Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

'Tenho fé em Deus que no domingo vamos classificar', diz Armani, herói argentino



20/06/2019 | 00:05


Autor da defesa salvadora na cobrança do pênalti batido por Derlis González pouco depois de Messi ter empatado o jogo para a Argentina, nesta quarta-feira à noite, no Mineirão, em Belo Horizonte, o goleiro Armani acabou se tornando o herói do confronto no qual garantiu o empate por 1 a 1 com o Paraguai pela segunda rodada do Grupo B da Copa América.

Após a partida, ainda no gramado, ele festejou o fato de que conseguiu parar o meia-atacante paraguaio com uma bela defesa na cobrança do jogador do Santos. "Nós sempre estudamos o adversário, os jogadores que nós enfrentamos, e tinha uma ideia de onde ele poderia bater", destacou o goleiro, que em seguida exibiu confiança de que a Argentina vai superar o Catar no próximo domingo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e consequentemente assegurar classificação às quartas de final da competição.

"Tenho fé em Deus que no domingo nós vamos conseguir ganhar e nos classificar. O pênalti foi muito importante, algo determinante para nós", comemorou o atleta, que antes de agarrar uma penalidade falhou feio em um lance no primeiro tempo ao errar uma saída de bola e depois fazer uma dura falta em Derlis González que lhe rendeu um cartão amarelo.

Outro que falou na saída do gramado após o jogo desta quarta-feira foi o atacante Lautaro Martínez, que participou da jogada que resultou no pênalti marcado pelo árbitro brasileiro Wilton Sampaio no início segundo tempo, quando o juiz só confirmou a penalidade após recorrer ao VAR (arbitragem de vídeo).

"O primeiro tempo nós começamos com o domínio da bola e depois eles (paraguaios) fizeram o gol. E eles fizeram o gol na primeira chegada em que se aproximaram da nossa defesa, mas depois nós conseguimos nos organizar no segundo tempo e, com a entrada de outro jogador no ataque (Agüero), nós melhoramos e conseguimos o empate. Melhoramos em relação ao primeiro jogo", analisou o atleta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Tenho fé em Deus que no domingo vamos classificar', diz Armani, herói argentino


20/06/2019 | 00:05


Autor da defesa salvadora na cobrança do pênalti batido por Derlis González pouco depois de Messi ter empatado o jogo para a Argentina, nesta quarta-feira à noite, no Mineirão, em Belo Horizonte, o goleiro Armani acabou se tornando o herói do confronto no qual garantiu o empate por 1 a 1 com o Paraguai pela segunda rodada do Grupo B da Copa América.

Após a partida, ainda no gramado, ele festejou o fato de que conseguiu parar o meia-atacante paraguaio com uma bela defesa na cobrança do jogador do Santos. "Nós sempre estudamos o adversário, os jogadores que nós enfrentamos, e tinha uma ideia de onde ele poderia bater", destacou o goleiro, que em seguida exibiu confiança de que a Argentina vai superar o Catar no próximo domingo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e consequentemente assegurar classificação às quartas de final da competição.

"Tenho fé em Deus que no domingo nós vamos conseguir ganhar e nos classificar. O pênalti foi muito importante, algo determinante para nós", comemorou o atleta, que antes de agarrar uma penalidade falhou feio em um lance no primeiro tempo ao errar uma saída de bola e depois fazer uma dura falta em Derlis González que lhe rendeu um cartão amarelo.

Outro que falou na saída do gramado após o jogo desta quarta-feira foi o atacante Lautaro Martínez, que participou da jogada que resultou no pênalti marcado pelo árbitro brasileiro Wilton Sampaio no início segundo tempo, quando o juiz só confirmou a penalidade após recorrer ao VAR (arbitragem de vídeo).

"O primeiro tempo nós começamos com o domínio da bola e depois eles (paraguaios) fizeram o gol. E eles fizeram o gol na primeira chegada em que se aproximaram da nossa defesa, mas depois nós conseguimos nos organizar no segundo tempo e, com a entrada de outro jogador no ataque (Agüero), nós melhoramos e conseguimos o empate. Melhoramos em relação ao primeiro jogo", analisou o atleta.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;