Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Paranapiacaba de volta aos trilhos


Do Diário do Grande ABC

20/07/2019 | 11:56


 A Vila de Paranapiacaba será palco, a partir de hoje, da 19ª edição do Festival de Inverno. Um evento que mostra a grandeza da vila e exalta a importância histórica de Santo André, resgatando o orgulho da nossa gente.

A visita à vila inglesa nos convida a uma viagem pelo tempo, com a chegada da ferrovia, construída pela companhia São Paulo Railway Co., no século XIX. Período em que a influência dos ingleses determinaria o desenvolvimento de Paranapiacaba, deixando um legado cultural e arquitetônico que casa perfeitamente com o clima, conferindo charme especial ao lugar.

Mas nem sempre este cenário recebeu atenção e investimento necessários para que Paranapiacaba tivesse todo o seu potencial destacado. Assim como a nossa cidade, a vila precisou ser recuperada. E, nesta edição do Festival, se prepara para novamente ocupar o patamar que merece, o de uma verdadeira joia andreense.

Colocar a casa em ordem, recuperar a credibilidade financeira e atrair novos investimentos permitiram que Paranapiacaba recebesse melhorias e recuperasse seu potencial turístico. E é com muito orgulho e com muita emoção que estamos inaugurando, hoje às 19h, a Torre do Relógio, completamente restaurada e com iluminação monumental.

O cenário, que já era bucólico, recebeu dose extra de encanto e promete deixar o 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba ainda mais especial. Um dos principais cartões postais da histórica vila, que representa uma réplica do Big Ben, de Londres, terá um show inédito de luzes.

Desde o início desta gestão fizemos um grande esforço para recuperar a vila. Restauramos o Museu Castelo, a Casa Fox, o Centro de Visitantes do Parque Nascentes e a Igreja Senhor Bom Jesus de Paranapiacaba. Também foram entregues as novas sedes da GCM (Guarda Civil Municipal) e do Corpo de Bombeiros, a Biblioteca (antiga Casa do Engenheiro) e o Centro de Informações Turísticas.

O restauro da antiga Garagem das Locomotivas, que abriga a plataforma do Expresso Turístico da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), foi outro destaque. E o reconhecimento veio exatamente onde tudo começou: pelos trilhos do trem, com a ampliação das viagens do Expresso Turístico, que agora chega à vila aos sábados e domingos.

É o melhor da nossa cidade sendo resgatado e valorizado. Mas é sobretudo um novo tempo para Santo André. Transformações que já começaram e que não param mais. Não podemos permitir que as joias do município fiquem estagnadas no tempo, apenas como uma memória afetiva.

Como andreense, vivo esta cidade e quero uma Santo André melhor a cada dia. Por isso, vamos continuar trabalhando com planejamento e eficiência para transformar a vida da nossa gente e deixar um legado para o futuro de Santo André. Venha fazer parte desta história.

Venha para o 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba!

Paulo Serra é prefeito de Santo André.

Sabesp

Pelo menos uma vez na semana a Sabesp fecha a água em minha rua. Quando ligamos, meus vizinhos e eu recebemos sempre a mesma resposta: senhora, aqui em nosso sistema não consta falta d’água em sua rua. Já verificou com os vizinhos? Quando afirmamos que sim, recebemos a resposta de que equipe irá ao local, pedindo para aguardar 24 horas. Hoje, dia 19, ocorreu outra vez, conforme o protocolo 967664369. Pergunto à Sabesp: onde está a comunicação entre a equipe operacional e o call center? 

Maria Aparecida Chitto dos Reis

São Bernardo

Alaíde Damo

As mudanças estão ocorrendo em nossa cidade. Desde que a prefeita assumiu estamos vendo uma cidade movimentada pelo dinamismo que a mesma tem conseguido desempenhar, tem demonstrando vontade de ver a nossa cidade mais humana, as cores do brasão já são vistas pelos quatro cantos da cidade, o azul e branco estão voltando, tirando o amarelo que deixava nossa cidade mais sombria. Várias atividades sociais vêm sendo realizadas, contagiando os munícipes, tais como oferecimento de vagas no Centro Público de Trabalho e Renda e segurança pública junto à Guarda Civil Municipal. Por tudo, parabéns prefeita Alaíde Damo, e estamos juntos para ver nossa cidade mais bela e feliz. Deus abençoe Mauá.

Rosangela Caris

Mauá

Duro ataque à Lava Jato

Não sou jurista, mas não tenho dúvida de que o presidente do Supremo, Dias Toffoli, historicamente ligado ao PT, aproveitando pedido do advogado do senador Flávio Bolsonaro, encontrou a oportunidade para beneficiar centenas de corruptos e até organizações criminosas, quando suspendeu provisoriamente processo sobre movimentações financeiras. Ora, quando foi criado o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), em março de 1998, na gestão de FHC, pela lei 9.613, não se exigiu autorização judicial para encaminhar ao Ministério Público informações que só podem ser fornecidas pelos bancos sobre movimentação financeira supostamente duvidosa. Ou seja, os integrantes do Coaf não dispõem das senhas dos correntistas dos bancos. E somente repassam ao MP o que exatamente, repetindo, os bancos informam! Portanto, essa decisão do Toffoli é muito estranha, e tem destino traçado de dificultar as investigações sobre crimes de lavagem de dinheiro e outros no País. De que lado está o Supremo?

