Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 18 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Internautas celebram volta de participante após prova de repescagem



17/06/2019 | 10:11


O episódio do MasterChef da noite do último domingo, dia 16, foi para lá de diferente! O trio de jurados, Paola Carosella, Henrique Fogaça e Erick Jacquin, não eliminou ninguém da competição. Na realidade, a noite foi inteira dedicada à repescagem de um competidor já eliminado na temporada. Dessa vez, a etapa aconteceu fora dos estúdios da Band TV, animando ainda mais ao telespectador, que parece que já tinha seu favorito para voltar ao jogo.

Na primeira etapa da competição, nove participantes foram divididos em grupos de três pessoas. Cada grupo teve de servir três pratos com comidas feitas na brasa, sendo que um prato deveria ter peixe e frutos do mar, o outro com carne vermelha e o último com franco ou carne de porco. Apenas dois grupos foram salvos e os seis competidores disputaram uma única vaga em uma prova individual, realizada na segunda parte do programa.

Helton, Imaculada e Natália estavam no grupo vermelho. Imaculada era o peixe fora d''água na competição. Perdida, não conseguia acompanhar os demais colegas de grupo, que muito unidos, deram um jeito de se virar, apesar de todas as atrapalhadas na hora de entregarem um galeto assado. A falta de sintonia entre o grupo indicava que Helton, considerado um dos favoritos da temporada, teria dificuldades em garantir sua vaga na prova individual. O que não aconteceu, já que o grupo foi, surpreendentemente, considerado o melhor da prova pelo trio de chefs convidados para a avaliação.

André, Marcus e Carlos estavam no grupo azul, considerado um dos mais fortes da etapa, já que todos tinham experiência em trabalhar com churrasco. O trio ficou logo atrás do grupo vermelho e, por pouco, conseguiu garantir vaga na prova individual por causa da avaliação dos jurados. Já o grupo amarelo, que era formado por Renan, Rosana e Juliana Fraga, não conseguiu se sair bem e deu adeus de vez à competição. A última cozinheira até tentou dar um gás na prova, no entanto, seus colegas de time não tiveram a mesma garra e Renan, por exemplo, estava mais se divertindo do que pensando numa volta ao reality show.

Com os seis cozinheiros definidos, eles voltaram à cozinha e a prova decisiva da noite os desafiava a preparar uma versão de um prato que já causou muito burburinho em temporadas passadas do reality show: o bife Wellington. Os chefs apresentaram cinco versões do prato como referência, embora os competidores tivessem total liberdade para criar o que quisessem.

Natália optou por um wellington de beterraba, mas não agradou por causa da simplicidade do prato. Marcus também não conquistou o paladar dos jurados, já que entregou um queijo brie com uma massa folhada bem crua. Carlos também deu adeus à competição após entregar uma lagosta wellington crua por dentro. Imaculada arriscou menos e entregou o clássico filé mignon wellington, mas não conquistou no sabor. Helton e André ficaram entre os melhores da noite.

O mais experiente apostou em uma couve-flor wellington. O prato enorme foi comparado à uma tartaruga por Erick Jacquin, que arrancou risadas do mezanino e dos demais colegas de bancada. André, no entanto, não conseguiu vaga na competição e Henrique Fogaça alegou que o legume estava al dente. Helton, que também havia optado pelo tradicional e entregou um bife wellington, foi considerado o melhor da noite por causa das técnicas usadas em seu preparo.

De volta à competição, o favoritismo do cozinheiro amador ficou ainda mais evidente na temporada. Haila, claro, comemorou muito a repescagem do amigo na competição, enquanto Juliana N, Fernando e os demais cozinheiros demonstraram preocupação pela segunda chance dada ao rapaz, que prometeu dar dor de cabeça para os rivais.

Vocês não imaginam o prazer que é estar de volta, disse Helton ao comemorar a volta ao programa no Instagram.

