Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

China pede que os EUA removam sanções contra a Huawei

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


11/07/2019 | 08:17


O Ministério do Comércio da China pediu nesta quinta-feira, 11, ao governo dos Estados Unidos a remoção das sanções contra a Huawei Technologies e outras empresas chinesas assim que possível, enquanto Pequim e Washington se preparam para reiniciar as negociações comerciais.

O secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, disse na Terça-feira (9) que o governo concederá licenças a empresas americanas para vender à Huawei, desde que a segurança nacional não esteja em risco. No entanto, ele disse que a gigante de telecomunicações chinesa permanecerá na "lista de entidades" do Departamento de Comércio, o que significa que as empresas que desejam vender tecnologia de origem americana para ela devem primeiro solicitar uma licença.

Em uma coletiva de imprensa na quinta-feira, o porta-voz do Ministério do Comércio da China, Gao Feng, disse que as negociações serão retomadas após um acordo entre os líderes dos dois países. Ele, contudo, não deu um prazo para isso. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

China pede que os EUA removam sanções contra a Huawei


11/07/2019 | 08:17


O Ministério do Comércio da China pediu nesta quinta-feira, 11, ao governo dos Estados Unidos a remoção das sanções contra a Huawei Technologies e outras empresas chinesas assim que possível, enquanto Pequim e Washington se preparam para reiniciar as negociações comerciais.

O secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, disse na Terça-feira (9) que o governo concederá licenças a empresas americanas para vender à Huawei, desde que a segurança nacional não esteja em risco. No entanto, ele disse que a gigante de telecomunicações chinesa permanecerá na "lista de entidades" do Departamento de Comércio, o que significa que as empresas que desejam vender tecnologia de origem americana para ela devem primeiro solicitar uma licença.

Em uma coletiva de imprensa na quinta-feira, o porta-voz do Ministério do Comércio da China, Gao Feng, disse que as negociações serão retomadas após um acordo entre os líderes dos dois países. Ele, contudo, não deu um prazo para isso. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;