Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula manda recado para governadores descontentes



01/02/2007 | 00:01


No primeiro evento do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) – a assinatura de um contrato de financiamento de R$ 2,47 bilhões para a construção de dez navios-tanque –, o presidente Lula mandou ontem um recado aos governadores: julga que a partilha da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) não é a questão principal no momento e sugere aos descontentes com seu programa de investimentos que façam projetos próprios.

“Essa não é a discussão principal. A discussão principal é colocar o PAC para funcionar”, disse Lula, ao ser indagado por jornalistas sobre a partilha da CPMF. As declarações foram dadas logo após evento realizado no Porto de Suape, na divisa dos municípios de Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca, a 50 quilômetros do Recife.

“As obras que estão no PAC não são de interesse do presidente da República, mas dos Estados. Eu sugiro que cada governador crie um PAC para o seu Estado, que cada prefeito crie um PAC para o seu município. Aí, a gente vai ter uma combinação de obras”.

Lula disse ainda acreditar que “divergência sobre determinados pontos é irrelevante diante da grandeza da decisão e do montante de recursos previstos”. No total, o PAC prevê R$ 503,9 bilhões em investimentos públicos e privados até 2010.

Desde o lançamento do Programa, no dia 22, vários governadores têm se queixado da ausência de importantes obras para seus Estados e pleiteado uma série de medidas para apoiar o projeto de Lula. Entre as demandas dos governadores estão o alongamento da dívida com a União e o repasse do governo federal de 20% da CPMF para os Estados e 10% para os municípios.

Ao falar sobre o projeto que espera ser “a menina dos olhos” de seu segundo mandato, o presidente disse duvidar da existência de oposição ao programa. “Não acredito que tenha qualquer cidadão brasileiro contra o PAC”, afirmou.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;