Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Superávit comercial da China cresce para US$ 50,98 bi em junho



12/07/2019 | 09:47


O superávit comercial da China se expandiu acentuadamente de US$ 41,65 bilhões em maio para US$ 50,98 bilhões, informou nesta sexta-feira a Administração Geral Alfandegária do país, muito além da previsão de virtual estabilidade em US$ 42 bilhões feita por analistas consultados pelo Wall Street Journal.

As importações da China caíram 7,3% na comparação anual de junho contabilizada em dólares, muito mais que a projeção de redução em 3,8%, mas desacelerando em relação à baixa anual de 8,5% em maio.

Já as exportações chinesas cederam 1,3% anualmente no mês passado, após terem crescido 1,1% em maio. A expectativa para junho era de recuo de 2,0%.

Contabilizadas em yuans, as exportações chinesas cresceram 6,1% anualmente em junho, desacelerando da alta de 7,7% em maio, enquanto as importações desceram 0,4% no mês passado em relação a junho de 2018, menos que a queda de 2,5% em maio.

Olhando apenas para a balança com os Estados Unidos, o superávit comercial da China passou de US$ 26,90 bilhões em maio para US$ 29,92 bilhões em junho, uma alta de 11,2%.

Já no período dos seis primeiros meses do ano, o saldo na balança entre as duas maiores economias ficou positiva para os chineses em 140,5 bilhões.

A aceleração em junho em relação ao mês anterior foi registrada mesmo com o aumento pelos EUA de 10% para 25% da alíquota das tarifas sobre US$ 200 bilhões em bens importados chineses e, como retaliação, da entrada em vigor por imposição de Pequim de cobranças adicionais de 25% sobre US$ 60 bilhões em importações americanas.

Na comparação anual de junho, contudo, os dados da China mostram uma contração de 8,1% das exportações para os EUA e de 29,9% das importações de bens americanos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Superávit comercial da China cresce para US$ 50,98 bi em junho


12/07/2019 | 09:47


O superávit comercial da China se expandiu acentuadamente de US$ 41,65 bilhões em maio para US$ 50,98 bilhões, informou nesta sexta-feira a Administração Geral Alfandegária do país, muito além da previsão de virtual estabilidade em US$ 42 bilhões feita por analistas consultados pelo Wall Street Journal.

As importações da China caíram 7,3% na comparação anual de junho contabilizada em dólares, muito mais que a projeção de redução em 3,8%, mas desacelerando em relação à baixa anual de 8,5% em maio.

Já as exportações chinesas cederam 1,3% anualmente no mês passado, após terem crescido 1,1% em maio. A expectativa para junho era de recuo de 2,0%.

Contabilizadas em yuans, as exportações chinesas cresceram 6,1% anualmente em junho, desacelerando da alta de 7,7% em maio, enquanto as importações desceram 0,4% no mês passado em relação a junho de 2018, menos que a queda de 2,5% em maio.

Olhando apenas para a balança com os Estados Unidos, o superávit comercial da China passou de US$ 26,90 bilhões em maio para US$ 29,92 bilhões em junho, uma alta de 11,2%.

Já no período dos seis primeiros meses do ano, o saldo na balança entre as duas maiores economias ficou positiva para os chineses em 140,5 bilhões.

A aceleração em junho em relação ao mês anterior foi registrada mesmo com o aumento pelos EUA de 10% para 25% da alíquota das tarifas sobre US$ 200 bilhões em bens importados chineses e, como retaliação, da entrada em vigor por imposição de Pequim de cobranças adicionais de 25% sobre US$ 60 bilhões em importações americanas.

Na comparação anual de junho, contudo, os dados da China mostram uma contração de 8,1% das exportações para os EUA e de 29,9% das importações de bens americanos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;