Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Startup desenvolve solução que transforma texto em áudio de alta qualidade

Da Redação

19/07/2019 | 10:48


O DitanGo é uma plataforma que converte qualquer documento em áudio de alta qualidade. A partir de um projeto feito com apoio do Sebrae Inovação, a startup conseguiu aperfeiçoar a ferramenta para dar suporte a professores e alunos de educação inclusiva, por meio de aplicativos acessíveis e adaptados para pessoas com deficiência visual, surdos e pessoas com dificuldade de aprendizado.

Leia mais: 
Ford cria robô que simula suor para testar durabilidade dos bancos
Primeiro livro editado por robô está disponível gratuitamente para download

De acordo com Anderson Teixeira, da DitanGo, a plataforma surgiu para atender às necessidades de pessoas que precisavam ou queriam ler, mas não tinham tempo em função das atividades diárias da vida moderna.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

“A partir da conversão do texto em áudio de alta qualidade, os usuários do DitanGo passaram a aproveitar todos os momentos do dia para ler, mesmo enquanto realizavam outras atividades, tais como se deslocar de casa para o trabalho ou escola, e se exercitar com caminhadas ou corridas”, explica o empresário. “Com o uso de tecnologias assistivas, a ferramenta passou a passou a atender também deficientes visuais ampliando seu acesso à leitura.”

Com uma equipe experiente no desenvolvimento de software, o Anderson conta que a criação foi tranquila. “A enorme burocracia e custo para manter uma empresa no Brasil foi nossa maior dificuldade”, diz. “Essas dificuldades afetam profundamente a escolha do modelo de negócio que precisa trazer resultados financeiros em um momento que deveria ser dedicado para se entender melhor o público-alvo e suas necessidades.”

Os resultados vieram rapidamente. De 200 usuários, em março de 2017, a plataforma conta hoje com um público de mais de 2 mil pessoas. “Em termos de presença na internet, saltamos de uma dezena de acessos mês para 1.400 acessos em nosso site, com a conversão de 20 usuários por dia de forma totalmente orgânica, ou seja, sem investimento em marketing digital”, comenta o proprietário da DitanGo.

Qualitativamente, o ganho foi ainda maior por causa da ampliação da rede de contatos e abertura de novas oportunidades, como a reformulação e lançamento da plataforma em novos mercados, com apoio de instituições de pesquisa e empresas com alcance internacional.

 
 

<
>

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;