Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Secretário de Energia da Argentina diz que ainda não sabe a causa do apagão



16/06/2019 | 16:33


O secretário de Energia da Argentina, Gustavo Lopetegui, afirmou que a causa do apagão de grandes proporções no país ainda não é conhecida. Em entrevista coletiva neste domingo, ele disse: "Nós não temos informação sobre por que (o apagão) aconteceu". Lopetegui declarou ainda que espera que a energia seja 100% restaurada até o fim do dia.

A empresa argentina de energia Edesur disse que um problema no sistema de interconexão começou em um ponto de transmissão de energia entre as estações de Yacyretá e Salto Grande. Mais cedo, a Edesur tinha dito que a eletricidade foi restaurada para mais de 1,5 milhão de pessoas. A companhia uruguaia UTE disse que 75% do serviço havia sido restaurado no país.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Secretário de Energia da Argentina diz que ainda não sabe a causa do apagão


16/06/2019 | 16:33


O secretário de Energia da Argentina, Gustavo Lopetegui, afirmou que a causa do apagão de grandes proporções no país ainda não é conhecida. Em entrevista coletiva neste domingo, ele disse: "Nós não temos informação sobre por que (o apagão) aconteceu". Lopetegui declarou ainda que espera que a energia seja 100% restaurada até o fim do dia.

A empresa argentina de energia Edesur disse que um problema no sistema de interconexão começou em um ponto de transmissão de energia entre as estações de Yacyretá e Salto Grande. Mais cedo, a Edesur tinha dito que a eletricidade foi restaurada para mais de 1,5 milhão de pessoas. A companhia uruguaia UTE disse que 75% do serviço havia sido restaurado no país.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;