Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Michael Klein reassume o comando da Casas Bahia

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Leilão de ações realizado ontem na bolsa de valores movimentou total de R$ 2,3 bilhões


Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

15/06/2019 | 07:09


O empresário Michael Klein adquiriu ontem 1,6% do capital social da Via Varejo, em leilão de venda de ações realizado na B3, bolsa de valores brasileira. Com isso, ele se tornou o maior acionista de referência da companhia e reassumiu o controle da Casas Bahia, fundada por seu pai, Samuel, em São Caetano, pioneiro na modalidade do crediário.

Em comunicado à CVM, a Companhia Brasileira de Distribuição, holding do GPA (Grupo Pão de Açúcar), informou que, em conformidade com o fato relevante divulgado no dia 12, alienou, ontem, a totalidade da sua participação no capital social da Via Varejo (dona da Casas Bahia e do Ponto Frio) pelo preço de R$ 4,90 por ação, totalizando R$ 2,3 bilhões, sendo que a liquidação se dará na terça-feira, dia 18. Apesar de os papéis, que representam 36% do capital da varejista, terem encerrado o pregão acima dos R$ 4,75 por ação, o negócio foi selado.

“Estamos extremamente felizes e honrados em nos tornarmos o maior acionista da Via Varejo. Ao longo de sua trajetória de sucesso, a Casas Bahia tornou-se referência no varejo nacional e contribuiu para a expansão do setor no País, estando presente na casa de milhões de brasileiros”, afirma Klein. “Neste novo momento, nossa estratégia é focar no relacionamento com os clientes, fornecedores e demais parceiros de negócios, com o objetivo de conectar o legado da Casas Bahia com as mudanças da nova geração. Temos grande desafio pela frente, mas a perseverança e a vontade constante de sempre fazer mais, melhor e diferente, que acompanham a história da nossa família, seguem norteando as nossas decisões.”

Desde 2010, Klein não decidia mais os rumos da Casas Bahia, quando a associou ao GPA. Com o leilão, foi colocado ponto final à saga iniciada dois anos atrás para que a empresa saia do segmento de eletrodomésticos, o qual não tem tradição, para focar no varejo alimentar. O empresário também é fundador e presidente do Grupo CB, que atua nos ramos de aviação executiva, negócios imobiliários e concessionárias de carros de luxo.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Michael Klein reassume o comando da Casas Bahia

Leilão de ações realizado ontem na bolsa de valores movimentou total de R$ 2,3 bilhões

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

15/06/2019 | 07:09


O empresário Michael Klein adquiriu ontem 1,6% do capital social da Via Varejo, em leilão de venda de ações realizado na B3, bolsa de valores brasileira. Com isso, ele se tornou o maior acionista de referência da companhia e reassumiu o controle da Casas Bahia, fundada por seu pai, Samuel, em São Caetano, pioneiro na modalidade do crediário.

Em comunicado à CVM, a Companhia Brasileira de Distribuição, holding do GPA (Grupo Pão de Açúcar), informou que, em conformidade com o fato relevante divulgado no dia 12, alienou, ontem, a totalidade da sua participação no capital social da Via Varejo (dona da Casas Bahia e do Ponto Frio) pelo preço de R$ 4,90 por ação, totalizando R$ 2,3 bilhões, sendo que a liquidação se dará na terça-feira, dia 18. Apesar de os papéis, que representam 36% do capital da varejista, terem encerrado o pregão acima dos R$ 4,75 por ação, o negócio foi selado.

“Estamos extremamente felizes e honrados em nos tornarmos o maior acionista da Via Varejo. Ao longo de sua trajetória de sucesso, a Casas Bahia tornou-se referência no varejo nacional e contribuiu para a expansão do setor no País, estando presente na casa de milhões de brasileiros”, afirma Klein. “Neste novo momento, nossa estratégia é focar no relacionamento com os clientes, fornecedores e demais parceiros de negócios, com o objetivo de conectar o legado da Casas Bahia com as mudanças da nova geração. Temos grande desafio pela frente, mas a perseverança e a vontade constante de sempre fazer mais, melhor e diferente, que acompanham a história da nossa família, seguem norteando as nossas decisões.”

Desde 2010, Klein não decidia mais os rumos da Casas Bahia, quando a associou ao GPA. Com o leilão, foi colocado ponto final à saga iniciada dois anos atrás para que a empresa saia do segmento de eletrodomésticos, o qual não tem tradição, para focar no varejo alimentar. O empresário também é fundador e presidente do Grupo CB, que atua nos ramos de aviação executiva, negócios imobiliários e concessionárias de carros de luxo.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;