Paulo Panossian

São Carlos (SP)

Institutos de pesquisas

Até quando teremos que conviver com as manipulações dos atuais institutos de pesquisas, que na realidade não cumprem a missão para a qual estão se propondo? Lembrem-se dos absurdos apresentados na última eleição presidencial, quando Datafolha e Ibope divulgavam informações inverídicas apenas no intuito de manter vivo os seus interesses e não o de informar corretamente o público brasileiro. Esses dois nefastos institutos, apoiados por parte da imprensa, previam no primeiro turno 32 pontos para o Bolsonaro e 28 para o Haddad. Erraram feio! E, ainda, que no segundo turno o Bolsonaro não venceria nenhum dos candidatos.

Benone Augusto de Paiva

Capital

Fernando de Noronha

Se o Brasil não é o País da piada pronta e só da piada. Por que não querem que as taxas para visita em Fernando de Noronha sejam reduzidas, mas quando aumentam os pedágios todos reclamam? Ou seja, dois pesos e duas medidas. Afinal de contas, mesmo com taxas reduzidas todos esquecem que os pacotes para esse lugar são caríssimos e a hospedagem em geral é só em pousadas também caríssimas? Será que só as tarifas devem ficar altas? Acho que algo está sendo falado para confundir e, claro, não esclarecer. No Brasil, patriotas são aqueles que só cuidam dos seus bolsos e, claro, dos cumpanheiros. E todos resolvem o problema dos outros, em especial os experts ou espertos.

Antonio José Gomes Marques

Rio de Janeiro (RJ)

Consórcio

Entusiasta do ditado de que a união faz a força, fico feliz em ver que São Caetano pretende pagar a dívida que tem com o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, abrindo, assim, caminho para a volta da cidade ao colegiado (Política, ontem). Parabéns.

Edvaldo Vassaz

Santo André

As cartas para esta seção devem ser encaminhadas pelos Correios (Rua Catequese, 562, bairro Jardim, Santo André, CEP 09090-900) ou por e-mail (palavradoleitor@dgabc.com.br). Necessário que sejam indicados nome e endereço completos e telefone para contato. Não serão publicadas ofensas pessoais. Os assuntos devem versar sobre temas abordados pelo jornal. O Diário se reserva o direito de publicar somente trechos dos textos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paranapiacaba de volta aos trilhos

Do Diário do Grande ABC

20/07/2019 | 11:56


 A Vila de Paranapiacaba será palco, a partir de hoje, da 19ª edição do Festival de Inverno. Um evento que mostra a grandeza da vila e exalta a importância histórica de Santo André, resgatando o orgulho da nossa gente.

A visita à vila inglesa nos convida a uma viagem pelo tempo, com a chegada da ferrovia, construída pela companhia São Paulo Railway Co., no século XIX. Período em que a influência dos ingleses determinaria o desenvolvimento de Paranapiacaba, deixando um legado cultural e arquitetônico que casa perfeitamente com o clima, conferindo charme especial ao lugar.

Mas nem sempre este cenário recebeu atenção e investimento necessários para que Paranapiacaba tivesse todo o seu potencial destacado. Assim como a nossa cidade, a vila precisou ser recuperada. E, nesta edição do Festival, se prepara para novamente ocupar o patamar que merece, o de uma verdadeira joia andreense.

Colocar a casa em ordem, recuperar a credibilidade financeira e atrair novos investimentos permitiram que Paranapiacaba recebesse melhorias e recuperasse seu potencial turístico. E é com muito orgulho e com muita emoção que estamos inaugurando, hoje às 19h, a Torre do Relógio, completamente restaurada e com iluminação monumental.

O cenário, que já era bucólico, recebeu dose extra de encanto e promete deixar o 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba ainda mais especial. Um dos principais cartões postais da histórica vila, que representa uma réplica do Big Ben, de Londres, terá um show inédito de luzes.

Desde o início desta gestão fizemos um grande esforço para recuperar a vila. Restauramos o Museu Castelo, a Casa Fox, o Centro de Visitantes do Parque Nascentes e a Igreja Senhor Bom Jesus de Paranapiacaba. Também foram entregues as novas sedes da GCM (Guarda Civil Municipal) e do Corpo de Bombeiros, a Biblioteca (antiga Casa do Engenheiro) e o Centro de Informações Turísticas.

O restauro da antiga Garagem das Locomotivas, que abriga a plataforma do Expresso Turístico da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), foi outro destaque. E o reconhecimento veio exatamente onde tudo começou: pelos trilhos do trem, com a ampliação das viagens do Expresso Turístico, que agora chega à vila aos sábados e domingos.

É o melhor da nossa cidade sendo resgatado e valorizado. Mas é sobretudo um novo tempo para Santo André. Transformações que já começaram e que não param mais. Não podemos permitir que as joias do município fiquem estagnadas no tempo, apenas como uma memória afetiva.

