Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Após falha do Nardini, paciente perde cirurgia

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Hospital de Mauá não atualizou solicitação de leito para retirada de cálculo renal, segundo o Estado


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

31/07/2019 | 07:00


Erro da administração do Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini, em Mauá, resultou na não obtenção de vaga para retirada de pedra no rim (cálculo ureteral – localizado no trato urinário) do operador de guindaste Luis Antonio Vicente Ferreira, 50 anos, morador de Ribeirão Pires.

Ferreira passou 14 dias internado no hospital, após ser transferido da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do município onde reside. Segundo o munícipe, dois exames atestaram a necessidade urgente de intervenção cirúrgica, mas a falta de atualização do pedido de vaga junto à Cross (Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde) do governo do Estado resultou no cancelamento da solicitação.

Ferreira deu entrada no hospital público de Mauá em 12 de julho. “Quando fui internado já estava em estado grave de infecção e fiquei aguardando a vaga (para cirurgia)”, relatou. Segundo o munícipe, a equipe do Nardini deveria renovar, todos os dias, o pedido pela vaga para cirurgia, mas entre os dias 16 e 19 de julho, isso não foi feito. “O médico me deu alta no dia 25 e disse que eu vou passar por consulta ambulatorial e aguardar a cirurgia, como se meu caso fosse eletivo (sem urgência)”, completou. “A qualquer momento posso ter outra crise e passar mal. Amanhã (hoje) vou tentar atendimento em um hospital de Mogi das Cruzes, porque não posso simplesmente ficar esperando”, lamentou.

A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo afirmou, via assessoria de imprensa, que não existe pedido de vaga para cirurgia de remoção de cálculo renal em aberto para o paciente e que “as fichas foram canceladas por falta de atualização”, corroborando o relato de Ferreira de que a equipe do Nardini não renovou o pedido pela vaga.

A FUABC (Fundação ABC), responsável pela administração do equipamento de saúde mauaense, informou que o paciente foi avaliado pela equipe de urologia e submetido a tratamento com analgesia e antibióticos, o que “provocou significativa melhora dos sintomas de cólica renal e infecção do trato urinário”. “Não sendo a cirurgia considerada de emergência, o paciente recebeu alta hospitalar no dia 25 de julho e encaminhamento ao ambulatório para agendamento de cirurgia eletiva.”

Ainda segundo a organização de saúde, durante todo o período de internação de Ferreira foi solicitada vaga diariamente à Cross nos hospitais de referência que realizam o procedimento de litotripsia, método endoscópico não disponível no Nardini e indicado para estes casos. “Diante das sucessivas negativas, a equipe sugeriu ao paciente a possibilidade de realização da técnica de cirurgia aberta, que poderia ser programada em retorno ambulatorial na própria unidade”, explicou o comunicado.

Após o contato da equipe do Diário com a FUABC, o procedimento foi agendado para 7 de agosto. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;