Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Trabalho voluntário no currículo


Lucas Nogueira
Diretor de recrutamento da Robert Half

25/06/2019 | 07:27


Vez ou outra, profissionais me perguntam se devem mencionar no currículo trabalhos voluntários que participaram. Sem dúvida, trata-se de atividade muito importante. Alguns empregadores, inclusive, utilizam a informação como forma de avaliar valores do candidato e preocupação deles com o outro e o coletivo. O dado só deve ficar de fora do documento caso seja o responsável por ultrapassar o tamanho ideal do currículo, ou seja, duas páginas. Mas, neste caso, não deixe de mencionar a informação na entrevista. Veja cinco casos em que colocar trabalho voluntário no currículo é especialmente válido:

1 – O candidato está buscando vaga no terceiro setor

Nestes casos, a cultura organizacional da companhia para a qual está se candidatando certamente demonstra enorme preocupação com o outro, doando seu tempo e dedicação para isso.

2 – A atividade agrega conhecimento para sua carreira, cargo atual ou àquele que pleiteia

Por exemplo, se você é da área de finanças e auxiliou uma ONG nas rotinas de contas a pagar e a receber é de extrema importância que a informação esteja currículo. Mostrar experiência dentro do mercado que irá atuar é sempre positivo.

3 – A empresa na qual você participa do processo seletivo desenvolve atividades voluntárias ou projetos sociais

Neste caso, é sempre bom demonstrar que você está alinhado com a cultura da empresa, pois existe a tendência de que o empregador, por valorizar ações sociais, priorize a escolha de candidatos com os mesmos propósitos.

4 – Existe uma lacuna em seu currículo

Se você passou algum tempo longe do mundo corporativo por estar realizando um trabalho voluntário, não tenha receio de mencionar a informação. Atualmente é muito comum o intercâmbio voluntário, no qual pessoas passam meses em outros países para ajudar em ações sociais e as empresas estão cientes desse movimento.

5 – Você está no início de sua carreira

Se você está começando sua vida profissional e tem experiência com voluntariado, isso pode te ajudar com a falta de vivência em sua área de atuação. Afinal, neste tipo de trabalho você desenvolve muitas competências.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trabalho voluntário no currículo

Lucas Nogueira
Diretor de recrutamento da Robert Half

25/06/2019 | 07:27


Vez ou outra, profissionais me perguntam se devem mencionar no currículo trabalhos voluntários que participaram. Sem dúvida, trata-se de atividade muito importante. Alguns empregadores, inclusive, utilizam a informação como forma de avaliar valores do candidato e preocupação deles com o outro e o coletivo. O dado só deve ficar de fora do documento caso seja o responsável por ultrapassar o tamanho ideal do currículo, ou seja, duas páginas. Mas, neste caso, não deixe de mencionar a informação na entrevista. Veja cinco casos em que colocar trabalho voluntário no currículo é especialmente válido:

1 – O candidato está buscando vaga no terceiro setor

Nestes casos, a cultura organizacional da companhia para a qual está se candidatando certamente demonstra enorme preocupação com o outro, doando seu tempo e dedicação para isso.

2 – A atividade agrega conhecimento para sua carreira, cargo atual ou àquele que pleiteia

Por exemplo, se você é da área de finanças e auxiliou uma ONG nas rotinas de contas a pagar e a receber é de extrema importância que a informação esteja currículo. Mostrar experiência dentro do mercado que irá atuar é sempre positivo.

3 – A empresa na qual você participa do processo seletivo desenvolve atividades voluntárias ou projetos sociais

Neste caso, é sempre bom demonstrar que você está alinhado com a cultura da empresa, pois existe a tendência de que o empregador, por valorizar ações sociais, priorize a escolha de candidatos com os mesmos propósitos.

4 – Existe uma lacuna em seu currículo

Se você passou algum tempo longe do mundo corporativo por estar realizando um trabalho voluntário, não tenha receio de mencionar a informação. Atualmente é muito comum o intercâmbio voluntário, no qual pessoas passam meses em outros países para ajudar em ações sociais e as empresas estão cientes desse movimento.

5 – Você está no início de sua carreira

Se você está começando sua vida profissional e tem experiência com voluntariado, isso pode te ajudar com a falta de vivência em sua área de atuação. Afinal, neste tipo de trabalho você desenvolve muitas competências.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;