Como andreense, vivo esta cidade e quero uma Santo André melhor a cada dia. Por isso, vamos continuar trabalhando com planejamento e eficiência para transformar a vida da nossa gente e deixar um legado para o futuro de Santo André. Venha fazer parte desta história.

Venha para o 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba!

Paulo Serra é prefeito de Santo André.

Sabesp

Pelo menos uma vez na semana a Sabesp fecha a água em minha rua. Quando ligamos, meus vizinhos e eu recebemos sempre a mesma resposta: senhora, aqui em nosso sistema não consta falta d’água em sua rua. Já verificou com os vizinhos? Quando afirmamos que sim, recebemos a resposta de que equipe irá ao local, pedindo para aguardar 24 horas. Hoje, dia 19, ocorreu outra vez, conforme o protocolo 967664369. Pergunto à Sabesp: onde está a comunicação entre a equipe operacional e o call center? 

Maria Aparecida Chitto dos Reis

São Bernardo

Alaíde Damo

As mudanças estão ocorrendo em nossa cidade. Desde que a prefeita assumiu estamos vendo uma cidade movimentada pelo dinamismo que a mesma tem conseguido desempenhar, tem demonstrando vontade de ver a nossa cidade mais humana, as cores do brasão já são vistas pelos quatro cantos da cidade, o azul e branco estão voltando, tirando o amarelo que deixava nossa cidade mais sombria. Várias atividades sociais vêm sendo realizadas, contagiando os munícipes, tais como oferecimento de vagas no Centro Público de Trabalho e Renda e segurança pública junto à Guarda Civil Municipal. Por tudo, parabéns prefeita Alaíde Damo, e estamos juntos para ver nossa cidade mais bela e feliz. Deus abençoe Mauá.

Rosangela Caris

Mauá

Duro ataque à Lava Jato

Não sou jurista, mas não tenho dúvida de que o presidente do Supremo, Dias Toffoli, historicamente ligado ao PT, aproveitando pedido do advogado do senador Flávio Bolsonaro, encontrou a oportunidade para beneficiar centenas de corruptos e até organizações criminosas, quando suspendeu provisoriamente processo sobre movimentações financeiras. Ora, quando foi criado o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), em março de 1998, na gestão de FHC, pela lei 9.613, não se exigiu autorização judicial para encaminhar ao Ministério Público informações que só podem ser fornecidas pelos bancos sobre movimentação financeira supostamente duvidosa. Ou seja, os integrantes do Coaf não dispõem das senhas dos correntistas dos bancos. E somente repassam ao MP o que exatamente, repetindo, os bancos informam! Portanto, essa decisão do Toffoli é muito estranha, e tem destino traçado de dificultar as investigações sobre crimes de lavagem de dinheiro e outros no País. De que lado está o Supremo?

Paulo Panossian

São Carlos (SP)

Institutos de pesquisas

Até quando teremos que conviver com as manipulações dos atuais institutos de pesquisas, que na realidade não cumprem a missão para a qual estão se propondo? Lembrem-se dos absurdos apresentados na última eleição presidencial, quando Datafolha e Ibope divulgavam informações inverídicas apenas no intuito de manter vivo os seus interesses e não o de informar corretamente o público brasileiro. Esses dois nefastos institutos, apoiados por parte da imprensa, previam no primeiro turno 32 pontos para o Bolsonaro e 28 para o Haddad. Erraram feio! E, ainda, que no segundo turno o Bolsonaro não venceria nenhum dos candidatos.

Benone Augusto de Paiva

Capital

Fernando de Noronha

Se o Brasil não é o País da piada pronta e só da piada. Por que não querem que as taxas para visita em Fernando de Noronha sejam reduzidas, mas quando aumentam os pedágios todos reclamam? Ou seja, dois pesos e duas medidas. Afinal de contas, mesmo com taxas reduzidas todos esquecem que os pacotes para esse lugar são caríssimos e a hospedagem em geral é só em pousadas também caríssimas? Será que só as tarifas devem ficar altas? Acho que algo está sendo falado para confundir e, claro, não esclarecer. No Brasil, patriotas são aqueles que só cuidam dos seus bolsos e, claro, dos cumpanheiros. E todos resolvem o problema dos outros, em especial os experts ou espertos.

Antonio José Gomes Marques

Rio de Janeiro (RJ)

Consórcio

Entusiasta do ditado de que a união faz a força, fico feliz em ver que São Caetano pretende pagar a dívida que tem com o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, abrindo, assim, caminho para a volta da cidade ao colegiado (Política, ontem). Parabéns.

Edvaldo Vassaz

Santo André

As cartas para esta seção devem ser encaminhadas pelos Correios (Rua Catequese, 562, bairro Jardim, Santo André, CEP 09090-900) ou por e-mail (palavradoleitor@dgabc.com.br). Necessário que sejam indicados nome e endereço completos e telefone para contato. Não serão publicadas ofensas pessoais. Os assuntos devem versar sobre temas abordados pelo jornal. O Diário se reserva o direito de publicar somente trechos dos textos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;