Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Putin é eleito presidente da Rússia no primeiro turno


Do Diário do Grande ABC

27/03/2000 | 09:05


O ex-agente da KGB, Vladimir Putin, 47 anos, foi eleito este domingo presidente da Rússia, no primeiro turno da votaçao, com mais de 52% dos votos, anunciou esta segunda-feira a comissao eleitoral, depois da contagem de mais de 94% dos votos.

``Podemos dizer que Putin foi eleito presidente, segundo dados provisórios. Nao haverá mudanças substanciais no resultado dos candidatos. O resultado poderia mudar, no máximo, em 0,5%'', declarou o presidente da comissao, Alexander Vechniakov.

Vladimir Putin obteve 52,52% dos votos, o comunista Guennadi Ziuganov chega em segundo lugar com 29,44%, seguido pelo liberal Grigori Iavlinski com 5,85%, segundo os resultados oficiais provisórios.

A participaçao foi de 68,86%, ou seja, um índice normal para uma eleiçao presidencial na Rússia. O número total de eleitores na Rússia é de 108 milhoes.

Com 52,52% dos votos, segundo os últimos resultados, o ex-agente da KGB supera a votaçao obtida por Yeltsin, que conseguiu apenas 35,28 % no primeiro turno, em junho de 1996, contra 32,03% para Guennadi Ziuganov. O ex-presidente ganhou no segundo turno, com 53,83% contra 40,31% para Guennadi Ziuganov.

Ziuganov denunciou violaçoes à lei eleitoral, mas os observadores internacionais enviados à Rússia nao fizeram qualquer comentário negativo. No entanto, na Chechênia, foi constatado que os militares pressionavam os civis para ir à votaçao e que um eleitor pôde votar por dez pessoas, em algumas seçoes eleitorais.

Em duas repúblicas russas vizinhas à Chechênia, a Inguchétia e o Daguestao, Vladimir Putin obteve 84,09% e 71,44% dos votos, segundo os últimos resultados.

Por sua vez, Iavlinski denunciou ``uma uniao estratégica entre os comunistas e Putin''. Na segunda-feira pela manha, Vladimir Putin declarou que se sua eleiçao ao cargo de presidente fosse definitivamente confirmada, poderia convidar seus opositores políticos a compor o governo. A noite, Putin deu uma breve entrevista à imprensa, quando sua vitória ainda nao estava confirmada. ``Muitos liberais votaram em Putin, pois pela primeira vez, na Rússia, Putin uniu liberalismo e patriotismo'', comentou no domingo à noite um especialista.

Defendendo um Estado forte e usando a bandeira do nacionalismo, Vladimir Putin - que fez da luta contra a pobreza uma de suas prioridades - também conseguiu votos entre os comunistas. Putin obteve um bom resultado em sua cidade natal, Sao Petersburgo, com mais de 62% dos votos, segundo resultados parciais publicados à noite. Também ganhou dentro do exército, obtendo mais de 80% dos votos, entre os 1,2 milhoes de militares, segundo a agência Itar-Tass, com um recorde de 98% dos votos entre os militares mobilizados na Chechênia.

Chefe dos serviços de segurança (FSB, ex-KGB) e quase desconhecido em agosto passado, quando foi nomeado Primeiro-Ministro, Vladimir Putin conquistou sua popularidade com a guerra da Chechênia, que praticamente garantiu sua vitória.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Putin é eleito presidente da Rússia no primeiro turno

Do Diário do Grande ABC

27/03/2000 | 09:05


O ex-agente da KGB, Vladimir Putin, 47 anos, foi eleito este domingo presidente da Rússia, no primeiro turno da votaçao, com mais de 52% dos votos, anunciou esta segunda-feira a comissao eleitoral, depois da contagem de mais de 94% dos votos.

``Podemos dizer que Putin foi eleito presidente, segundo dados provisórios. Nao haverá mudanças substanciais no resultado dos candidatos. O resultado poderia mudar, no máximo, em 0,5%'', declarou o presidente da comissao, Alexander Vechniakov.

Vladimir Putin obteve 52,52% dos votos, o comunista Guennadi Ziuganov chega em segundo lugar com 29,44%, seguido pelo liberal Grigori Iavlinski com 5,85%, segundo os resultados oficiais provisórios.

A participaçao foi de 68,86%, ou seja, um índice normal para uma eleiçao presidencial na Rússia. O número total de eleitores na Rússia é de 108 milhoes.

Com 52,52% dos votos, segundo os últimos resultados, o ex-agente da KGB supera a votaçao obtida por Yeltsin, que conseguiu apenas 35,28 % no primeiro turno, em junho de 1996, contra 32,03% para Guennadi Ziuganov. O ex-presidente ganhou no segundo turno, com 53,83% contra 40,31% para Guennadi Ziuganov.

Ziuganov denunciou violaçoes à lei eleitoral, mas os observadores internacionais enviados à Rússia nao fizeram qualquer comentário negativo. No entanto, na Chechênia, foi constatado que os militares pressionavam os civis para ir à votaçao e que um eleitor pôde votar por dez pessoas, em algumas seçoes eleitorais.

Em duas repúblicas russas vizinhas à Chechênia, a Inguchétia e o Daguestao, Vladimir Putin obteve 84,09% e 71,44% dos votos, segundo os últimos resultados.

Por sua vez, Iavlinski denunciou ``uma uniao estratégica entre os comunistas e Putin''. Na segunda-feira pela manha, Vladimir Putin declarou que se sua eleiçao ao cargo de presidente fosse definitivamente confirmada, poderia convidar seus opositores políticos a compor o governo. A noite, Putin deu uma breve entrevista à imprensa, quando sua vitória ainda nao estava confirmada. ``Muitos liberais votaram em Putin, pois pela primeira vez, na Rússia, Putin uniu liberalismo e patriotismo'', comentou no domingo à noite um especialista.

Defendendo um Estado forte e usando a bandeira do nacionalismo, Vladimir Putin - que fez da luta contra a pobreza uma de suas prioridades - também conseguiu votos entre os comunistas. Putin obteve um bom resultado em sua cidade natal, Sao Petersburgo, com mais de 62% dos votos, segundo resultados parciais publicados à noite. Também ganhou dentro do exército, obtendo mais de 80% dos votos, entre os 1,2 milhoes de militares, segundo a agência Itar-Tass, com um recorde de 98% dos votos entre os militares mobilizados na Chechênia.

Chefe dos serviços de segurança (FSB, ex-KGB) e quase desconhecido em agosto passado, quando foi nomeado Primeiro-Ministro, Vladimir Putin conquistou sua popularidade com a guerra da Chechênia, que praticamente garantiu sua vitória.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;