Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Momento oportuno


Do Diário do Grande ABC

18/06/2019 | 13:35


No momento em que se aproxima o dia 30 de junho, data estipulada pelo governador do Estado para anunciar o modal que será adotado para construção da Linha 18-Bronze, é bom saber que lideranças do Grande ABC se unem e marcam posição em defesa do projeto original, de 2014, que prevê ligar a região à Capital por sistema de transporte sobre trilhos. É isso o que deseja a população das sete cidades, que espera ver cumprida promessa feita e repetida já há anos por governadores de plantão.

Qual seja, que os moradores daquela que é considerada a ‘melhor esquina do País’ – como dizia Geraldo Alckmin – finalmente possam contar com o Metrô, sistema eficiente e de qualidade no transporte de massa. Não pode o governador ignorar o apelo que nasce no seio de uma região que é a quarta maior produtora de riquezas do País e optar pelo BRT – na prática um corredor de ônibus –, alternativa que está em estudo no Palácio dos Bandeirantes.

Não por acaso, o lançamento de frente parlamentar em defesa dos interesses do Grande ABC, ontem à noite na sede do Consórcio Intermunicipal, se transformou em caixa de ressonância dos pedidos pelo Metrô. Lá estavam prefeitos, deputados estaduais e federal e 46 vereadores, além de lideranças políticas de vários espectros e da sociedade civil organizada. A união tem objetivo claro e imediato: mobilizar a região para pressionar o governo a respeitar o projeto original.

Faltam poucos dias para que o veredicto seja anunciado. De modo que não há tempo a perder, e quanto maior a mobilização, maior será o poder de pressão, inclusive para lembrar ao hoje governador João Doria que durante a campanha ele bancou a chegada do Metrô ao Grande ABC.

A obra deveria ter sido concluída ano passado, conforme o cronograma definido quando da assinatura do contrato, em 2014. Problemas financeiros teriam emperrado o projeto, mas é preciso encontrar caminhos para cumprir promessas e honrar compromissos. É isso que se espera de bons gestores. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Momento oportuno

Do Diário do Grande ABC

18/06/2019 | 13:35


No momento em que se aproxima o dia 30 de junho, data estipulada pelo governador do Estado para anunciar o modal que será adotado para construção da Linha 18-Bronze, é bom saber que lideranças do Grande ABC se unem e marcam posição em defesa do projeto original, de 2014, que prevê ligar a região à Capital por sistema de transporte sobre trilhos. É isso o que deseja a população das sete cidades, que espera ver cumprida promessa feita e repetida já há anos por governadores de plantão.

Qual seja, que os moradores daquela que é considerada a ‘melhor esquina do País’ – como dizia Geraldo Alckmin – finalmente possam contar com o Metrô, sistema eficiente e de qualidade no transporte de massa. Não pode o governador ignorar o apelo que nasce no seio de uma região que é a quarta maior produtora de riquezas do País e optar pelo BRT – na prática um corredor de ônibus –, alternativa que está em estudo no Palácio dos Bandeirantes.

Não por acaso, o lançamento de frente parlamentar em defesa dos interesses do Grande ABC, ontem à noite na sede do Consórcio Intermunicipal, se transformou em caixa de ressonância dos pedidos pelo Metrô. Lá estavam prefeitos, deputados estaduais e federal e 46 vereadores, além de lideranças políticas de vários espectros e da sociedade civil organizada. A união tem objetivo claro e imediato: mobilizar a região para pressionar o governo a respeitar o projeto original.

Faltam poucos dias para que o veredicto seja anunciado. De modo que não há tempo a perder, e quanto maior a mobilização, maior será o poder de pressão, inclusive para lembrar ao hoje governador João Doria que durante a campanha ele bancou a chegada do Metrô ao Grande ABC.

A obra deveria ter sido concluída ano passado, conforme o cronograma definido quando da assinatura do contrato, em 2014. Problemas financeiros teriam emperrado o projeto, mas é preciso encontrar caminhos para cumprir promessas e honrar compromissos. É isso que se espera de bons gestores. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;