Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Cemitério clandestino com quatro corpos amarrados é achado em Jundiaí



30/07/2019 | 10:07


Funcionários da empresa responsável pela distribuição de água encontraram um cemitério clandestino com quatro corpos, na tarde desta segunda-feira, 29, em Jundiaí, cidade do interior de São Paulo. Os trabalhadores escavaram o local na tentativa de localizar um vazamento quando encontraram o primeiro cadáver.

A Guarda Municipal foi acionada e os agentes acabaram localizando uma segunda cova com outros três corpos, todos de homens. As vítimas estavam vendadas, amordaçadas e amarradas, indicando que tiveram mortes violentas.

As valas estavam próximas do Rio Jundiaí, no bairro Engordadouro, na periferia da cidade. Acionado, o Corpo de Bombeiros fez a retirada dos cadáveres e os encaminhou para o Instituto Médico Legal (IML). Até a manhã desta terça-feira, 30, os corpos não tinham sido identificados. A Polícia Civil usará o banco de dados de pessoas desaparecidas para tentar identificar as pessoas que foram enterradas no local. Três dos corpos tinham tatuagens que também podem ajudar na identificação das vítimas.

A região já foi ponto de desova de cadáveres. Uma das hipóteses é de que os homens possam ter sido vítimas de um "tribunal do crime" - julgamento sumário adotado por facções criminosas, como o Primeiro Comando da Capital (PCC). O encontro dos cadáveres foi registrado no 2º Distrito Policial. Nesta terça-feira, 29, a polícia voltará a vasculhar a área para se assegurar de que não há outros corpos enterrados no local.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cemitério clandestino com quatro corpos amarrados é achado em Jundiaí


30/07/2019 | 10:07


Funcionários da empresa responsável pela distribuição de água encontraram um cemitério clandestino com quatro corpos, na tarde desta segunda-feira, 29, em Jundiaí, cidade do interior de São Paulo. Os trabalhadores escavaram o local na tentativa de localizar um vazamento quando encontraram o primeiro cadáver.

A Guarda Municipal foi acionada e os agentes acabaram localizando uma segunda cova com outros três corpos, todos de homens. As vítimas estavam vendadas, amordaçadas e amarradas, indicando que tiveram mortes violentas.

As valas estavam próximas do Rio Jundiaí, no bairro Engordadouro, na periferia da cidade. Acionado, o Corpo de Bombeiros fez a retirada dos cadáveres e os encaminhou para o Instituto Médico Legal (IML). Até a manhã desta terça-feira, 30, os corpos não tinham sido identificados. A Polícia Civil usará o banco de dados de pessoas desaparecidas para tentar identificar as pessoas que foram enterradas no local. Três dos corpos tinham tatuagens que também podem ajudar na identificação das vítimas.

A região já foi ponto de desova de cadáveres. Uma das hipóteses é de que os homens possam ter sido vítimas de um "tribunal do crime" - julgamento sumário adotado por facções criminosas, como o Primeiro Comando da Capital (PCC). O encontro dos cadáveres foi registrado no 2º Distrito Policial. Nesta terça-feira, 29, a polícia voltará a vasculhar a área para se assegurar de que não há outros corpos enterrados no local.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;