Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

México divulga termos de acordo de imigração com EUA



15/06/2019 | 09:03


O México divulgou o acordo feito com os Estados Unidos que define medidas adicionais necessárias caso o governo mexicano não consiga conter o aumento da migração a solo americano. O pacto foi uma exigência do presidente Donald Trump diante do que classifica como "crise imigratória" na fronteira.

O acordo complementar, assinado em 7 de junho entre os dois países, mostra que o México exigirá que os migrantes que saem de suas terras natais e se dirigem ao território mexicano devem procurar asilo lá. O país concordou em examinar leis e regulamentos nacionais para identificar as mudanças necessárias para implementar o pacto.

O acordo mostra, ainda, que a designação do México como "Terceiro País Seguro", é um elemento-chave do documento, que evitou a imposição de tarifas americanas sobre as importações mexicanas. Os mexicanos há muito tempo se opuseram a qualquer pedido para designar a si mesmo como tal, à medida que afirmam não possuir os recursos necessários.

Sob os termos do pacto, se os EUA determinarem "a seu critério e após consulta com o México" depois de 45 dias que as medidas adotadas pelo governo mexicano não alcançaram resultados suficientes para lidar com o fluxo de migrantes para a fronteira sul dos EUA", o México tomará todas as medidas necessárias sob a legislação interna para pôr em vigor o que foi acordado.

As disposições incluídas no acordo pedem "compartilhamento de responsabilidades e atribuição de responsabilidade pelo processamento de pedidos de refugiados" dos migrantes. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

México divulga termos de acordo de imigração com EUA


15/06/2019 | 09:03


O México divulgou o acordo feito com os Estados Unidos que define medidas adicionais necessárias caso o governo mexicano não consiga conter o aumento da migração a solo americano. O pacto foi uma exigência do presidente Donald Trump diante do que classifica como "crise imigratória" na fronteira.

O acordo complementar, assinado em 7 de junho entre os dois países, mostra que o México exigirá que os migrantes que saem de suas terras natais e se dirigem ao território mexicano devem procurar asilo lá. O país concordou em examinar leis e regulamentos nacionais para identificar as mudanças necessárias para implementar o pacto.

O acordo mostra, ainda, que a designação do México como "Terceiro País Seguro", é um elemento-chave do documento, que evitou a imposição de tarifas americanas sobre as importações mexicanas. Os mexicanos há muito tempo se opuseram a qualquer pedido para designar a si mesmo como tal, à medida que afirmam não possuir os recursos necessários.

Sob os termos do pacto, se os EUA determinarem "a seu critério e após consulta com o México" depois de 45 dias que as medidas adotadas pelo governo mexicano não alcançaram resultados suficientes para lidar com o fluxo de migrantes para a fronteira sul dos EUA", o México tomará todas as medidas necessárias sob a legislação interna para pôr em vigor o que foi acordado.

As disposições incluídas no acordo pedem "compartilhamento de responsabilidades e atribuição de responsabilidade pelo processamento de pedidos de refugiados" dos migrantes. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;