Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 19 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Trump está disposto a impor mais tarifas à China se não houver acordo, diz Ross

Carolyn Kaster Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


17/06/2019 | 06:36


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está disposto a seguir adiante com a ameaça de tarifar os US$ 300 bilhões em produtos chineses ainda não punidos pela Casa Branca se Washington e Pequim não conseguirem fechar um acordo comercial, afirmou o secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, em entrevista à emissora CNBC.

"Iremos eventualmente fechar um acordo, mas se não fecharmos, o presidente está perfeitamente feliz em continuar com os movimentos de tarifas que já anunciamos, assim como impor as novas que foram temporariamente suspensas", disse Ross, que falou durante o show aéreo de Paris.

As negociações comerciais entre americanos e chineses estão num impasse desde o começo do mês passado. Há expectativas de que Trump e o presidente chinês, Xi Jinping, se encontrem às margens da reunião de cúpula de líderes do G20 prevista para o fim deste mês, no Japão, para discutir um acordo comercial. A presença de Xi no evento, porém, ainda não foi confirmada.

Ross também reiterou à CNBC que Trump e Xi não deverão chegar a um acordo comercial definitivo caso venham a se encontrar mesmo no Japão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump está disposto a impor mais tarifas à China se não houver acordo, diz Ross


17/06/2019 | 06:36


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está disposto a seguir adiante com a ameaça de tarifar os US$ 300 bilhões em produtos chineses ainda não punidos pela Casa Branca se Washington e Pequim não conseguirem fechar um acordo comercial, afirmou o secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, em entrevista à emissora CNBC.

"Iremos eventualmente fechar um acordo, mas se não fecharmos, o presidente está perfeitamente feliz em continuar com os movimentos de tarifas que já anunciamos, assim como impor as novas que foram temporariamente suspensas", disse Ross, que falou durante o show aéreo de Paris.

As negociações comerciais entre americanos e chineses estão num impasse desde o começo do mês passado. Há expectativas de que Trump e o presidente chinês, Xi Jinping, se encontrem às margens da reunião de cúpula de líderes do G20 prevista para o fim deste mês, no Japão, para discutir um acordo comercial. A presença de Xi no evento, porém, ainda não foi confirmada.

Ross também reiterou à CNBC que Trump e Xi não deverão chegar a um acordo comercial definitivo caso venham a se encontrar mesmo no Japão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;