Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com Geromel expulso e gol de Tardelli, Grêmio vence Libertad e abre boa vantagem



25/07/2019 | 23:44


Com um jogador a menos durante quase todo o segundo tempo, o Grêmio deu uma demonstração de força do seu elenco e derrotou o Libertad por 2 a 0, nesta quinta-feira, em Porto Alegre, no confronto de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, para abrir boa vantagem na série.

Os times já haviam se enfrentado na fase de grupos da Libertadores, com cada um vencendo como visitante. Mas dessa vez o Grêmio fez valer o mando, mesmo tendo Geromel expulso logo no começo do segundo tempo. E foi logo com a atuação decisiva de dois jogadores que iniciaram o duelo no banco de reservas: Diego Tardelli e David Braz.

Alvo de críticas e com a permanência no Grêmio tratada como incerta, o atacante abriu o placar do duelo, o que deve aumentar o coro para assumir a vaga de André, que deixou o campo sob vaias. E depois David Braz, acionado por Renato Gaúcho para recompor o sistema defensivo, marcou o segundo gol da partida, acompanhada in loco por Tite, técnico da seleção brasileira.

Na próxima quinta-feira, no Defensores del Chaco, o Grêmio poderá perder por até um gol de diferença para se garantir nas quartas de final da Libertadores. Antes, na segunda-feira, vai visitar o CSA, no Rei Pelé, na conclusão da 12ª rodada do Brasileirão.

O JOGO - O domínio do primeiro tempo da partida foi do Grêmio e com uma estratégia clara, de pressionar o Libertad no campo de ataque e de valorizar a posse de bola até encontrar brechas na defesa do Libertad. Elas até apareceram nos minutos iniciais, como aos três, quando Everton forçou Martín Silva a realizar defesa difícil.

Porém, não foram constantes, com o Grêmio pouco finalizando na etapa inicial. Além disso, quando conseguia, como aos 26 minutos, com Maicon, o goleiro uruguaio salvava o Libertad, sendo que o time paraguaio ainda ameaçava em alguns contra-ataques, tornando o confronto difícil, como já havia sido na fase de grupos, quando o Libertad venceu por 1 a 0 em Porto Alegre.

A situação gremista poderia ter melhorado no começo da etapa final, não fosse a incrível chance de gol desperdiçada por André. E se tornou dramática aos quatro minutos, quando Geromel foi expulso por uma entrada dura em Benítez. A torcida gremista reagiu diferente aos dois lances. Enquanto não perdoou André, vaiado ao ser substituído para a recomposição defensiva com a entrada de David Braz, aplaudiu o zagueiro ao deixar o campo em função do cartão vermelho.

Mais importante, dentro do campo, o Grêmio não alterou a sua postura, ainda que sendo mais cuidadoso, valorizando a posse de bola. E contou com a estrela de dois jogadores que deixaram o banco de reservas para definir a sua vitória em jogadas de bola parada. O primeiro foi Tardelli. Aos 25 minutos, após Alisson cobrar escanteio e Kannemann desviar, o atacante completou de voleio para as redes.

Com um a mais e em desvantagem no placar, o Libertad tratou de atacar mais e quase empatou o duelo, não fosse uma linda defesa de Paulo Victor após cabeceio de Bareiro. E se o time paraguaio não aproveitou sua chance, o Grêmio foi letal. Aos 38 minutos, foi a vez de David Braz desviar para as redes uma cobrança de falta de Alisson: 2 a 0.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 X 0 LIBERTAD

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Romulo), Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre (Diego Tardelli) e Everton; André (David Braz). Técnico: Renato Gaúcho.

LIBERTAD - Martín Silva; Iván Piris, Luis Cardozo, Paulo Da Silva e Mathias Espinoza; Antonio Bareiro (Óscar Cardozo), Cristian Riveros, Alexander Mejía e Oviedo (Rivero); Iván Franco e Edgar Benítez (Adrian Martínez). Técnico: José Chamot.

GOLS - Diego Tardelli, aos 25, e David Braz, aos 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Esteban Ostojich (Fifa/Uruguai).

CARTÕES AMARELOS - Jean Pyerre, Antonio Bareiro, Mathias Espinoza, Cortez e Iván Franco.

CARTÃO VERMELHO - Geromel.

RENDA - R$ 1.941.888,00.

PÚBLICO - 36.819 pagantes (39.572 presentes).

