Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Instituída, frente defende Metrô para a Linha 18

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Bloco de deputados estaduais prega união pelo monotrilho para ligação com sistema metroviário


Fábio Martins
Do dgabc.com.br

18/06/2019 | 08:30


O lançamento da Frente Parlamentar em Apoio aos Municípios do Grande ABC reverberou pedido pelo Metrô na Linha 18-Bronze no momento em que o governo do Estado admite trocar o modal para BRT (sigla em inglês para ônibus de alta velocidade).

Coordenada pelo deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, a ala foi oficialmente instituída em evento no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, ontem à noite. O evento foi prestigiado por três prefeitos – Paulo Serra (PSDB), de Santo André, José Auricchio Júnior (PSDB), de São Caetano, e Gabriel Maranhão (Cidadania), de Rio Grande da Serra –, outros dois deputados estaduais – Teonilio Barba (PT) e Luiz Fernando Teixeira (PT), ambos de São Bernardo –, um deputado federal – Alex Manente (Cidadania), de São Bernardo – e por 46 vereadores, além de lideranças políticas e da sociedade civil organizada. O governo do Estado foi representado pelo secretário executivo de Habitação, o andreense Fernando Marangoni (DEM).

“A região é muito forte e, unida, eleva sua força para tirar coisas do papel. Fiz indicação por informações sobre a Linha 18 e está entre nossas principais prioridades da frente. Inclusive, a primeira reunião deverá acontecer em até 15 dias, antecipando o anúncio do governador (João Doria, PSDB)”, comentou Thiago.

O contrato para construção da Linha 18-Bronze, por monotrilho, foi assinado em 2014, com estimativa de quatro anos de obra ao custo de R$ 4,26 bilhões. Porém, empacou na fase de desapropriações – o Estado não conseguiu aval da União para contrair empréstimo para ultrapassar essa etapa. Ao assumir o Palácio dos Bandeirantes, o governador João Doria (PSDB) determinou a realização de outro estudo de viabilidade do projeto e considerou o BRT alternativa, contrariando o que disse durante a campanha, quando bancou a chegada do Metrô à região. Doria prometeu divulgar até o fim do mês o resultado desse novo estudo.

A frente conta ainda com a participação dos deputados estaduais Márcio da Farmácia (Podemos), de Diadema, Coronel Nishikawa (PSL), de São Bernardo, e Carla Morando (PSDB), também de São Bernardo e líder do tucanato na Assembleia Legislativa. Defensor do monotrilho, Luiz Fernando disse que Márcio e Nishikawa se comprometeram a adotar a bandeira do Metrô para o Grande ABC.

“É momento de união de esforços. Podemos perder o Metrô, que já foi licitado, contratado, e o Doria já sinalizou que quer trazer linha de ônibus. É questão de respeito com a região e precisamos de unidade nesse debate”, declarou Luiz Fernando.

Barba foi outro a pregar união pela chegada do Metrô. “Temos de garantir a mobilização dos atores sociais do Grande ABC, associações comerciais, OAB, organizações da sociedade civil organizada, movimento sindical, setor da indústria. O Metrô valorizaria muito a nossa região.”

Outras promessas do Estado estão na mira

Além da garantia do monotrilho na Linha 18-Bronze do Metrô, a Frente Parlamentar em Apoio aos Municípios do Grande ABC elencou como prioridades tirar do papel outras pautas prometidas pelo governo do Estado para a região.

Estão na lista dos deputados estaduais a efetivação do Piscinão Jaboticabal, na divisa com a Capital; estadualização do Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini, de Mauá; a consolidação das demais unidades da farmácia de alto custo; e programa de urbanização ao longo da Avenida dos Estados.

Instituída de maneira oficial ontem, a frente conta com regimento. Trata de uma reunião por semestre para atualização dos temas – o coordenador do grupo, Thiago Auricchio (PL), diz que a ideia é encontros mais regulares –, de elaboração de relatório anual das atividades, encaminhado à mesa diretora da Assembleia Legislativa, e terá funcionamento até o fim da atual legislatura, em 2023.

Outra curiosidade é que a frente parlamentar conta com apoio de deputados com base eleitoral distinta. No total, além dos seis parlamentares do Grande ABC, 31 políticos subescrevem o bloco.

Presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB) enalteceu a iniciativa. “A medida entra em sintonia com o que sugerimos no novo modelo do Consórcio, que só faz sentido se todas as cidades estiverem unidas, superando quaisquer divergências.”

Prefeito de São Caetano e pai de Thiago, José Auricchio Júnior (PSDB) ressaltou a convergência das propostas para a região. “Traz enorme expectativa. Como cidadão, espero essa sinergia.”

