Fechar
Publicidade

Domingo, 18 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasileiros vão mal e ficam abaixo do 30º lugar na maratona aquática no Mundial



15/07/2019 | 22:54


Os representantes brasileiros ficaram distantes da briga por medalha e pela classificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio na versão masculina da maratona aquática de 10 quilômetros no Mundial de Esportes Aquáticos de Gwangju, na Coreia do Sul. Em 33º lugar, Allan do Carmo foi o melhor representante do País na prova disputada na noite desta segunda-feira (no horário de Brasília).

O título mundial ficou com o alemão Florian Wellbrock, de apenas 21 anos, que completou a distância em 1h47min55s9. Ele ficou 0s2 à frente do francês Marc-Antoine Olivier, que em 2016 foi medalhista de prata na Olimpíada do Rio. O também alemão Rob Muffels, com 1h47min57s4, completou o pódio, em terceiro lugar.

Já os representantes brasileiros foram coadjuvantes na disputa dos 10km. Allan do Carmo garantiu a 33ª posição com uma desvantagem de 2min18s80 para o campeão mundial. Já Victor Colonese veio logo atrás, na 35ª colocação, a 0s5 do seu compatriota.

Com o resultado, o Brasil poderá ter, no máximo, um representante na disputa masculina da maratona aquática. A vaga poderá ser obtida na seletiva olímpica, em 2020, ou através da cota continental.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasileiros vão mal e ficam abaixo do 30º lugar na maratona aquática no Mundial


15/07/2019 | 22:54


Os representantes brasileiros ficaram distantes da briga por medalha e pela classificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio na versão masculina da maratona aquática de 10 quilômetros no Mundial de Esportes Aquáticos de Gwangju, na Coreia do Sul. Em 33º lugar, Allan do Carmo foi o melhor representante do País na prova disputada na noite desta segunda-feira (no horário de Brasília).

O título mundial ficou com o alemão Florian Wellbrock, de apenas 21 anos, que completou a distância em 1h47min55s9. Ele ficou 0s2 à frente do francês Marc-Antoine Olivier, que em 2016 foi medalhista de prata na Olimpíada do Rio. O também alemão Rob Muffels, com 1h47min57s4, completou o pódio, em terceiro lugar.

Já os representantes brasileiros foram coadjuvantes na disputa dos 10km. Allan do Carmo garantiu a 33ª posição com uma desvantagem de 2min18s80 para o campeão mundial. Já Victor Colonese veio logo atrás, na 35ª colocação, a 0s5 do seu compatriota.

Com o resultado, o Brasil poderá ter, no máximo, um representante na disputa masculina da maratona aquática. A vaga poderá ser obtida na seletiva olímpica, em 2020, ou através da cota continental.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;