Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Poesia, contos, cartilha ambiental, História

Livros de papel que chegam à Memória, formando, divulgando, fazendo pensar, fazendo sorrir...


Ademir Medici

22/07/2019 | 07:00


ONDE?

Contos: Mangangá; Memórias de um canalha: L.P-Books – www.lp-books.com

Escritores Brasileiros: livros@editoramatarazzo.com

História: ferroviários – www.editorainhouse.com.br

Cartilha: uma grande amiga árvore – Prefeitura do Município de Mauá

ARBORIZAÇÃO

Começamos pela cartilha que chega de Mauá contando a história da amiga árvore, “Uma grande amiga”. Tabelinha parte do projeto de gestão de arborização urbana do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e Prefeitura de Mauá. Dicas, aconselhamentos, lições.

“A árvore é como um guarda-sol: quanto maior, mais generosa será sua sombra”.

“Com um pouco de criatividade as árvores convivem muito bem com as vagas de estacionamento”.

“Da pra fazer a árvore continuar crescendo acima dos fios...”

Objetivo final: elaborar o Plano Diretor de Arborização urbana, melhorando a qualidade de vida da população.

LITERATURA

Lançada a edição nº 5 da revista “Escritores Brasileiros Contemporâneos”, iniciativa da Editora Matarazzo, dirigida pela jornalista e escritora Thais Matarazzo. Uma edição dedicada à poesia, destacando o concurso “Uma rosa para Dolores” – Dolores Duran, compositora, poeta, cantora (1930-1959)

O concurso gerou trabalhos muito bonitos, caso da poesia “Clamor de Paz”, de Margaret Cruz, que obteve o primeiro lugar:

“Não! Elas suplicaram! Eles não ouviram. Debaixo das suas tumbas ouvia-se um canto gregoriano de dor.”

Um concurso idealizado pelo Coletivo São Paulo de Literatura em parceria com o Museu da Santa Casa de São Paulo.

Na edição de “Escritores Brasileiros Contemporâneos”, Geraldo Nunes discorre sobre a bandeira da Capital São Paulo.

CONTOS 1

Iracema M. Réis, “Memórias de um canalha”. E o canalha era escritor. E tinha ideias diferenciadas, como a de fazer um encanamento próprio para transportar cerveja, stanheger ou qualquer outra no gênero. Gostava de beber, o diretor do museu da cidade.

Iracema apresenta o intelectual canalha e outros personagens, como Dona Zefa.

– Diga, Dona Zefa!... – tudo bem por aí?...

– Não minina. A coisa aqui ta preta.

  • O que aconteceu?...

  • O cumpadi ta moiorto...

CONTOS 2

Aristides Theodoro, “Mangangá”, seu livro nº 20. O autor retorna a Curiapeba, reconstruída na cidade de Mauá. Tem Mangangá. Tem onça. A onça do coronel. Os caçadores de onça. Tem o negro Vacim, de rotina descrita:

(...) Apanhou o fumo e a faca em cima do tamborete de couro cru, que estava ao lado da tarumba, fez um cigarro de palha, acendeu-o, batendo o papa-fogo, tirou uma tragada, como que a degustar o sabor do fumo, cuspiu de banda e disse p''ra Sinha Miúda, que permanecia na cama a olhar os movimentos do marido.

– Levanta mulé, deixa de preguiça e vai fazer o café, que vou tirar o leite das cabras!...

De Aristides Theodoro, escreveu Antonio Possidonio Sampaio: “Você é um jagunço da produção literária, Th., e em cada livro seu a gente se enriquece.”

HISTÓRIA

Dois volumes do livro “Meu pai foi ferroviário”, para lembrar trabalhadores da estrada de ferro (organizados por Eusébio Pereira dos Santos). Entre os focalizados, Jarbas Chioatto, que começou aprendiz na Estrada Bragantina e chegou a chefe da Estação da Luz, com boas passagens pelo Grande ABC.

Memória também de Alfredo dos Santos, com carreira ao longo da Santos a Jundiaí e raízes familiares até hoje em Rio Grande da Serra, a velha Estação Rio Grande da SPR (São Paulo Railway).

