Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Carlinhos Maia desabafa após ser criticado por filmar morador de rua: Parece que fazer o bem é um crime



12/07/2019 | 16:10


A viagem de Carlinhos Maia pelos Estados Unidos está dando o que falar! Depois de seu marido, Lucas Guimarães, ser expulso da Disney por usar uma bermuda com uma estampa inapropriada, o humorista foi criticado na web após exibir um morador de rua sem seu consentimento, e chamá-lo de ator.

Para rebater as críticas, Carlinhos mostrou, em seu Instagram Stories, o projeto Soulphia, que ajuda mulheres em situação de vulnerabilidade nos Estados Unidos, e do qual o humorista é padrinho há dois anos. Ele falou sobre como as pessoas só focam em criticá-lo, enquanto ele está fazendo o bem:

- Me taxam de preconceituoso, eu sendo gay. Disseram que eu tenho preconceito com negro, minha mãe sendo negra. Sabe o que é mais f**a? Como é que existe tanta gente do mal assim, que ainda tem seguidor? Sabe o que é que me levanta? Saber que o Senhor me honra desse jeito. Há dois anos eu divulguei esse cara [Paulo, um dos fundadores do projeto] e olha que impressionante.

Ele continuou, dizendo que o comentário sobre o morador de rua era para ser um elogio:

- Me criticaram porque eu filmei o mendigo, elogiando o mendigo, dizendo que eu estava comparando com o Brasil quando eu não comparei p***a nenhuma, só achei o cara bonitão, parecia um ator. E vocês não sabiam desse projeto que a gente não ajudava por trás.

Enquanto filmava Paulo ao lado de uma das mulheres que foram ajudadas pelo projeto, Carlinhos finalizou o desabafo dizendo que preferia perder todos os seus seguidores e sua fama se não pudesse mais fazer o bem:

- Parece que fazer o bem é um crime no país que a gente mora. Eu poderia estar todos os dias aqui, ganhando dinheiro, fazendo propaganda, porque todos os dias me aparece. Mas não, eu tô sempre divulgando pessoas. Sabe como é? Chega uma hora que cansa. Só um desabafo mesmo. Chega uma hora que cansa de você fazer o bem e ter uma equipe de gente ruim usando seu nome pra te destruir. Vocês vão dizer que é marketing, mas se eu não estiver satisfeito com isso aqui que eu faço, tira esse monte de números, pode tirar, Deus. Não quero isso pra minha vida, parem de me seguir. Porque eu não vou deixar de ser do bem, enquanto um monte de gente que não faz nada por ninguém dizendo que eu sou ruim.

Eita! E aí, o que achou do desabafo?



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Carlinhos Maia desabafa após ser criticado por filmar morador de rua: Parece que fazer o bem é um crime


12/07/2019 | 16:10


A viagem de Carlinhos Maia pelos Estados Unidos está dando o que falar! Depois de seu marido, Lucas Guimarães, ser expulso da Disney por usar uma bermuda com uma estampa inapropriada, o humorista foi criticado na web após exibir um morador de rua sem seu consentimento, e chamá-lo de ator.

Para rebater as críticas, Carlinhos mostrou, em seu Instagram Stories, o projeto Soulphia, que ajuda mulheres em situação de vulnerabilidade nos Estados Unidos, e do qual o humorista é padrinho há dois anos. Ele falou sobre como as pessoas só focam em criticá-lo, enquanto ele está fazendo o bem:

- Me taxam de preconceituoso, eu sendo gay. Disseram que eu tenho preconceito com negro, minha mãe sendo negra. Sabe o que é mais f**a? Como é que existe tanta gente do mal assim, que ainda tem seguidor? Sabe o que é que me levanta? Saber que o Senhor me honra desse jeito. Há dois anos eu divulguei esse cara [Paulo, um dos fundadores do projeto] e olha que impressionante.

Ele continuou, dizendo que o comentário sobre o morador de rua era para ser um elogio:

- Me criticaram porque eu filmei o mendigo, elogiando o mendigo, dizendo que eu estava comparando com o Brasil quando eu não comparei p***a nenhuma, só achei o cara bonitão, parecia um ator. E vocês não sabiam desse projeto que a gente não ajudava por trás.

Enquanto filmava Paulo ao lado de uma das mulheres que foram ajudadas pelo projeto, Carlinhos finalizou o desabafo dizendo que preferia perder todos os seus seguidores e sua fama se não pudesse mais fazer o bem:

- Parece que fazer o bem é um crime no país que a gente mora. Eu poderia estar todos os dias aqui, ganhando dinheiro, fazendo propaganda, porque todos os dias me aparece. Mas não, eu tô sempre divulgando pessoas. Sabe como é? Chega uma hora que cansa. Só um desabafo mesmo. Chega uma hora que cansa de você fazer o bem e ter uma equipe de gente ruim usando seu nome pra te destruir. Vocês vão dizer que é marketing, mas se eu não estiver satisfeito com isso aqui que eu faço, tira esse monte de números, pode tirar, Deus. Não quero isso pra minha vida, parem de me seguir. Porque eu não vou deixar de ser do bem, enquanto um monte de gente que não faz nada por ninguém dizendo que eu sou ruim.

Eita! E aí, o que achou do desabafo?

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;