Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em jogo ruim, reservas do Grêmio empatam com o CSA em Maceió



29/07/2019 | 22:12


O empate sem gols, nesta segunda-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, foi ruim para CSA e Grêmio. Após 12 rodadas do Campeonato Brasileiro, o time alagoano soma sete pontos, em penúltimo lugar, enquanto o Grêmio atinge 16 pontos, em 11º lugar.

O time gaúcho contou com apenas Pedro Geromel de titular enquanto os demais foram poupados pelo técnico Renato Gaúcho para o jogo decisivo diante do Libertad, quinta-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Mesmo assim, o Grêmio tentou ter o domínio da posse de bola logo no início do jogo, mas o CSA não se intimidou.

Com destaque para o argentino Jonatan Gomez, o time alagoano abusou das jogadas pelo lado esquerdo em cima de Léo Moura, que, sobrecarregado, perdeu o duelo com o lateral-esquerdo Carlinhos.

Didira e Jonatan Gomez tentaram de longe e assustaram o goleiro Júlio Cesar. Pelo lado do Grêmio, nenhuma finalização com perigo. Diego Tardelli e Luan tentaram várias jogadas, mas sem sucesso.

O segundo tempo começou melhor. Nilton acertou uma bela cobrança de falta, logo aos dois minutos, mas o chute forte saiu por pouco. O Grêmio devolveu logo aos cinco minutos. Luan, em jogada individual, tentou colocar no canto esquerdo de Jordi e o chute passou perto. Aos dez, foi a vez de Darlan arriscar. Carlinhos, em nova falta, fez Júlio Cesar se exercitar.

O ritmo mais intenso causou cansaço no CSA. Foi visível a queda de rendimento de Jonatan Gomez, que causou a perda do meio-campo por parte do time alagoano. Outro sintoma de que o Grêmio levava vantagem na parte física foi a escapada de Pepê, aos 20 minutos. Na saída do goleiro, o meia tentou uma cavadinha e errou feio.

Observador, Renato Gaúcho colocou em campo Éverton em busca de mais velocidade, mas uma boa oportunidade só veio aos 34 minutos, com Tardelli. Jordi foi bem na defesa.

Os últimos dez minutos foram marcados pelo desespero do CSA e pela displicência do Grêmio. Diego Tardelli errou tanto que acabou substituído por Patrick.

Aos 41, no lance mais perigoso do Grêmio no jogo, Éverton invadiu a área e cruzou, mas ninguém o acompanhou na jogada e a bola passou por toda a pequena área. Mesmo cansado, o CSA quase abriu o placar no minuto seguinte, mas Rodolfo Gamarra chutou para fora, após boa tabela com Ricardo Bueno.

FICHA TÉCNICA:

CSA 0 x 0 GRÊMIO

CSA - Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; João Vitor (Jean Cléber), Nilton (Naldo), Didira, Jonatan Gomez e Maranhão (Rodolfo Gamarra); Ricardo Bueno. Técnico: Argel Fucks.

GRÊMIO - Júlio César; Léo Moura; Pedro Geromel, Paulo Miranda e Juninho Capixaba; Darlan, Romulo, Rafael Galhardo (Éverton), Luan (Da Silva) e Pepê; Diego Tardelli (Patrick). Técnico: Renato Gaúcho.

CARTÕES AMARELOS - Paulo Miranda, Luciano Castán, Ricardo Bueno, Didira, Juninho Capixaba, Jordi.

ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira (RN).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em jogo ruim, reservas do Grêmio empatam com o CSA em Maceió


29/07/2019 | 22:12


O empate sem gols, nesta segunda-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, foi ruim para CSA e Grêmio. Após 12 rodadas do Campeonato Brasileiro, o time alagoano soma sete pontos, em penúltimo lugar, enquanto o Grêmio atinge 16 pontos, em 11º lugar.

O time gaúcho contou com apenas Pedro Geromel de titular enquanto os demais foram poupados pelo técnico Renato Gaúcho para o jogo decisivo diante do Libertad, quinta-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Mesmo assim, o Grêmio tentou ter o domínio da posse de bola logo no início do jogo, mas o CSA não se intimidou.

Com destaque para o argentino Jonatan Gomez, o time alagoano abusou das jogadas pelo lado esquerdo em cima de Léo Moura, que, sobrecarregado, perdeu o duelo com o lateral-esquerdo Carlinhos.

Didira e Jonatan Gomez tentaram de longe e assustaram o goleiro Júlio Cesar. Pelo lado do Grêmio, nenhuma finalização com perigo. Diego Tardelli e Luan tentaram várias jogadas, mas sem sucesso.

O segundo tempo começou melhor. Nilton acertou uma bela cobrança de falta, logo aos dois minutos, mas o chute forte saiu por pouco. O Grêmio devolveu logo aos cinco minutos. Luan, em jogada individual, tentou colocar no canto esquerdo de Jordi e o chute passou perto. Aos dez, foi a vez de Darlan arriscar. Carlinhos, em nova falta, fez Júlio Cesar se exercitar.

O ritmo mais intenso causou cansaço no CSA. Foi visível a queda de rendimento de Jonatan Gomez, que causou a perda do meio-campo por parte do time alagoano. Outro sintoma de que o Grêmio levava vantagem na parte física foi a escapada de Pepê, aos 20 minutos. Na saída do goleiro, o meia tentou uma cavadinha e errou feio.

Observador, Renato Gaúcho colocou em campo Éverton em busca de mais velocidade, mas uma boa oportunidade só veio aos 34 minutos, com Tardelli. Jordi foi bem na defesa.

Os últimos dez minutos foram marcados pelo desespero do CSA e pela displicência do Grêmio. Diego Tardelli errou tanto que acabou substituído por Patrick.

Aos 41, no lance mais perigoso do Grêmio no jogo, Éverton invadiu a área e cruzou, mas ninguém o acompanhou na jogada e a bola passou por toda a pequena área. Mesmo cansado, o CSA quase abriu o placar no minuto seguinte, mas Rodolfo Gamarra chutou para fora, após boa tabela com Ricardo Bueno.

FICHA TÉCNICA:

CSA 0 x 0 GRÊMIO

CSA - Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; João Vitor (Jean Cléber), Nilton (Naldo), Didira, Jonatan Gomez e Maranhão (Rodolfo Gamarra); Ricardo Bueno. Técnico: Argel Fucks.

GRÊMIO - Júlio César; Léo Moura; Pedro Geromel, Paulo Miranda e Juninho Capixaba; Darlan, Romulo, Rafael Galhardo (Éverton), Luan (Da Silva) e Pepê; Diego Tardelli (Patrick). Técnico: Renato Gaúcho.

CARTÕES AMARELOS - Paulo Miranda, Luciano Castán, Ricardo Bueno, Didira, Juninho Capixaba, Jordi.

ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira (RN).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;