Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pompeo tenta mostrar a líderes globais a importância de ataques a petroleiros



16/06/2019 | 15:26


O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, está entrando em contato com líderes de outros países para passar a mensagem de que o suposto ataque iraniano a petroleiros no Oriente Médio é um problema para todo o mundo, especialmente para países asiáticos que dependem daquele petróleo.

"Eu fiz uma série de ligações ontem. Farei mais uma série de ligações hoje. O mundo precisa se unir", disse ele neste domingo, em uma de suas diversas entrevistas televisionadas. Ele não deu detalhes sobre o tipo de ação que o governo Trump pretende tomar. Perguntado se o envio de novas tropas americanas para a região era possível, Pompeo disse que "é claro" que essa opção é uma das que o presidente Trump pode considerar para manter o transporte seguro.

Os comentários vão na mesma linha dos do secretário de Defesa em exercício, Patrick Shanahan, que disse na semana passada que o objetivo dos EUA é "construir um consenso internacional para esse problema internacional".

O Irã nega envolvimento no ataque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pompeo tenta mostrar a líderes globais a importância de ataques a petroleiros


16/06/2019 | 15:26


O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, está entrando em contato com líderes de outros países para passar a mensagem de que o suposto ataque iraniano a petroleiros no Oriente Médio é um problema para todo o mundo, especialmente para países asiáticos que dependem daquele petróleo.

"Eu fiz uma série de ligações ontem. Farei mais uma série de ligações hoje. O mundo precisa se unir", disse ele neste domingo, em uma de suas diversas entrevistas televisionadas. Ele não deu detalhes sobre o tipo de ação que o governo Trump pretende tomar. Perguntado se o envio de novas tropas americanas para a região era possível, Pompeo disse que "é claro" que essa opção é uma das que o presidente Trump pode considerar para manter o transporte seguro.

Os comentários vão na mesma linha dos do secretário de Defesa em exercício, Patrick Shanahan, que disse na semana passada que o objetivo dos EUA é "construir um consenso internacional para esse problema internacional".

O Irã nega envolvimento no ataque.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;