Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

ANP espera realizar 3 leilões de petróleo este ano, inclusive de cessão onerosa



30/07/2019 | 15:20


O diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) Felipe Kury disse confiar que o governo vai conseguir realizar os três leilões de petróleo e gás programados para este ano. Ele afirmou que, com a continuidade dos leilões, o Brasil poderá se tornar um dos cinco principais produtores em poucos anos.

Nesta terça-feira, 30, um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) avaliou que as datas dos leilões podem concorrer entre si, o que poderia levar a um novo cronograma para um dos certames deste ano.

"É uma jornada intensa nos últimos dois anos para retomar os leilões. Foram vendidos 72 blocos e arrecadados R$ 28 bilhões em bônus de assinatura e caminhamos para mais eventos este ano (leilões) que vão nos fazer líderes de produção", declarou Kury na abertura do seminário técnico da 16ª e 6ª rodadas de petróleo e gás natural, previstas para serem realizadas em 10 de outubro e 7 de novembro, respectivamente. O leilão do excedente da cessão onerosa está programado para 6 de novembro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

ANP espera realizar 3 leilões de petróleo este ano, inclusive de cessão onerosa


30/07/2019 | 15:20


O diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) Felipe Kury disse confiar que o governo vai conseguir realizar os três leilões de petróleo e gás programados para este ano. Ele afirmou que, com a continuidade dos leilões, o Brasil poderá se tornar um dos cinco principais produtores em poucos anos.

Nesta terça-feira, 30, um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) avaliou que as datas dos leilões podem concorrer entre si, o que poderia levar a um novo cronograma para um dos certames deste ano.

"É uma jornada intensa nos últimos dois anos para retomar os leilões. Foram vendidos 72 blocos e arrecadados R$ 28 bilhões em bônus de assinatura e caminhamos para mais eventos este ano (leilões) que vão nos fazer líderes de produção", declarou Kury na abertura do seminário técnico da 16ª e 6ª rodadas de petróleo e gás natural, previstas para serem realizadas em 10 de outubro e 7 de novembro, respectivamente. O leilão do excedente da cessão onerosa está programado para 6 de novembro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;