Nas redes sociais, aliás, os internautas comemoraram muito a decisão dos jurados. O nome de Helton ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter durante a madrugada desta segunda-feira, dia 17. E na prévia do próximo episódio já deu para perceber que o cozinheiro voltará a esquentar a competição, que andava meio morna. A discórdia entre ele e Juliana fica ainda mais evidente, deixando bem claro que o jovem rapaz não irá se intimidar por ter que cozinhar ao lado de competidores muito mais experientes que ele.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Internautas celebram volta de participante após prova de repescagem


17/06/2019 | 10:11


O episódio do MasterChef da noite do último domingo, dia 16, foi para lá de diferente! O trio de jurados, Paola Carosella, Henrique Fogaça e Erick Jacquin, não eliminou ninguém da competição. Na realidade, a noite foi inteira dedicada à repescagem de um competidor já eliminado na temporada. Dessa vez, a etapa aconteceu fora dos estúdios da Band TV, animando ainda mais ao telespectador, que parece que já tinha seu favorito para voltar ao jogo.

Na primeira etapa da competição, nove participantes foram divididos em grupos de três pessoas. Cada grupo teve de servir três pratos com comidas feitas na brasa, sendo que um prato deveria ter peixe e frutos do mar, o outro com carne vermelha e o último com franco ou carne de porco. Apenas dois grupos foram salvos e os seis competidores disputaram uma única vaga em uma prova individual, realizada na segunda parte do programa.

Helton, Imaculada e Natália estavam no grupo vermelho. Imaculada era o peixe fora d''água na competição. Perdida, não conseguia acompanhar os demais colegas de grupo, que muito unidos, deram um jeito de se virar, apesar de todas as atrapalhadas na hora de entregarem um galeto assado. A falta de sintonia entre o grupo indicava que Helton, considerado um dos favoritos da temporada, teria dificuldades em garantir sua vaga na prova individual. O que não aconteceu, já que o grupo foi, surpreendentemente, considerado o melhor da prova pelo trio de chefs convidados para a avaliação.

André, Marcus e Carlos estavam no grupo azul, considerado um dos mais fortes da etapa, já que todos tinham experiência em trabalhar com churrasco. O trio ficou logo atrás do grupo vermelho e, por pouco, conseguiu garantir vaga na prova individual por causa da avaliação dos jurados. Já o grupo amarelo, que era formado por Renan, Rosana e Juliana Fraga, não conseguiu se sair bem e deu adeus de vez à competição. A última cozinheira até tentou dar um gás na prova, no entanto, seus colegas de time não tiveram a mesma garra e Renan, por exemplo, estava mais se divertindo do que pensando numa volta ao reality show.

Com os seis cozinheiros definidos, eles voltaram à cozinha e a prova decisiva da noite os desafiava a preparar uma versão de um prato que já causou muito burburinho em temporadas passadas do reality show: o bife Wellington. Os chefs apresentaram cinco versões do prato como referência, embora os competidores tivessem total liberdade para criar o que quisessem.

Natália optou por um wellington de beterraba, mas não agradou por causa da simplicidade do prato. Marcus também não conquistou o paladar dos jurados, já que entregou um queijo brie com uma massa folhada bem crua. Carlos também deu adeus à competição após entregar uma lagosta wellington crua por dentro. Imaculada arriscou menos e entregou o clássico filé mignon wellington, mas não conquistou no sabor. Helton e André ficaram entre os melhores da noite.

O mais experiente apostou em uma couve-flor wellington. O prato enorme foi comparado à uma tartaruga por Erick Jacquin, que arrancou risadas do mezanino e dos demais colegas de bancada. André, no entanto, não conseguiu vaga na competição e Henrique Fogaça alegou que o legume estava al dente. Helton, que também havia optado pelo tradicional e entregou um bife wellington, foi considerado o melhor da noite por causa das técnicas usadas em seu preparo.

De volta à competição, o favoritismo do cozinheiro amador ficou ainda mais evidente na temporada. Haila, claro, comemorou muito a repescagem do amigo na competição, enquanto Juliana N, Fernando e os demais cozinheiros demonstraram preocupação pela segunda chance dada ao rapaz, que prometeu dar dor de cabeça para os rivais.

Vocês não imaginam o prazer que é estar de volta, disse Helton ao comemorar a volta ao programa no Instagram.

Nas redes sociais, aliás, os internautas comemoraram muito a decisão dos jurados. O nome de Helton ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter durante a madrugada desta segunda-feira, dia 17. E na prévia do próximo episódio já deu para perceber que o cozinheiro voltará a esquentar a competição, que andava meio morna. A discórdia entre ele e Juliana fica ainda mais evidente, deixando bem claro que o jovem rapaz não irá se intimidar por ter que cozinhar ao lado de competidores muito mais experientes que ele.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;