Diário há 30 anos

Sábado, 22 de julho de 1989 – ano 32, edição 7124

Manchete – Justiça manda Polícia Federal prender o investidor Naji Nahas.

Santo André – Agora já são 1.600 famílias invasoras do terreno da Avenida Adriático, no Jardim do Estádio que, em assembleia, decidem manter a ocupação.

Meio Ambiente – Cetesb registra qualidade inadequada do ar em todas as estações medidoras do Grande ABC, com exceção de Mauá.

Cena Política (Joaquim Alessi) – Candidatos à Presidência da República viram até feministas para conquistar as mulheres.

Transportes – Integração de novas linhas ao trólebus - Guaianases e Tietê – provoca fila de 800 metros em Santo André.

Os primeiros 20 rádiotáxis do Grande ABC começarão a circular, com central de atendimento em São Bernardo

Rio Grande da Serra – Vereadores têm salários aumentados em 100%.

Cultura & Lazer – Cantora Jane Duboc se apresenta no Teatro Municipal de Santo André.

Em 22 de julho de...

1924 – Na revolução de São Paulo, a manchete do Estadão: a situação da praça; calma relativa na frente de combate; a ação das instituições filantrópicas.

1954 – Inaugurada, oficialmente, a Biblioteca Municipal de São Caetano, chamada Paul Harris, em homenagem ao fundador do Rotary Clube. A biblioteca já vinha funcionando desde março. Seu primeiro responsável foi José Pereira Martins.

1969 – Manchete do Diário: astronautas trazem pedaço da lua.

Centro Espacial de Houston – Os primeiros homens da lua conseguiram ontem sair do seu solo, onde passaram quase um dia, e iniciaram o regresso a terra com seu precioso botim de amostras lunares.

1974 – Presidente do México, Luiz Echeverria, vem ao Grande ABC e visita o Sesi (na Estação Prefeito Saladino, em Santo André) e as indústrias Villares e Volkswagen.

Hoje

Dia do Cantor Lírico

Santos do Dia

Maria Madalena. Natural de Magdala, na Galileia. Acompanhou Jesus em sua paixão, crucifixão e estava presente em seu sepultamento. Foi testemunha do sepulcro vazio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Poesia, contos, cartilha ambiental, História

Livros de papel que chegam à Memória, formando, divulgando, fazendo pensar, fazendo sorrir...

Ademir Medici

22/07/2019 | 07:00


ONDE?

Contos: Mangangá; Memórias de um canalha: L.P-Books – www.lp-books.com

Escritores Brasileiros: livros@editoramatarazzo.com

História: ferroviários – www.editorainhouse.com.br

Cartilha: uma grande amiga árvore – Prefeitura do Município de Mauá

ARBORIZAÇÃO

Começamos pela cartilha que chega de Mauá contando a história da amiga árvore, “Uma grande amiga”. Tabelinha parte do projeto de gestão de arborização urbana do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e Prefeitura de Mauá. Dicas, aconselhamentos, lições.

“A árvore é como um guarda-sol: quanto maior, mais generosa será sua sombra”.

“Com um pouco de criatividade as árvores convivem muito bem com as vagas de estacionamento”.

“Da pra fazer a árvore continuar crescendo acima dos fios...”

Objetivo final: elaborar o Plano Diretor de Arborização urbana, melhorando a qualidade de vida da população.

LITERATURA

Lançada a edição nº 5 da revista “Escritores Brasileiros Contemporâneos”, iniciativa da Editora Matarazzo, dirigida pela jornalista e escritora Thais Matarazzo. Uma edição dedicada à poesia, destacando o concurso “Uma rosa para Dolores” – Dolores Duran, compositora, poeta, cantora (1930-1959)

O concurso gerou trabalhos muito bonitos, caso da poesia “Clamor de Paz”, de Margaret Cruz, que obteve o primeiro lugar:

“Não! Elas suplicaram! Eles não ouviram. Debaixo das suas tumbas ouvia-se um canto gregoriano de dor.”

Um concurso idealizado pelo Coletivo São Paulo de Literatura em parceria com o Museu da Santa Casa de São Paulo.

Na edição de “Escritores Brasileiros Contemporâneos”, Geraldo Nunes discorre sobre a bandeira da Capital São Paulo.

