Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 23 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Euphoria': Conselho de pais dos EUA pede fim da transmissão da série



18/06/2019 | 19:54


Um grupo de vigilância da mídia está pedindo que a empresa AT&T, que controla a HBO, pare de transmitir a série Euphoria, que estreou no último domingo, 16, no canal de televisão. O pedido foi feito antes mesmo de a produção ir ao ar.

Criada por Sam Levinson, a produção segue um grupo de estudantes do ensino médio "enquanto eles navegam em amor e amizades em um mundo de drogas, sexo, trauma e mídias sociais", diz a descrição oficial.

Por conta disso, o presidente do Conselho Parental de Televisão dos Estados Unidos, Tim Winter, alertou em um comunicado à imprensa que a "HBO, com seu novo programa centrado no ensino médio Euphoria, parece estar publicamente, intencionalmente comercializando conteúdo adulto extremamente gráfico - sexo, violência, profanação e uso de drogas - aos adolescentes e pré-adolescentes".

Em entrevista à Fox News, ele disse que, apesar de a HBO ter dito que o programa era para adultos, esse conceito "foi totalmente refutado porque Levinson disse que 'os pais vão pirar com esse programa'. Essa é uma demonstração de quem ele está mirando com essa série. A HBO agora está comercializando internacionalmente esse conteúdo para crianças".

A série tem sido duramente criticada por quem considera seu conteúdo muito explícito para o público adolescente. De fato, a produção pode ser perturbadora, tanto que a protagonista Zendaya publicou um comunicado em seu perfil no Instagram alertando os telespectadores interessados na série. O presidente de programação da HBO, Casey Bloys, havia dito que "Euphoria não é para todos".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Euphoria': Conselho de pais dos EUA pede fim da transmissão da série


18/06/2019 | 19:54


Um grupo de vigilância da mídia está pedindo que a empresa AT&T, que controla a HBO, pare de transmitir a série Euphoria, que estreou no último domingo, 16, no canal de televisão. O pedido foi feito antes mesmo de a produção ir ao ar.

Criada por Sam Levinson, a produção segue um grupo de estudantes do ensino médio "enquanto eles navegam em amor e amizades em um mundo de drogas, sexo, trauma e mídias sociais", diz a descrição oficial.

Por conta disso, o presidente do Conselho Parental de Televisão dos Estados Unidos, Tim Winter, alertou em um comunicado à imprensa que a "HBO, com seu novo programa centrado no ensino médio Euphoria, parece estar publicamente, intencionalmente comercializando conteúdo adulto extremamente gráfico - sexo, violência, profanação e uso de drogas - aos adolescentes e pré-adolescentes".

Em entrevista à Fox News, ele disse que, apesar de a HBO ter dito que o programa era para adultos, esse conceito "foi totalmente refutado porque Levinson disse que 'os pais vão pirar com esse programa'. Essa é uma demonstração de quem ele está mirando com essa série. A HBO agora está comercializando internacionalmente esse conteúdo para crianças".

A série tem sido duramente criticada por quem considera seu conteúdo muito explícito para o público adolescente. De fato, a produção pode ser perturbadora, tanto que a protagonista Zendaya publicou um comunicado em seu perfil no Instagram alertando os telespectadores interessados na série. O presidente de programação da HBO, Casey Bloys, havia dito que "Euphoria não é para todos".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;