Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Reservas do Athletico-PR dão show e goleiam CSA por 4 a 0 no Rei Pelé



20/07/2019 | 21:35


Mesmo com um time todo reserva por conta do jogo contra o Boca Juniors, pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira, o Athletico-PR manteve o bom momento ao golear o CSA por 4 a 0, nesta noite de sábado, no estádio Rei Pelé, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o ótimo resultado, a equipe paranaense subiu para a sexta posição da competição, com 16 pontos.

Essa foi a quinta derrota seguida do CSA, que tem apenas seis pontos e está em penúltimo lugar. E ainda pode cair para a lanterna se o Avaí vencer o Goiás, neste domingo, em Florianópolis.

Aproveitando a falta de entrosamento do Athletico-PR, o CSA começou a partida marcando a saída de bola. Aos nove minutos, Alecsandro cabeceou e a bola, que tinha a direção do gol, acertou a defesa rubro-negra. Na sequência, Caio espalmou a cabeçada de Ronaldo Alves. O time paranaense respondeu aos 20. Thonny Anderson bateu rasteiro e Jordi foi buscar. No rebote, Vitinho chutou forte e parou no goleiro adversário.

A partida era equilibrada e sem muitos lances de perigo. Não satisfeito, o técnico Argel Fucks tirou o experiente Alecsandro para colocar o meia Jonatan Gómez. Porém, a situação da equipe da casa começou a ser complicar aos 40 minutos. Madson subiu livre na segunda trave após cruzamento e abriu o placar para o Athletico.

No finalzinho do primeiro tempo, Maranhão recebeu dentro da área e desviou rente à trave de Caio para quase empatar para o CSA. Entretanto, o que poderia parecer uma reação dos mandantes não se confirmou e os visitantes atropelaram na etapa final. Logo aos 2 minutos, Bruno Nazário cobrou falta por cima da barreira e obrigou Jordi a praticar a sua primeira defesa no segundo tempo.

A resposta do CSA veio em cruzamento rasteiro de Apodi. A bola passou por toda a área e ninguém empurrou para o gol. E aos 17 minutos, Thonny Anderson aproveitou cruzamento de Abner Felipe e desviou de cabeça para fazer o segundo do Athletico-PR.

Insatisfeitos com o time, alguns torcedores do CSA começaram a deixar o Rei Pelé. E a decepção da torcida local aumentou ainda mais aos 40 minutos. Em um contra-ataque, Léo Cittadini desceu em velocidade, deixou os adversários para trás e tocou na saída de Jordi para fazer o terceiro gol do jogo. O time paranaense ainda achou tempo para marcar mais um. Nos acréscimos, aos 48, Braian Romero desviou de cabeça um cruzamento e selou o 4 a 0.

O CSA volta a campo só no próximo dia 29, contra o Grêmio, às 20 horas, no Rei Pelé, pela 12.ª rodada do Brasileirão. O Athletico-PR encara o Cruzeiro, às 19h do sábado, no Mineirão, mas antes tem pela frente o Boca Juniors, na quarta-feira, em Curitiba, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores.

FICHA TÉCNICA

CSA 0 X 4 ATHLETICO-PR

CSA - Jordi; Apodi (Naldo), Alan Costa, Ronaldo Alves e Rafinha; Dawhan, Jean Cléber e Maranhão; Cassiano (Victor Paraíba), Alecsandro (Jonata Gómez) e Ricardo Bueno. Técnico: Argel Fucks.

ATHLETICO-PR - Caio; Madson, Robson Bambu, Pedro Henrique e Abner Felipe; Wellington, Matheus Rossetto, Thonny Anderson e Bruno Nazário (Léo Cittadini); Vitinho e Braian Romero. Técnico: Tiago Nunes.

GOLS - Madson, aos 40 minutos do primeiro tempo; Thonny Anderson, aos 14, Léo Cittadini, aos 40, e Braian Romero aos 48 minutos do segundo.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG).