CONTOS 1

Iracema M. Réis, “Memórias de um canalha”. E o canalha era escritor. E tinha ideias diferenciadas, como a de fazer um encanamento próprio para transportar cerveja, stanheger ou qualquer outra no gênero. Gostava de beber, o diretor do museu da cidade.

Iracema apresenta o intelectual canalha e outros personagens, como Dona Zefa.

– Diga, Dona Zefa!... – tudo bem por aí?...

– Não minina. A coisa aqui ta preta.

  • O que aconteceu?...

  • O cumpadi ta moiorto...

CONTOS 2

Aristides Theodoro, “Mangangá”, seu livro nº 20. O autor retorna a Curiapeba, reconstruída na cidade de Mauá. Tem Mangangá. Tem onça. A onça do coronel. Os caçadores de onça. Tem o negro Vacim, de rotina descrita:

(...) Apanhou o fumo e a faca em cima do tamborete de couro cru, que estava ao lado da tarumba, fez um cigarro de palha, acendeu-o, batendo o papa-fogo, tirou uma tragada, como que a degustar o sabor do fumo, cuspiu de banda e disse p''ra Sinha Miúda, que permanecia na cama a olhar os movimentos do marido.

– Levanta mulé, deixa de preguiça e vai fazer o café, que vou tirar o leite das cabras!...

De Aristides Theodoro, escreveu Antonio Possidonio Sampaio: “Você é um jagunço da produção literária, Th., e em cada livro seu a gente se enriquece.”

HISTÓRIA

Dois volumes do livro “Meu pai foi ferroviário”, para lembrar trabalhadores da estrada de ferro (organizados por Eusébio Pereira dos Santos). Entre os focalizados, Jarbas Chioatto, que começou aprendiz na Estrada Bragantina e chegou a chefe da Estação da Luz, com boas passagens pelo Grande ABC.

Memória também de Alfredo dos Santos, com carreira ao longo da Santos a Jundiaí e raízes familiares até hoje em Rio Grande da Serra, a velha Estação Rio Grande da SPR (São Paulo Railway).

Diário há 30 anos

Sábado, 22 de julho de 1989 – ano 32, edição 7124

Manchete – Justiça manda Polícia Federal prender o investidor Naji Nahas.

Santo André – Agora já são 1.600 famílias invasoras do terreno da Avenida Adriático, no Jardim do Estádio que, em assembleia, decidem manter a ocupação.

Meio Ambiente – Cetesb registra qualidade inadequada do ar em todas as estações medidoras do Grande ABC, com exceção de Mauá.

Cena Política (Joaquim Alessi) – Candidatos à Presidência da República viram até feministas para conquistar as mulheres.

Transportes – Integração de novas linhas ao trólebus - Guaianases e Tietê – provoca fila de 800 metros em Santo André.

Os primeiros 20 rádiotáxis do Grande ABC começarão a circular, com central de atendimento em São Bernardo

Rio Grande da Serra – Vereadores têm salários aumentados em 100%.

Cultura & Lazer – Cantora Jane Duboc se apresenta no Teatro Municipal de Santo André.

Em 22 de julho de...

1924 – Na revolução de São Paulo, a manchete do Estadão: a situação da praça; calma relativa na frente de combate; a ação das instituições filantrópicas.

1954 – Inaugurada, oficialmente, a Biblioteca Municipal de São Caetano, chamada Paul Harris, em homenagem ao fundador do Rotary Clube. A biblioteca já vinha funcionando desde março. Seu primeiro responsável foi José Pereira Martins.

1969 – Manchete do Diário: astronautas trazem pedaço da lua.

Centro Espacial de Houston – Os primeiros homens da lua conseguiram ontem sair do seu solo, onde passaram quase um dia, e iniciaram o regresso a terra com seu precioso botim de amostras lunares.

1974 – Presidente do México, Luiz Echeverria, vem ao Grande ABC e visita o Sesi (na Estação Prefeito Saladino, em Santo André) e as indústrias Villares e Volkswagen.

Hoje

Dia do Cantor Lírico

Santos do Dia

Maria Madalena. Natural de Magdala, na Galileia. Acompanhou Jesus em sua paixão, crucifixão e estava presente em seu sepultamento. Foi testemunha do sepulcro vazio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;