Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

No Rio, multidão se aglomera na região central em protesto contra a reforma



14/06/2019 | 18:04


Na cidade do Rio de Janeiro, uma multidão se aglomera ao redor da igreja da Candelária, na região central da cidade, no fim do período da tarde desta sexta-feira, 14, em protesto contra a reforma da Previdência. Inicialmente, as lideranças sindicais discursaram com críticas à reforma e outras iniciativas do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O grupo planeja seguir em caminhada pela avenida Presidente Vargas até a estação Central do Brasil.

As pistas da avenida Presidente Vargas no sentido igreja da Candelária estão interditadas pela multidão.

O trânsito também está impedido na avenida Rio Branco, a partir do cruzamento com a Presidente Vargas, em direção à Cinelândia.

Dezenas de policiais militares acompanham o ato, que é pacífico. Ainda não há estimativa de público.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

No Rio, multidão se aglomera na região central em protesto contra a reforma


14/06/2019 | 18:04


Na cidade do Rio de Janeiro, uma multidão se aglomera ao redor da igreja da Candelária, na região central da cidade, no fim do período da tarde desta sexta-feira, 14, em protesto contra a reforma da Previdência. Inicialmente, as lideranças sindicais discursaram com críticas à reforma e outras iniciativas do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O grupo planeja seguir em caminhada pela avenida Presidente Vargas até a estação Central do Brasil.

As pistas da avenida Presidente Vargas no sentido igreja da Candelária estão interditadas pela multidão.

O trânsito também está impedido na avenida Rio Branco, a partir do cruzamento com a Presidente Vargas, em direção à Cinelândia.

Dezenas de policiais militares acompanham o ato, que é pacífico. Ainda não há estimativa de público.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;