Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

30 micro-ônibus são vandalizados em Salvador durante protestos contra a reforma



14/06/2019 | 18:12


A Secretaria Municipal de Mobilidade de Salvador contabilizou 30 micro-ônibus do sistema complementar vandalizados durante manifestações nesta sexta-feira, 14, dia de greve geral convocada pelas centrais sindicais do País. Os veículos seriam usados para reduzir o impacto da falta dos ônibus da frota regular, que não saiu das garagens.

Segundo a secretaria, um dos veículos foi atingido por um tiro.

"Estou aqui manifestando a minha insatisfação, o meu protesto como prefeito e cidadão que pouquíssimas pessoas possam interditar as avenidas, queimar pneus, depredar ônibus, com atos de violência. Não é razoável que isso aconteça em nome do direito de se manifestar", disse o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Ele ressaltou, porém, ser favorável ao direito de se manifestar, "mas não de forma violenta".

A Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador estimou que dos 315 km de trânsito monitorados na cidade, houve congestionamento em 131 km.

Na estação rodoviária, cerca de 200 viagens de ônibus foram canceladas durante a manhã, em decorrência da adesão dos rodoviários ao movimento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

30 micro-ônibus são vandalizados em Salvador durante protestos contra a reforma


14/06/2019 | 18:12


A Secretaria Municipal de Mobilidade de Salvador contabilizou 30 micro-ônibus do sistema complementar vandalizados durante manifestações nesta sexta-feira, 14, dia de greve geral convocada pelas centrais sindicais do País. Os veículos seriam usados para reduzir o impacto da falta dos ônibus da frota regular, que não saiu das garagens.

Segundo a secretaria, um dos veículos foi atingido por um tiro.

"Estou aqui manifestando a minha insatisfação, o meu protesto como prefeito e cidadão que pouquíssimas pessoas possam interditar as avenidas, queimar pneus, depredar ônibus, com atos de violência. Não é razoável que isso aconteça em nome do direito de se manifestar", disse o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Ele ressaltou, porém, ser favorável ao direito de se manifestar, "mas não de forma violenta".

A Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador estimou que dos 315 km de trânsito monitorados na cidade, houve congestionamento em 131 km.

Na estação rodoviária, cerca de 200 viagens de ônibus foram canceladas durante a manhã, em decorrência da adesão dos rodoviários ao movimento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;