Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Juiz Bretas debate separação de Poderes no Twitter e cita passagem da Bíblia



15/06/2019 | 21:09


O juiz federal Marcelo Bretas, que atua na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro e é responsável pelos processos decorrentes da Operação Lava Jato no Estado, publicou na tarde deste sábado (15) mensagem no Twitter na qual debate a teoria da separação de Poderes.

"A teoria da separação dos poderes foi mesmo idealizada por Montesquieu? Veja o que o profeta Isaías escrevera aprox. 2.500 anos antes dele (por volta de 750 AC): 'Porque o Senhor é o nosso juiz; o Senhor é o nosso legislador; o Senhor é o nosso rei; ele nos salvará.' (Isaías 33:22)", escreveu o magistrado.

A mensagem foi escrita em meio à discussão sobre a conduta do ex-juiz federal e atual ministro da Justiça Sergio Moro, que, segundo áudios atribuídos a ele pelo site The Intercept Brasil, teria auxiliado o Ministério Público Federal na função de acusar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no primeiro processo em que o petista acabou condenado, por decisão do próprio Moro. O ministro teria agido, segundo o site, como auxiliar da acusação e juiz nesse processo.

Bretas já havia se manifestado sobre os supostos diálogos entre Moro e procuradores da República divulgados pelo Intercept no último dia 9, quando escreveu: "Não se deve descartar a real possibilidade de serem forjados diálogos, criando #fakenews. Criminosos não têm ética".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Juiz Bretas debate separação de Poderes no Twitter e cita passagem da Bíblia


15/06/2019 | 21:09


O juiz federal Marcelo Bretas, que atua na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro e é responsável pelos processos decorrentes da Operação Lava Jato no Estado, publicou na tarde deste sábado (15) mensagem no Twitter na qual debate a teoria da separação de Poderes.

"A teoria da separação dos poderes foi mesmo idealizada por Montesquieu? Veja o que o profeta Isaías escrevera aprox. 2.500 anos antes dele (por volta de 750 AC): 'Porque o Senhor é o nosso juiz; o Senhor é o nosso legislador; o Senhor é o nosso rei; ele nos salvará.' (Isaías 33:22)", escreveu o magistrado.

A mensagem foi escrita em meio à discussão sobre a conduta do ex-juiz federal e atual ministro da Justiça Sergio Moro, que, segundo áudios atribuídos a ele pelo site The Intercept Brasil, teria auxiliado o Ministério Público Federal na função de acusar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no primeiro processo em que o petista acabou condenado, por decisão do próprio Moro. O ministro teria agido, segundo o site, como auxiliar da acusação e juiz nesse processo.

Bretas já havia se manifestado sobre os supostos diálogos entre Moro e procuradores da República divulgados pelo Intercept no último dia 9, quando escreveu: "Não se deve descartar a real possibilidade de serem forjados diálogos, criando #fakenews. Criminosos não têm ética".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;