Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara de Diadema patrocina viagem para encontros com deputados paulistas

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Legislativo gasta quase R$ 7.000 com passagens aéreas e hospedagens para vereadores se reunirem em Brasília com parlamentares até do Grande ABC


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

21/07/2019 | 07:00


 A Câmara de Diadema patrocinou viagem a três vereadores para Brasília, que, no fim, resultou em encontros com deputados do próprio Estado. No mês passado, o Legislativo diademense gastou R$ 6.793,37 com passagens aéreas e hospedagens para viabilizar reuniões com parlamentares paulistas e até com os que possuem base no Grande ABC.

Em 11 de junho, o presidente da casa, Pretinho do Água Santa, Salek Almeida (ambos do DEM) e Companheiro Sérgio (Cidadania) foram até a Capital Federal, com os principais gastos custeados pela Câmara de Diadema, e visitaram os gabinetes dos deputados Alexandre Leite (DEM), Tiririca (PL), Bruna Furlan (PSDB), Eli Correia Filho (DEM), Vicentinho (PT) e Alex Manente (Cidadania). 

A maioria desses parlamentares possuem escritório político em São Paulo, sendo que dois deles (Alex e Vicentinho) têm domicílio eleitoral na região e atendem na vizinha São Bernardo. No caso de Vicentinho, inclusive, a base eleitoral está instalada mais perto ainda: Diadema. 

Os encontros foram amplamente divulgados pelos próprios vereadores nas redes sociais, que publicaram fotos ao lado de alguns dos políticos. “(Estamos) Em Brasília tratando de assuntos importantes para nossa cidade”, postou Pretinho em seu perfil no Facebook. “Sempre buscando melhorias para nossa cidade”, dizia a legenda de outra foto, que não trouxe detalhes sobre a missão oficial. A viagem teve como objetivo, segundo os parlamentares, a busca por emendas parlamentares. 

Na semana passada, os vereadores celebraram a conquista de R$ 4,2 milhões em recursos, por meio do mandato de Alexandre Leite, para a área da saúde. Segundo a Câmara, o montante já foi depositado na conta da Prefeitura de Diadema e será destinado para a construção e compra de equipamentos da UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Paulina e parte para reforma de campo no Eldorado. Assessor especial do Paço, Marquinhos da Liga (PV) acompanhou os parlamentares.

O uso do dinheiro público para custeio de despesas com viagens de agentes públicos a agendas oficiais é legal, mas há série de regras. No caso das Câmaras, o TCE (Tribunal de Contas do Estado) estabelece que é preciso “mostrar, de forma clara e não genérica, o objetivo da missão oficial e o nome de todos os que dela participarão”. No Portal da Transparência da Câmara diademense, as informações sobre a viagem vão na contramão dessas diretrizes. Os gastos com a locomoção (R$ 5.839,47) aparecem identificados apenas como “passagens e despesas com locomoção” e sequer há citação de ida a Brasília. O nome dos parlamentares que viajaram às custas da casa e o destino só consta em despesas com diárias (R$ 953,90).

Por meio de nota, a Câmara de Diadema negou irregularidades no custeio da viagem. “Toda iniciativa em prol da população é válida. Neste caso, a viagem foi revertida em R$ 4,2 milhões em emendas, que já estão nos cofres da Prefeitura. Despesas como esta estão previstas no orçamento e são utilizadas quando necessário para trazer recursos para a cidade. Nenhuma iniciativa em prol da população pode ser considerada promoção política. Se houvesse irregularidade a Câmara não arcaria com os custos”. Segundo a casa, também houve encontro com a senadora Kátia Abreu (PDT-TO).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara de Diadema patrocina viagem para encontros com deputados paulistas

Legislativo gasta quase R$ 7.000 com passagens aéreas e hospedagens para vereadores se reunirem em Brasília com parlamentares até do Grande ABC

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

21/07/2019 | 07:00


 A Câmara de Diadema patrocinou viagem a três vereadores para Brasília, que, no fim, resultou em encontros com deputados do próprio Estado. No mês passado, o Legislativo diademense gastou R$ 6.793,37 com passagens aéreas e hospedagens para viabilizar reuniões com parlamentares paulistas e até com os que possuem base no Grande ABC.

Em 11 de junho, o presidente da casa, Pretinho do Água Santa, Salek Almeida (ambos do DEM) e Companheiro Sérgio (Cidadania) foram até a Capital Federal, com os principais gastos custeados pela Câmara de Diadema, e visitaram os gabinetes dos deputados Alexandre Leite (DEM), Tiririca (PL), Bruna Furlan (PSDB), Eli Correia Filho (DEM), Vicentinho (PT) e Alex Manente (Cidadania). 

A maioria desses parlamentares possuem escritório político em São Paulo, sendo que dois deles (Alex e Vicentinho) têm domicílio eleitoral na região e atendem na vizinha São Bernardo. No caso de Vicentinho, inclusive, a base eleitoral está instalada mais perto ainda: Diadema. 

Os encontros foram amplamente divulgados pelos próprios vereadores nas redes sociais, que publicaram fotos ao lado de alguns dos políticos. “(Estamos) Em Brasília tratando de assuntos importantes para nossa cidade”, postou Pretinho em seu perfil no Facebook. “Sempre buscando melhorias para nossa cidade”, dizia a legenda de outra foto, que não trouxe detalhes sobre a missão oficial. A viagem teve como objetivo, segundo os parlamentares, a busca por emendas parlamentares. 

Na semana passada, os vereadores celebraram a conquista de R$ 4,2 milhões em recursos, por meio do mandato de Alexandre Leite, para a área da saúde. Segundo a Câmara, o montante já foi depositado na conta da Prefeitura de Diadema e será destinado para a construção e compra de equipamentos da UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Paulina e parte para reforma de campo no Eldorado. Assessor especial do Paço, Marquinhos da Liga (PV) acompanhou os parlamentares.

O uso do dinheiro público para custeio de despesas com viagens de agentes públicos a agendas oficiais é legal, mas há série de regras. No caso das Câmaras, o TCE (Tribunal de Contas do Estado) estabelece que é preciso “mostrar, de forma clara e não genérica, o objetivo da missão oficial e o nome de todos os que dela participarão”. No Portal da Transparência da Câmara diademense, as informações sobre a viagem vão na contramão dessas diretrizes. Os gastos com a locomoção (R$ 5.839,47) aparecem identificados apenas como “passagens e despesas com locomoção” e sequer há citação de ida a Brasília. O nome dos parlamentares que viajaram às custas da casa e o destino só consta em despesas com diárias (R$ 953,90).

Por meio de nota, a Câmara de Diadema negou irregularidades no custeio da viagem. “Toda iniciativa em prol da população é válida. Neste caso, a viagem foi revertida em R$ 4,2 milhões em emendas, que já estão nos cofres da Prefeitura. Despesas como esta estão previstas no orçamento e são utilizadas quando necessário para trazer recursos para a cidade. Nenhuma iniciativa em prol da população pode ser considerada promoção política. Se houvesse irregularidade a Câmara não arcaria com os custos”. Segundo a casa, também houve encontro com a senadora Kátia Abreu (PDT-TO).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;