Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Estreante vence 11ª etapa da Volta da França e Alaphilippe mantém liderança



17/07/2019 | 15:00


Estreante na edição 2019 da Volta da França, o australiano Caleb Ewan venceu nesta quarta-feira a 11ª etapa, realizada entre as cidades de Albi e Toulouse, enquanto o francês Julian Alaphilippe manteve a camiseta amarela destinada ao líder, um dia antes da prova entrar em sua fase decisiva, com as chegadas às altas montanhas.

Ewan, de 25 anos, superou o holandês Dylan Groenewegen, também um velocista, pela diferença de um pneu para assegurar a vitória, só confirmada com a utilização do recurso fotográfico, tendo completado a distância de 160,5 quilômetros com o tempo de 3h51min26, o mesmo dos 60 primeiros colocados. E o terceiro lugar ficou com o italiano Elia Viviani.

Ewan faz parte de uma nova geração de velocistas que estão tentando destronar

o tricampeão mundial Peter Sagan, que continua sendo o detentor da camisa verde, destinada ao líder em pontos. Depois de vencer etapas no Giro D'Italia e na Volta da Espanha, agora ele ganhou um estágio na Volta da França, para passar a somar triunfos nas três principais provas de ciclismo de estrada no mundo.

Em um dia sem grandes dificuldades, os principais favoritos não correram quaisquer riscos e não houve mudanças significativas na classificação geral. Mas aconteceu um acidente a cerca de 30 quilômetros da linha de chegada, que deixou o holandês Niki Terpstra com uma suspeita de fratura de clavícula e o levou a abandonar a corrida. Concorrentes ao título, o colombiano Nairo Quintana e o australiano Richie Porte também estiveram envolvidos no incidente, mas voltaram para suas bicicletas.

Quatro ciclistas se livraram do pelotão logo após a largada em Albi e chegaram a abrir vantagem de 3min27. Mas eles foram alcançados nos 60km finais, com o último a ser "pego" sendo o belga Aime De Gendt, com 4,5km para o término da etapa.

Ao fim do 11ºestágio, Alaphilippe lidera com o tempo total de 47h18min41 e vantagem de 1min12 para o britânico Geraint Thomas e de 1min16 para o colombiano Egan Bernal, que está à frente na disputa entre os jovens. A Movistar Team segue na frente na disputa por equipes e o belga Tim Wellens continua sendo o melhor entre os montanhistas.

Espera-se que a batalha pela dianteira da classificação geral se intensifique nos próximos cinco dias, com três etapas de montanha e um contra-relógio no programa. A etapa desta quinta-feira, a 12ª, apresenta duas subidas de primeira categoria, com um percurso de 190,5km entre Toulouse e Bagnères-de-Bigorre.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estreante vence 11ª etapa da Volta da França e Alaphilippe mantém liderança


17/07/2019 | 15:00


Estreante na edição 2019 da Volta da França, o australiano Caleb Ewan venceu nesta quarta-feira a 11ª etapa, realizada entre as cidades de Albi e Toulouse, enquanto o francês Julian Alaphilippe manteve a camiseta amarela destinada ao líder, um dia antes da prova entrar em sua fase decisiva, com as chegadas às altas montanhas.

Ewan, de 25 anos, superou o holandês Dylan Groenewegen, também um velocista, pela diferença de um pneu para assegurar a vitória, só confirmada com a utilização do recurso fotográfico, tendo completado a distância de 160,5 quilômetros com o tempo de 3h51min26, o mesmo dos 60 primeiros colocados. E o terceiro lugar ficou com o italiano Elia Viviani.

Ewan faz parte de uma nova geração de velocistas que estão tentando destronar

o tricampeão mundial Peter Sagan, que continua sendo o detentor da camisa verde, destinada ao líder em pontos. Depois de vencer etapas no Giro D'Italia e na Volta da Espanha, agora ele ganhou um estágio na Volta da França, para passar a somar triunfos nas três principais provas de ciclismo de estrada no mundo.

Em um dia sem grandes dificuldades, os principais favoritos não correram quaisquer riscos e não houve mudanças significativas na classificação geral. Mas aconteceu um acidente a cerca de 30 quilômetros da linha de chegada, que deixou o holandês Niki Terpstra com uma suspeita de fratura de clavícula e o levou a abandonar a corrida. Concorrentes ao título, o colombiano Nairo Quintana e o australiano Richie Porte também estiveram envolvidos no incidente, mas voltaram para suas bicicletas.

Quatro ciclistas se livraram do pelotão logo após a largada em Albi e chegaram a abrir vantagem de 3min27. Mas eles foram alcançados nos 60km finais, com o último a ser "pego" sendo o belga Aime De Gendt, com 4,5km para o término da etapa.

Ao fim do 11ºestágio, Alaphilippe lidera com o tempo total de 47h18min41 e vantagem de 1min12 para o britânico Geraint Thomas e de 1min16 para o colombiano Egan Bernal, que está à frente na disputa entre os jovens. A Movistar Team segue na frente na disputa por equipes e o belga Tim Wellens continua sendo o melhor entre os montanhistas.

Espera-se que a batalha pela dianteira da classificação geral se intensifique nos próximos cinco dias, com três etapas de montanha e um contra-relógio no programa. A etapa desta quinta-feira, a 12ª, apresenta duas subidas de primeira categoria, com um percurso de 190,5km entre Toulouse e Bagnères-de-Bigorre.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;