CARTÕES AMARELOS Apodi e Jean Cleber (CSA); Wellington (Athletico).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reservas do Athletico-PR dão show e goleiam CSA por 4 a 0 no Rei Pelé


20/07/2019 | 21:35


Mesmo com um time todo reserva por conta do jogo contra o Boca Juniors, pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira, o Athletico-PR manteve o bom momento ao golear o CSA por 4 a 0, nesta noite de sábado, no estádio Rei Pelé, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o ótimo resultado, a equipe paranaense subiu para a sexta posição da competição, com 16 pontos.

Essa foi a quinta derrota seguida do CSA, que tem apenas seis pontos e está em penúltimo lugar. E ainda pode cair para a lanterna se o Avaí vencer o Goiás, neste domingo, em Florianópolis.

Aproveitando a falta de entrosamento do Athletico-PR, o CSA começou a partida marcando a saída de bola. Aos nove minutos, Alecsandro cabeceou e a bola, que tinha a direção do gol, acertou a defesa rubro-negra. Na sequência, Caio espalmou a cabeçada de Ronaldo Alves. O time paranaense respondeu aos 20. Thonny Anderson bateu rasteiro e Jordi foi buscar. No rebote, Vitinho chutou forte e parou no goleiro adversário.

A partida era equilibrada e sem muitos lances de perigo. Não satisfeito, o técnico Argel Fucks tirou o experiente Alecsandro para colocar o meia Jonatan Gómez. Porém, a situação da equipe da casa começou a ser complicar aos 40 minutos. Madson subiu livre na segunda trave após cruzamento e abriu o placar para o Athletico.

No finalzinho do primeiro tempo, Maranhão recebeu dentro da área e desviou rente à trave de Caio para quase empatar para o CSA. Entretanto, o que poderia parecer uma reação dos mandantes não se confirmou e os visitantes atropelaram na etapa final. Logo aos 2 minutos, Bruno Nazário cobrou falta por cima da barreira e obrigou Jordi a praticar a sua primeira defesa no segundo tempo.

A resposta do CSA veio em cruzamento rasteiro de Apodi. A bola passou por toda a área e ninguém empurrou para o gol. E aos 17 minutos, Thonny Anderson aproveitou cruzamento de Abner Felipe e desviou de cabeça para fazer o segundo do Athletico-PR.

Insatisfeitos com o time, alguns torcedores do CSA começaram a deixar o Rei Pelé. E a decepção da torcida local aumentou ainda mais aos 40 minutos. Em um contra-ataque, Léo Cittadini desceu em velocidade, deixou os adversários para trás e tocou na saída de Jordi para fazer o terceiro gol do jogo. O time paranaense ainda achou tempo para marcar mais um. Nos acréscimos, aos 48, Braian Romero desviou de cabeça um cruzamento e selou o 4 a 0.

O CSA volta a campo só no próximo dia 29, contra o Grêmio, às 20 horas, no Rei Pelé, pela 12.ª rodada do Brasileirão. O Athletico-PR encara o Cruzeiro, às 19h do sábado, no Mineirão, mas antes tem pela frente o Boca Juniors, na quarta-feira, em Curitiba, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores.

FICHA TÉCNICA

CSA 0 X 4 ATHLETICO-PR

CSA - Jordi; Apodi (Naldo), Alan Costa, Ronaldo Alves e Rafinha; Dawhan, Jean Cléber e Maranhão; Cassiano (Victor Paraíba), Alecsandro (Jonata Gómez) e Ricardo Bueno. Técnico: Argel Fucks.

ATHLETICO-PR - Caio; Madson, Robson Bambu, Pedro Henrique e Abner Felipe; Wellington, Matheus Rossetto, Thonny Anderson e Bruno Nazário (Léo Cittadini); Vitinho e Braian Romero. Técnico: Tiago Nunes.

GOLS - Madson, aos 40 minutos do primeiro tempo; Thonny Anderson, aos 14, Léo Cittadini, aos 40, e Braian Romero aos 48 minutos do segundo.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG).

CARTÕES AMARELOS Apodi e Jean Cleber (CSA); Wellington (Athletico).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;