Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bento XVI receberá delegação judia


Da AFP

08/06/2005 | 13:10


O papa Bento XVI receberá nesta quinta-feira, no Vaticano, uma delegação integrada por representantes das principais organizações judaicas do mundo.O cardeal Walter Kasper, presidente da Comissão da Santa Sé para as relações religiosas com o judaísmo, participará desta audiência privada.

Em 27 de outubro de 2005, outra delegação judia participará da comemoração do 40º aniversário do texto do Concílio Vaticano II, "Nostra Aetate", para associar-se à reflexão sobre o que foi realizado durante estes anos em favor do conhecimento recíproco, a compreensão mútua e o diálogo.

A declaração "Nostra Aetate", adotada em 1965 pelo Concílio Vaticano II, rompeu definitivamente com "o ensino do desprezo" aos judeus difundido pela Igreja Católica durante quase 2 mil anos e destacou o vínculo que une os judeus aos cristãos, convidando-os ao diálogo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bento XVI receberá delegação judia

Da AFP

08/06/2005 | 13:10


O papa Bento XVI receberá nesta quinta-feira, no Vaticano, uma delegação integrada por representantes das principais organizações judaicas do mundo.O cardeal Walter Kasper, presidente da Comissão da Santa Sé para as relações religiosas com o judaísmo, participará desta audiência privada.

Em 27 de outubro de 2005, outra delegação judia participará da comemoração do 40º aniversário do texto do Concílio Vaticano II, "Nostra Aetate", para associar-se à reflexão sobre o que foi realizado durante estes anos em favor do conhecimento recíproco, a compreensão mútua e o diálogo.

A declaração "Nostra Aetate", adotada em 1965 pelo Concílio Vaticano II, rompeu definitivamente com "o ensino do desprezo" aos judeus difundido pela Igreja Católica durante quase 2 mil anos e destacou o vínculo que une os judeus aos cristãos, convidando-os ao diálogo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;