Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Moro diz na CCJ ser necessária revisão da legislação sobre ataques cibernéticos

Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ele classificou ataque como invasão criminosa e disse que País precisa avançar em segurança cibernética



19/06/2019 | 13:21


Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado para explicar supostas mensagens trocadas com procuradores da Lava Jato enquanto era juiz federal, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse que o Brasil precisa avançar na área de segurança cibernética.

Moro, que classificou o caso como uma invasão criminosa, disse ser necessária uma revisão da legislação em relação a ataques cibernéticos, mostrando insatisfação com o tamanho da pena aplicada a esses crimes. "Nossa legislação prevê para esse ato de invasão penas extremamente reduzidas, não tendo efeito preventivo suficiente para esse tipo de ataque", disse o ministro.

Presidente da CCJ, a senadora Simone Tebet fez um aparte para afirmar que o Brasil tem avançado em relação ao tema, "embora tardiamente". Segundo ela, se encontra para ser votado na semana que vem no plenário do Senado um projeto de emenda constitucional que transforma proteção de dados como direto fundamental do cidadão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moro diz na CCJ ser necessária revisão da legislação sobre ataques cibernéticos

Ele classificou ataque como invasão criminosa e disse que País precisa avançar em segurança cibernética


19/06/2019 | 13:21


Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado para explicar supostas mensagens trocadas com procuradores da Lava Jato enquanto era juiz federal, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse que o Brasil precisa avançar na área de segurança cibernética.

Moro, que classificou o caso como uma invasão criminosa, disse ser necessária uma revisão da legislação em relação a ataques cibernéticos, mostrando insatisfação com o tamanho da pena aplicada a esses crimes. "Nossa legislação prevê para esse ato de invasão penas extremamente reduzidas, não tendo efeito preventivo suficiente para esse tipo de ataque", disse o ministro.

Presidente da CCJ, a senadora Simone Tebet fez um aparte para afirmar que o Brasil tem avançado em relação ao tema, "embora tardiamente". Segundo ela, se encontra para ser votado na semana que vem no plenário do Senado um projeto de emenda constitucional que transforma proteção de dados como direto fundamental do cidadão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;