-feira à noite, no jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Com o resultado, o time gaúcho, que já havia vencido em Porto Alegre, por 2 a 0, vai enfrentar o Palmeiras nas quartas de final. O primeiro duelo será no Sul, entre os dias 20 e 21 de agosto - a Conmebol ainda não confirmou as datas.

Aos poucos, o Grêmio, que teve problemas para se classificar na primeira fase, vai adquirindo o desempenho que o credita como um dos candidatos ao título sul-americano.

Com a classificação do Grêmio, o futebol brasileiro garante um finalista na Libertadores. Pois, na mesma chave, Flamengo e Internacional vão disputar a outra vaga na semifinal.

O jogo começou com o Libertad no ataque, com o apoio de um fortíssimo vento. Mas no primeiro ataque do Grêmio, após escanteio, Everton chutou e a bola tocou na mão de Piris. Pênalti muito bem cobrado por Jean Pyerre.

Em desvantagem, o Libertad foi para o tudo ou nada. Aos oito minutos, Paulo Victor fez grande defesa, após cabeçada de Cardozo. O Grêmio pareceu desconcentrado, o que valeu duras do goleiro e do capitão Maicon para seus companheiros.

Outra vez o Grêmio precisou de muito pouco para marcar. Em jogada iniciada por Everton, André bateu de primeira, sem chances para Martín Silva: 2 a 0, com 19 minutos de jogo. Havia três meses que o atacante não balançava as redes.

O desespero tomou conta do time paraguaio, que passou a abusar das bolas alçadas na área. Com mais duas belas defesas no fim do primeiro tempo, Paulo Victor passou a ser o melhor em campo.

Mas ainda havia tempo para o Grêmio fazer o terceiro. Alisson dividiu com a zaga adversária, a bola bateu em Jean Pyerre e sobrou para André, que driblou Martín Silva e marcou : 3 a 0, aos 46.

No segundo tempo, o Grêmio diminuiu o ritmo. Deixou a iniciativa do jogo para o Libertad, que não demonstrou capacidade nem para diminuir a enorme vantagem gaúcho no duelo. Renato Gaúcho aproveitou para dar descanso para Everton e Maicon, que foram substituídos.

Mais concentrado, o Grêmio não permitiu que o Libertad tivesse oportunidades de gol, como no primeiro tempo. Paulo Victor na segunda etapa foi mais um espectador no defensores Del Chaco.

Ao final do jogo, foi possível ouvir os torcedores gremistas gritarem "olé", enquanto a torcida paraguaia deixou rapidamente as dependências do estádio.

FICHA TÉCNICA:

LIBERTAD 0 x 3 GRÊMIO

LIBERTAD - Martín Silva; Iván Piris, Luis Cardozo, Paulo da Silva e Espinoza; Mejía, Cáceres (Riveros), Bareiro e Franco (Rivero); Adrián Martínez e Óscar Cardozo (Benítez). Técnico: José Chamot.

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Thaciano), Jean Pyerre e Alisson; André (Luan) e Everton (Tardelli). Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Jean Pyerre (pênalti), aos 6, André, aos 19 e aos 46 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Cáceres e Thaciano.

ÁRBITRO - Victor Carrillo (PER).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis

LOCAL - Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, Paraguai.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grêmio derrota Libertad e vai enfrentar o Palmeiras nas quartas da Libertadores


01/08/2019 | 23:36


Forte, decisivo, eficaz. O Grêmio demonstrou toda sua força, ao derrotar o Libertad, por 3 a 0, em Assunção, no Paraguai, nesta quinta-feira à noite, no jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Com o resultado, o time gaúcho, que já havia vencido em Porto Alegre, por 2 a 0, vai enfrentar o Palmeiras nas quartas de final. O primeiro duelo será no Sul, entre os dias 20 e 21 de agosto - a Conmebol ainda não confirmou as datas.

Aos poucos, o Grêmio, que teve problemas para se classificar na primeira fase, vai adquirindo o desempenho que o credita como um dos candidatos ao título sul-americano.

Com a classificação do Grêmio, o futebol brasileiro garante um finalista na Libertadores. Pois, na mesma chave, Flamengo e Internacional vão disputar a outra vaga na semifinal.

O jogo começou com o Libertad no ataque, com o apoio de um fortíssimo vento. Mas no primeiro ataque do Grêmio, após escanteio, Everton chutou e a bola tocou na mão de Piris. Pênalti muito bem cobrado por Jean Pyerre.

Em desvantagem, o Libertad foi para o tudo ou nada. Aos oito minutos, Paulo Victor fez grande defesa, após cabeçada de Cardozo. O Grêmio pareceu desconcentrado, o que valeu duras do goleiro e do capitão Maicon para seus companheiros.

Outra vez o Grêmio precisou de muito pouco para marcar. Em jogada iniciada por Everton, André bateu de primeira, sem chances para Martín Silva: 2 a 0, com 19 minutos de jogo. Havia três meses que o atacante não balançava as redes.

O desespero tomou conta do time paraguaio, que passou a abusar das bolas alçadas na área. Com mais duas belas defesas no fim do primeiro tempo, Paulo Victor passou a ser o melhor em campo.

Mas ainda havia tempo para o Grêmio fazer o terceiro. Alisson dividiu com a zaga adversária, a bola bateu em Jean Pyerre e sobrou para André, que driblou Martín Silva e marcou : 3 a 0, aos 46.

No segundo tempo, o Grêmio diminuiu o ritmo. Deixou a iniciativa do jogo para o Libertad, que não demonstrou capacidade nem para diminuir a enorme vantagem gaúcho no duelo. Renato Gaúcho aproveitou para dar descanso para Everton e Maicon, que foram substituídos.

Mais concentrado, o Grêmio não permitiu que o Libertad tivesse oportunidades de gol, como no primeiro tempo. Paulo Victor na segunda etapa foi mais um espectador no defensores Del Chaco.

Ao final do jogo, foi possível ouvir os torcedores gremistas gritarem "olé", enquanto a torcida paraguaia deixou rapidamente as dependências do estádio.

FICHA TÉCNICA:

LIBERTAD 0 x 3 GRÊMIO

LIBERTAD - Martín Silva; Iván Piris, Luis Cardozo, Paulo da Silva e Espinoza; Mejía, Cáceres (Riveros), Bareiro e Franco (Rivero); Adrián Martínez e Óscar Cardozo (Benítez). Técnico: José Chamot.

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Thaciano), Jean Pyerre e Alisson; André (Luan) e Everton (Tardelli). Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Jean Pyerre (pênalti), aos 6, André, aos 19 e aos 46 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Cáceres e Thaciano.

ÁRBITRO - Victor Carrillo (PER).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis

LOCAL - Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, Paraguai.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;