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com Geromel expulso e gol de Tardelli, Grêmio vence Libertad e abre boa vantagem


25/07/2019 | 23:44


Com um jogador a menos durante quase todo o segundo tempo, o Grêmio deu uma demonstração de força do seu elenco e derrotou o Libertad por 2 a 0, nesta quinta-feira, em Porto Alegre, no confronto de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, para abrir boa vantagem na série.

Os times já haviam se enfrentado na fase de grupos da Libertadores, com cada um vencendo como visitante. Mas dessa vez o Grêmio fez valer o mando, mesmo tendo Geromel expulso logo no começo do segundo tempo. E foi logo com a atuação decisiva de dois jogadores que iniciaram o duelo no banco de reservas: Diego Tardelli e David Braz.

Alvo de críticas e com a permanência no Grêmio tratada como incerta, o atacante abriu o placar do duelo, o que deve aumentar o coro para assumir a vaga de André, que deixou o campo sob vaias. E depois David Braz, acionado por Renato Gaúcho para recompor o sistema defensivo, marcou o segundo gol da partida, acompanhada in loco por Tite, técnico da seleção brasileira.

Na próxima quinta-feira, no Defensores del Chaco, o Grêmio poderá perder por até um gol de diferença para se garantir nas quartas de final da Libertadores. Antes, na segunda-feira, vai visitar o CSA, no Rei Pelé, na conclusão da 12ª rodada do Brasileirão.

O JOGO - O domínio do primeiro tempo da partida foi do Grêmio e com uma estratégia clara, de pressionar o Libertad no campo de ataque e de valorizar a posse de bola até encontrar brechas na defesa do Libertad. Elas até apareceram nos minutos iniciais, como aos três, quando Everton forçou Martín Silva a realizar defesa difícil.

Porém, não foram constantes, com o Grêmio pouco finalizando na etapa inicial. Além disso, quando conseguia, como aos 26 minutos, com Maicon, o goleiro uruguaio salvava o Libertad, sendo que o time paraguaio ainda ameaçava em alguns contra-ataques, tornando o confronto difícil, como já havia sido na fase de grupos, quando o Libertad venceu por 1 a 0 em Porto Alegre.

A situação gremista poderia ter melhorado no começo da etapa final, não fosse a incrível chance de gol desperdiçada por André. E se tornou dramática aos quatro minutos, quando Geromel foi expulso por uma entrada dura em Benítez. A torcida gremista reagiu diferente aos dois lances. Enquanto não perdoou André, vaiado ao ser substituído para a recomposição defensiva com a entrada de David Braz, aplaudiu o zagueiro ao deixar o campo em função do cartão vermelho.

Mais importante, dentro do campo, o Grêmio não alterou a sua postura, ainda que sendo mais cuidadoso, valorizando a posse de bola. E contou com a estrela de dois jogadores que deixaram o banco de reservas para definir a sua vitória em jogadas de bola parada. O primeiro foi Tardelli. Aos 25 minutos, após Alisson cobrar escanteio e Kannemann desviar, o atacante completou de voleio para as redes.

Com um a mais e em desvantagem no placar, o Libertad tratou de atacar mais e quase empatou o duelo, não fosse uma linda defesa de Paulo Victor após cabeceio de Bareiro. E se o time paraguaio não aproveitou sua chance, o Grêmio foi letal. Aos 38 minutos, foi a vez de David Braz desviar para as redes uma cobrança de falta de Alisson: 2 a 0.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 X 0 LIBERTAD

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Romulo), Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre (Diego Tardelli) e Everton; André (David Braz). Técnico: Renato Gaúcho.

LIBERTAD - Martín Silva; Iván Piris, Luis Cardozo, Paulo Da Silva e Mathias Espinoza; Antonio Bareiro (Óscar Cardozo), Cristian Riveros, Alexander Mejía e Oviedo (Rivero); Iván Franco e Edgar Benítez (Adrian Martínez). Técnico: José Chamot.

GOLS - Diego Tardelli, aos 25, e David Braz, aos 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Esteban Ostojich (Fifa/Uruguai).

CARTÕES AMARELOS - Jean Pyerre, Antonio Bareiro, Mathias Espinoza, Cortez e Iván Franco.

CARTÃO VERMELHO - Geromel.

RENDA - R$ 1.941.888,00.

PÚBLICO - 36.819 pagantes (39.572 presentes).

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;