Gabriel Maranhão (Cidadania), de Rio Grande da Serra, destacou a importância da união da classe política em torno de pautas que superem as questões partidárias.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Instituída, frente defende Metrô para a Linha 18

Bloco de deputados estaduais prega união pelo monotrilho para ligação com sistema metroviário

Fábio Martins
Do dgabc.com.br

18/06/2019 | 08:30


O lançamento da Frente Parlamentar em Apoio aos Municípios do Grande ABC reverberou pedido pelo Metrô na Linha 18-Bronze no momento em que o governo do Estado admite trocar o modal para BRT (sigla em inglês para ônibus de alta velocidade).

Coordenada pelo deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, a ala foi oficialmente instituída em evento no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, ontem à noite. O evento foi prestigiado por três prefeitos – Paulo Serra (PSDB), de Santo André, José Auricchio Júnior (PSDB), de São Caetano, e Gabriel Maranhão (Cidadania), de Rio Grande da Serra –, outros dois deputados estaduais – Teonilio Barba (PT) e Luiz Fernando Teixeira (PT), ambos de São Bernardo –, um deputado federal – Alex Manente (Cidadania), de São Bernardo – e por 46 vereadores, além de lideranças políticas e da sociedade civil organizada. O governo do Estado foi representado pelo secretário executivo de Habitação, o andreense Fernando Marangoni (DEM).

“A região é muito forte e, unida, eleva sua força para tirar coisas do papel. Fiz indicação por informações sobre a Linha 18 e está entre nossas principais prioridades da frente. Inclusive, a primeira reunião deverá acontecer em até 15 dias, antecipando o anúncio do governador (João Doria, PSDB)”, comentou Thiago.

O contrato para construção da Linha 18-Bronze, por monotrilho, foi assinado em 2014, com estimativa de quatro anos de obra ao custo de R$ 4,26 bilhões. Porém, empacou na fase de desapropriações – o Estado não conseguiu aval da União para contrair empréstimo para ultrapassar essa etapa. Ao assumir o Palácio dos Bandeirantes, o governador João Doria (PSDB) determinou a realização de outro estudo de viabilidade do projeto e considerou o BRT alternativa, contrariando o que disse durante a campanha, quando bancou a chegada do Metrô à região. Doria prometeu divulgar até o fim do mês o resultado desse novo estudo.

A frente conta ainda com a participação dos deputados estaduais Márcio da Farmácia (Podemos), de Diadema, Coronel Nishikawa (PSL), de São Bernardo, e Carla Morando (PSDB), também de São Bernardo e líder do tucanato na Assembleia Legislativa. Defensor do monotrilho, Luiz Fernando disse que Márcio e Nishikawa se comprometeram a adotar a bandeira do Metrô para o Grande ABC.

“É momento de união de esforços. Podemos perder o Metrô, que já foi licitado, contratado, e o Doria já sinalizou que quer trazer linha de ônibus. É questão de respeito com a região e precisamos de unidade nesse debate”, declarou Luiz Fernando.

Barba foi outro a pregar união pela chegada do Metrô. “Temos de garantir a mobilização dos atores sociais do Grande ABC, associações comerciais, OAB, organizações da sociedade civil organizada, movimento sindical, setor da indústria. O Metrô valorizaria muito a nossa região.”

Outras promessas do Estado estão na mira

Além da garantia do monotrilho na Linha 18-Bronze do Metrô, a Frente Parlamentar em Apoio aos Municípios do Grande ABC elencou como prioridades tirar do papel outras pautas prometidas pelo governo do Estado para a região.

Estão na lista dos deputados estaduais a efetivação do Piscinão Jaboticabal, na divisa com a Capital; estadualização do Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini, de Mauá; a consolidação das demais unidades da farmácia de alto custo; e programa de urbanização ao longo da Avenida dos Estados.

Instituída de maneira oficial ontem, a frente conta com regimento. Trata de uma reunião por semestre para atualização dos temas – o coordenador do grupo, Thiago Auricchio (PL), diz que a ideia é encontros mais regulares –, de elaboração de relatório anual das atividades, encaminhado à mesa diretora da Assembleia Legislativa, e terá funcionamento até o fim da atual legislatura, em 2023.

Outra curiosidade é que a frente parlamentar conta com apoio de deputados com base eleitoral distinta. No total, além dos seis parlamentares do Grande ABC, 31 políticos subescrevem o bloco.

Presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB) enalteceu a iniciativa. “A medida entra em sintonia com o que sugerimos no novo modelo do Consórcio, que só faz sentido se todas as cidades estiverem unidas, superando quaisquer divergências.”

Prefeito de São Caetano e pai de Thiago, José Auricchio Júnior (PSDB) ressaltou a convergência das propostas para a região. “Traz enorme expectativa. Como cidadão, espero essa sinergia.”

Gabriel Maranhão (Cidadania), de Rio Grande da Serra, destacou a importância da união da classe política em torno de pautas que superem as questões partidárias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;