Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Suspeito de atirar contra PMs na zona sul de SP se entrega



02/07/2019 | 13:28


O homem suspeito de atirar contra policiais militares em um prédio na Vila Clementino, bairro da zona sul de São Paulo, se entregou nesta segunda-feira, 1º, à polícia. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a apresentação de Renato Alves foi negociada com o advogado dele.

Alves se apresentou no 96º DP (Brooklin) e depôs no 16º DP (Vila Clementino). Depois, foi levado à carceragem do 2º DP (Bom Retiro). Segundo a SSP, a arma de fogo usada no crime foi localizada e apreendida.

No último dia 24 de junho, a polícia foi acionada para conter uma briga entre o suspeito e um vizinho por causa da venda de um carro. Ele escapou depois de atirar, da sacada do apartamento onde estava, contra dois PMs. As buscas duraram cerca de oito horas sem que o suspeito fosse localizado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Suspeito de atirar contra PMs na zona sul de SP se entrega


02/07/2019 | 13:28


O homem suspeito de atirar contra policiais militares em um prédio na Vila Clementino, bairro da zona sul de São Paulo, se entregou nesta segunda-feira, 1º, à polícia. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a apresentação de Renato Alves foi negociada com o advogado dele.

Alves se apresentou no 96º DP (Brooklin) e depôs no 16º DP (Vila Clementino). Depois, foi levado à carceragem do 2º DP (Bom Retiro). Segundo a SSP, a arma de fogo usada no crime foi localizada e apreendida.

No último dia 24 de junho, a polícia foi acionada para conter uma briga entre o suspeito e um vizinho por causa da venda de um carro. Ele escapou depois de atirar, da sacada do apartamento onde estava, contra dois PMs. As buscas duraram cerca de oito horas sem que o suspeito fosse localizado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;