Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

No Parque São Vicente, moradores questionam obra de banheiro público

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Intervenções estão sendo realizadas há uma semana na Av.Armando Sales de Oliveira


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

13/07/2019 | 07:00


A construção de banheiros públicos na Avenida Armando Sales de Oliveira, no Parque São Vicente, era uma demanda antiga dos funcionários e alunos de autoescolas, que realizam no local as provas de baliza para obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Ocorre que, há pelo menos uma semana, as obras tiveram início, mas não há qualquer indicação de quem esteja executando as intervenções. Toda obra pública demanda a colocação de placa especificando prazos, valores e empresa responsável. 

Os moradores do entorno não sabem muito sobre a obra, mas se preocupam com as possíveis consequências. “O que a gente sabe é que estão fazendo banheiros. Mas quem vai manter limpo? Quem vai fazer a manutenção? Quem vai garantir que não usem o local para práticas ilícitas como consumo de drogas?”, questionou a bióloga Míriam Rocha, 43 anos, que mora quase em frente ao local.

Para o ferramenteiro aposentado João Barbosa, 78, que reside na vizinhança, a falta de identificação na obra e de informação sobre o que está sendo feito não causa surpresas. “Infelizmente, deve ser mais uma dessas obras faraônicas, onde o construtor usa um bloco e cobra por três”, declarou.

Questionada, a Prefeitura de Mauá informou que o Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) encaminhou o ofício número 122/2018 solicitando a ligação de água e esgoto para a construção dos banheiros, tanto para cadeirantes quanto para não cadeirantes, tendo em vista que mais de 700 alunos de autoescola realizam provas de baliza no local. “Esta é uma antiga reivindicação feita pelos alunos, que precisavam pedir para utilizar os banheiros de moradores locais ou de estabelecimentos”, destacou a administração. 

Segundo o comunicado, para saber o valor da obra, prazo e empresa contratada, era preciso entrar em contato com o Detran, que também será responsável pela manutenção do local. O Detran, no entanto, afirmou que solicitou apenas a ligação de água e esgoto, mas não é responsável pela obra informada. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

No Parque São Vicente, moradores questionam obra de banheiro público

Intervenções estão sendo realizadas há uma semana na Av.Armando Sales de Oliveira

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

13/07/2019 | 07:00


A construção de banheiros públicos na Avenida Armando Sales de Oliveira, no Parque São Vicente, era uma demanda antiga dos funcionários e alunos de autoescolas, que realizam no local as provas de baliza para obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Ocorre que, há pelo menos uma semana, as obras tiveram início, mas não há qualquer indicação de quem esteja executando as intervenções. Toda obra pública demanda a colocação de placa especificando prazos, valores e empresa responsável. 

Os moradores do entorno não sabem muito sobre a obra, mas se preocupam com as possíveis consequências. “O que a gente sabe é que estão fazendo banheiros. Mas quem vai manter limpo? Quem vai fazer a manutenção? Quem vai garantir que não usem o local para práticas ilícitas como consumo de drogas?”, questionou a bióloga Míriam Rocha, 43 anos, que mora quase em frente ao local.

Para o ferramenteiro aposentado João Barbosa, 78, que reside na vizinhança, a falta de identificação na obra e de informação sobre o que está sendo feito não causa surpresas. “Infelizmente, deve ser mais uma dessas obras faraônicas, onde o construtor usa um bloco e cobra por três”, declarou.

Questionada, a Prefeitura de Mauá informou que o Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) encaminhou o ofício número 122/2018 solicitando a ligação de água e esgoto para a construção dos banheiros, tanto para cadeirantes quanto para não cadeirantes, tendo em vista que mais de 700 alunos de autoescola realizam provas de baliza no local. “Esta é uma antiga reivindicação feita pelos alunos, que precisavam pedir para utilizar os banheiros de moradores locais ou de estabelecimentos”, destacou a administração. 

Segundo o comunicado, para saber o valor da obra, prazo e empresa contratada, era preciso entrar em contato com o Detran, que também será responsável pela manutenção do local. O Detran, no entanto, afirmou que solicitou apenas a ligação de água e esgoto, mas não é responsável pela obra informada. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;