Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Após polêmica, Ponte Preta admite salários atrasados



18/06/2019 | 20:57


Um áudio vazado atribuído ao meia Alex Maranhão falando sobre salários atrasados na Ponte Preta mexeu com os bastidores do Moisés Lucarelli nesta terça-feira. O áudio relata que o elenco ainda não recebeu os pagamentos referentes aos meses de abril e maio.

O clube admitiu que tem pendências, mas de apenas um mês. A diretoria, inclusive, teria avisado os jogadores sobre esse atraso e espera fazer o pagamento dos salários até a próxima sexta-feira.

Nas redes sociais, a Ponte Preta fez duas postagens, com o zagueiro Renan Fonseca e o atacante Roger - líderes do elenco -, para deixar claro que o elenco está sabendo das dificuldades financeiras que o clube vem passando.

"Nós confiamos na diretoria, que tem se mostrada empenhada em resolver as questões financeiras do clube e tem trabalhado muito por isso. Nos apresentaremos no dia 24, temos um compromisso com a Ponte Preta e com o torcedor e vamos honrar, vamos passar por todas as dificuldades e colher os frutos juntos, no final", disse o capitão Renan Fonseca.

A diretoria vem trabalhando em busca de patrocinadores para colocar as contas em dia, mas vê na negociação dos seus pratas da casa - o goleiro Ivan e o lateral-esquerdo Abner - a principal saída para acabar com as dificuldades financeiras.

Sem perder desde a primeira rodada, a Ponte abre o G-4 da Série B, com 15 pontos. O próximo jogo será contra o Oeste, em Campinas, mas a data ainda não foi definida pela CBF.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após polêmica, Ponte Preta admite salários atrasados


18/06/2019 | 20:57


Um áudio vazado atribuído ao meia Alex Maranhão falando sobre salários atrasados na Ponte Preta mexeu com os bastidores do Moisés Lucarelli nesta terça-feira. O áudio relata que o elenco ainda não recebeu os pagamentos referentes aos meses de abril e maio.

O clube admitiu que tem pendências, mas de apenas um mês. A diretoria, inclusive, teria avisado os jogadores sobre esse atraso e espera fazer o pagamento dos salários até a próxima sexta-feira.

Nas redes sociais, a Ponte Preta fez duas postagens, com o zagueiro Renan Fonseca e o atacante Roger - líderes do elenco -, para deixar claro que o elenco está sabendo das dificuldades financeiras que o clube vem passando.

"Nós confiamos na diretoria, que tem se mostrada empenhada em resolver as questões financeiras do clube e tem trabalhado muito por isso. Nos apresentaremos no dia 24, temos um compromisso com a Ponte Preta e com o torcedor e vamos honrar, vamos passar por todas as dificuldades e colher os frutos juntos, no final", disse o capitão Renan Fonseca.

A diretoria vem trabalhando em busca de patrocinadores para colocar as contas em dia, mas vê na negociação dos seus pratas da casa - o goleiro Ivan e o lateral-esquerdo Abner - a principal saída para acabar com as dificuldades financeiras.

Sem perder desde a primeira rodada, a Ponte abre o G-4 da Série B, com 15 pontos. O próximo jogo será contra o Oeste, em Campinas, mas a data ainda não foi definida pela CBF.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;